Engenheiro, Professor e Autor de livros
sobre Gestão de Carreira e Administração de Escritórios
na Arquitetura e Engenharia
GARAPUVU - MATA ATLÂNTICA - BALNEÁRIO CAMBORIÚ - SC
(Foto: Ênio Padilha)

Sábado, 25/10/2014 – Veja todos os posts publicados nesta semana.

Imagem da Capa

O MAJESTOSO GARAPUVU

(Publicado em 23/10/2014)



Tirei um tempinho para dar uma volta no meu bairro (Barra - Balneário Camboriú - SC) e fazer algumas fotografias dos Garapuvus floridos.

O Garapuvu é a árvore símbolo de Florianópolis, capital de Santa Catarina.
Tem de 20 a 30 metros de altura, 60 a 80 centímetros de diâmetro, flores grandes, vistosas, amarelas. E floresce durante os meses de outubro, novembro e dezembro. Coisa linda! Um espetáculo para os olhos.

Esta é a minha rua (e onde fica também o nosso escritório - 893 Produções e Eventos). O morro que aparece ao fundo faz parte do loteamento e é uma reserva de Mata Atlântica. Ou seja: mata preservada, felizmente.










ÊNIO PADILHA
www.eniopadilha.com.br | professor@eniopadilha.com.br




Nosso site é atualizado todos os dias à meia noite.
Veja AQUI os conteúdos publicados hoje.


Deixe AQUI seu comentário:

Entre Aspas

"A consciência é o melhor livro de moral que temos;
e é, certamente, o que mais devemos consultar."

BLAISE PASCAL

(1623 -1662)
Físico, matemático, filósofo e escritor francês, no livro Pensamentos, fragmentos e cartas de Blaise Pascal, de página 84

Entre Aspas

"Tudo o que a humanidade tem sido, feito, pensado ou
lucrado, encontra-se como que magicamente
preservado nas páginas dos livros."

THOMAS CARLYLE

(1795-1881)
Historiador e ensaísta escocês no livro
Heróis e Herói-adoração, página190

Entre Aspas

"O ser humano se transforma de acordo com o que pensa.
Somos frutos de nossas obras."

MIGUEL DE CERVANTES SAAVEDRA

(1547-1616)
Romancista, dramaturgo e poeta castelhano

Entre Aspas

"A leitura, como a comida, não alimenta senão digerida."

MARQUÊS DE MARICÁ

Político Carioca
(1773 - 1848)

Entre Aspas

"O modelo da revolução estratégica é especialmente útil quando uma empresa está à deriva e necessita muito de um pensamento inovador que consiga romper com o que vem sendo feito."

PHILIP KOTLER

Escritor, Professor e PhD pelo Instituto de Tecnologia Massachusetts no livro Marketing para o século XXl, página 65

ALIRUBIT

UM BRASILEIRO. E QUE BRASILEIRO!

(Publicado em 23/10/2014)



Você gosta de tênis? da descrição empolgada de jogos e campeonatos? Então você deve ler GUGA - UM BRASILEIRO, biografia do tenista Gustavo Kuerten (Sextante, 2014).

Gosta de bons exemplos de lealdade, ética, e de uma boa coleção de valores e princípios de pessoas de bem? Leia GUGA - UM BRASILEIRO.

Acha que, por ter acompanhado a carreira do fenômeno do tênis brasileiro sabe tudo da vida e carreira do atleta? Que não existe nada que já não tenha sido revelado? Leia GUGA - UM BRASILEIRO.

Uma biografia de uma personalidade contemporânea tem tudo para ser sem graça. Especialmente se o biografado for um exemplo acabado de bom moço, sem histórico de escândalos ou polêmicas, e com uma vida pública pra lá de conhecida.
Resumindo. Só me interessei em ler GUGA - UM BRASILEIRO por ser fã do rapaz. E pelo desejo de rememorar as suas conquistas.

Se você também pensa assim, prepare-se para uma avalanche de fatos novos e descobertas impressionantes sobre a vida desse jovem brasileiro que encantou e tem encantado multidões.

Primeiro, é importante dizer que o livro é uma das biografias mais bem escritas que eu já tive oportunidade de ler. Escrita em primeira pessoa, fica claro, desde o início, que não foi escrito de próprio punho pelo Gustavo Kuerten. Embora seja um depoimento do próprio Guga e apresente, aqui e ali alguma coisa do jeitão manezinho de falar do tenista, de uma maneira geral, dá pra perceber que o texto tem a mão de um escritor tarimbado, tanto no vocabulário quanto na construção do enredo.

Aliás, essa foi a primeira surpresa (posso contar? acho que não é spoiler). Até a metade do livro duas histórias vão sendo contadas em capítulos alternados: a vida do atleta, até aquele glorioso Aberto da França de 1997 (Roland Garros) e a história detalhada do próprio torneio do primeiro ao último jogo. Do primeiro saque à explosão da final. Uma sacada de mestre do autor oculto (Luís Colombini). A segunda metade do livro é a história depois de Roland Garros, incluindo a vida depois do tênis.

Eu acabei de ler o livro. Se for preciso resumir em apenas uma palavra vou ter de escolher entre SENSACIONAL, EMOCIONANTE ou ARREBATADOR.

Em dezembro de 1998, durante o processo de produção do meu segundo livro (Marketing Pessoal & Imagem Pública), tive a oportunidade de fazer uma entrevista exclusiva com Gustavo Kuerten e também com Larri Passos (na academia do Larri, em Camboriú). Desde então, tenho dito sempre que Larri é o gênio por trás da carreira do Guga. Ler o livro só reforçou essa convicção.

Muita gente destaca também a importância da família dele nos seus sucessos. Eu também concordava com isso. Mas nunca imaginei o nível disso. Só lendo o livro pra você entender como é possível dizer, sem sombras de dúvidas, que todos, dona Alice, seu Aldo, a Oma, o Rafael, Gui, Larri, Bete, todos naquela família são campeões, tanto quanto Gustavo Kuerten.

Pense num livro bem escrito. Pense numa história arrepiante, cheia de dramas, dificuldades e glórias. Pense numa familia digna. Melhor: leia o livro. É show!



ÊNIO PADILHA
www.eniopadilha.com.br | professor@eniopadilha.com.br




Nosso site é atualizado todos os dias à meia noite.
Veja AQUI os conteúdos publicados hoje.




---Artigo2014 ---Generalidades

Deixe AQUI seu comentário:

Autor Convidado

AUTORES CONVIDADOS (Temporada 2014-2)

Durante 10 semanas nosso site teve a honra de contar com a luxuosa participação especial de cinco cabeças privilegiadas do nosso universo profissional.
Wilson Xavier Dias (engenheiro eletricista), Fernando Rebelo (acadêmico de Arquitetura e Urbanismo) Dorys Daher (arquiteta e urbanista), Alberto Ruy (fotografo profissional) e Edemar de Souza Amorim (engenheiro civil) iluminaram nosso site com seus artigos e ilustrações inteligentes.

Infelizmente, toda coisa boa um dia acaba. Resta-nos esperar pela próxima oportunidade e torcer que eles estejam novamente conosco.

Veja aqui a lista completa dos posts produzidos pelos nossos autores convidados nesta temporada 2014-2 (Temporada Primavera):




WILSON DIAS
wxdias@gmail.com





WILSON XAVIER DIAS é engenheiro eletricista formado pela Universidade Federal de Itajubá, em 1981. Foi presidente da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Sumaré, SP, assessor do Confea e, atualmente é assessor da presidencia do Crea-DF.



O LEGADO DA COPA
(01/10) 11/08/2014



A ENGENHARIA E O SACI-PERERÊ
(02/10) 18/08/2014



FALTA DE PLANEJAMENTO MUITO BEM PLANEJADA
(03/10) 25/08/2014



SOLIDARIEDADE COMPULSÓRIA
(04/10) 01/09/2014



SUASSUNA, RUBEM ALVES, JOÃO UBALDO E A ECOLOGIA
(05/10) 08/09/2014



EDUCAÇÃO E CULTURA - PARTE I
(06/10) 15/09/2014



EDUCAÇÃO E CULTURA - PARTE II
(07/10) 22/09/2014



OS ÓRFÃOS DA UTOPIA
(08/10) 29/09/2014



SOBRE VÍRUS, BACTÉRIAS E OUTROS SERES INCÔMODOS
(09/10) 06/10/2014



PROJETO DE LEI
(10/10) 13/10/2014





FERNANDO REBELO
rebelofa@gmail.com





FERNANDO REBELO é acadêmico de Arquitetura e Urbanismo na Universidade do Estado de Santa Catarina. Atualmente se dedica ao meio acadêmico, mas nos tempos livres sai perambulando pela cidade e por vezes registrando no papel o que a cidade tem de oferecer de mais belo




OURO PRETO
(01/10) 12/08/2014



PRAÇA REPÚBLICA JULIANA EM LAGUNA-SC
(02/10) 19/08/2014



FONTE DA CARIOCA EM LAGUNA-SC
(03/10) 26/08/2014



ORLA DA LAGOA SANTO ANTÔNIO EM LAGUNA-SC
(04/10) 02/09/2014



IGREJA MATRIZ SANTO ANTÔNIO DOS ANJOS LAGUNA-SC
(05/10) 09/09/2014



CASA DE ANITA LAGUNA-SC
(06/10) 16/09/2014



UMA SORVETERIA NO MEIO DA HISTÓRIA, LAGUNA-SC
(07/10) 23/09/2014



IGREJA NOSSA SRA. AUXILIADORA, LAGUNA-SC
(08/10) 30/09/2014



MONUMENTO A HEROÍNA DOS DOIS MUNDOS, LAGUNA-SC
(09/10) 07/10/2014



RUÍNA - MORRO DA GLÓRIA LAGUNA-SC
(10/10) 14/10/2014





DORYS DAHER
dorysdaher@hotmail.com






DORYS DAHER é arquiteta e urbanista. Dirige o escritório DG Arquitetura, no Rio de Janeiro e é autora do livro Cimento Batom e Pérolas - Quem tem medo de Arquiteto?





FUNÇÃO E ESTÉTICA
(01/10) 13/08/2014



PINGÜINS DE GELADEIRA: O MEDO DE ERRAR
02/10) 20/08/2014



VIDA LONGA AOS MATERIAIS
(03/10) 27/08/2014



REFORMAS: SONHO OU PESADELO
(04/10) 03/09/2014



COMO CONQUISTAR A CONFIANÇA DE UM CLIENTE EM UM PRIMEIRO ENCONTRO?
(05/10) 10/09/2014



ESPAÇOS HOSPITALARES
(06/10) 17/09/2014



EXIGÊNCIAS DA RAINHA DO LAR
(07/10) 24/09/2014



QUANDO DINHEIRO É O PROBLEMA
(08/10) 01/10/2014



CLIENTE E ARQUITETO: OS DOIS LADOS DA MOEDA
(09/10) 08/10/2014



RECLAMAÇÕES & LAMENTOS
(10/10) 15/10/2014





ALBERTO RUY
albertofoco@gmail.com





ALBERTO RUY é fotografo profissional desde 1999. Trabalhou e trabalha com orgãos públicos, autarquias, agencias de noticias e de publicidade. Faz fotos institucionais, sociais, fotojornalismo e da natureza.

Além de excepcional profissional da fotografia, Alberto Ruy é ex-jogador profissional de futebol (foi goleiro do São Paulo Futebol Clube) e hoje é um Tri-Atleta, preparando-se para o Ironman 2015, em Florianópolis.



PALÁCIO DO PLANALTO - BRASÍLIA-DF
(01/10) 14/08/2014



TORRE DE TV - BRASÍLIA-DF
02/10) 21/08/2014



CATEDRAL METROPOLITANA DE BRÁSILIA - BRASÍLIA-DF
(03/10) 28/08/2014



PONTE JK - BRASÍLIA-DF
(04/10) 04/09/2014



TORRE DE TV DIGITAL - BRASÍLIA-DF
(05/10) 11/09/2014



PALÁCIO ITAMARATY - BRASÍLIA-DF
(06/10) 18/09/2014



CANDANGOS - BRASÍLIA-DF
(07/10)25/09/2014



PALÁCIO DO PLANALTO - BRASÍLIA-DF
(08/10) 02/10/2014



PRAÇA DOS CRISTAIS - BRASÍLIA-DF
(09/10) 09/10/2014



ESTÁDIO MANÉ GARRINCHA - BRASÍLIA-DF
(10/10) 16/10/2014







EDEMAR DE SOUZA AMORIM
edemarsamorim@gmail.com





EDEMAR DE SOUZA AMORIM é engenheiro civil formado pela Escola de Engenharia da Universidade Presbiteriana Mackenzie e foi presidente do Instituto de Engenharia de abril de 2007 até abril de 2009.

Sua carreira profissional brilhante e sua passagem marcante pela presidência de uma das instituições mais importantes da Engenharia do Brasil fizeram do colega Edemar de Souza Amorim um dos principais pensadores do nosso sistema profissional e um dos interlocutores mais inteligentes e importantes do meio.



EQUAÇÃO MEIO RESOLVIDA
(01/10) 15/08/2014



RISCO À SOCIEDADE
(02/10) 22/08/2014



COMPROMETENDO O FUTURO
(03/10) 29/08/2014



OS ERROS DO PASSADO
(04/10) 05/09/2014



A GUERRA DOS VENCIDOS
(05/10) 12/09/2014



RIO MADEIRA: UMA SOLUÇÃO PRECÁRIA
06/10) 19/09/2014



UM MUNDO MELHOR
(07/10) 26/09/2014



TOLERÂNCIA ZERO PONTO DOIS
(08/10) 03/10/2014



EXCLUSÃO URBANA
(09/10) 10/10/2014



O PAPEL E O PAPELÃO
(10/10) 17/10/2014

Deixe AQUI seu comentário:

Anotações

ARQUITETO CONTA DETALHES DA CRIAÇÃO DE SIMULADOR DE COMPORTAMENTO DE ESTRUTURAS

Acredito que o sucesso da campanha se deve a uma série de fatores, mas gostaria de destacar dois que em minha opinião são os principais: primeiro, o projeto envolveu dez anos de muito trabalho. Foram dois anos de uma densa pesquisa científica (dissertação de mestrado) de validação do modelo, três anos de desenvolvimento do primeiro kit e mais dois anos de desenvolvimento da campanha para o Catarse. Em segundo lugar, acredito que o ensino de estruturas praticado nas Escolas de Engenharia e Arquitetura prioriza quase que exclusivamente a teoria apresentada através de números. É unanimidade entre estudantes, professores e profissionais da área a carência por métodos mais eficientes que auxiliem no entendimento e aprofundamento do assunto. Nesse sentido, acredito que o sucesso da campanha do Mola seja também reflexo dessa realidade.



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site au.pini

Comentários?

Anotações

IPHAN CONTRATA SERVIÇOS TÉCNICOS ESPECIALIZADOS DE ARQUITETURA E ENGENHARIA

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional publicou edital de processo licitatório visando à contratação de serviços técnicos especializados de arquitetura e engenharia para elaboração de projetos de conservação e restauração relativos à Igreja Nossa Senhora das Graças e bens integrados, à Igreja de Nossa Senhora do Rosário e à Capela de Nossa Senhora de Montserrat, em Parnaíba.

O valor máximo para contratação é de R$ 301.004,94. Para concorrer ao certame, é necessário cumprir todas as exigências contidas no edital 05/2014. O edital explica detalhadamente as regras do processo licitatório.



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site caubr

Comentários?

Anotações

ILUSTRAÇÕES MOSTRAM ARQUITETOS ATRAVÉS DE
SUAS FAMOSAS JANELAS

Em sua mais recente série de ilustrações, o designer italiano Federico Babina apresenta silhuetas de 25 arquitetos através de suas mais famosas janelas, incluindo obras de Oscar Niemeyer, Zaha Hadid, Frank Lloyd Wright, Alvar Aalto e Le Corbusier.



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site arcoweb

Comentários?

Anotações

CONCURSO DATAPREV PARA ARQUITETOS E ENGENHEIROS CIVIS

A Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev) abriu nesta segunda-feira (20) as inscrições para concurso público nacional que vai selecionar 17 arquitetos e 12 engenheiros civis. Todas as oportunidades, no entanto, são para cadastro reserva.
Serão contratados para o cargo de Analista de Tecnologia da Informação 15 arquitetos e urbanistas para atuação no Rio de Janeiro e dois para Brasília; e quatro engenheiros civis para atuação em São Paulo, seis para o Rio de Janeiro e dois para Brasília.



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site techne.pini

Comentários?

Turista Acidental

TERESINA-PI

O Turista Acidental (Ênio Padilha) esteve em Teresina-PI, para as palestras GESTÃO DE CARREIRA E MARCA PESSOAL PARA ARQUITETOS E ENGENHEIROS e ENADE: Carreira e Marca Pessoal com organização do Centro Universitário UNINOVAFAPI Instituição de Ensino Superior e Tecnológico do Piauí.




A CAPITAL DO PIAUÍ


Teresina é a capital e o município mais populoso do estado brasileiro do Piauí, com 822.363 habitantes, é a 19ª maior cidade do Brasil, sendo a 15ª maior capital de estado no Brasil. Também conhecida por Cidade Verde em virtude de ter ruas e avenidas entremeadas de árvores, é a terceira capital com melhor qualidade de vida do Norte-Nordeste e a terceira capital mais segura do Brasil.

Veja as fotos desta viagem

Pergunta do Leitor

CONCURSO ANEXO DA BIBLIOTECA NACIONAL

O Concurso Anexo da Biblioteca Nacional, promovido pela Fundação Biblioteca Nacional (FBN) e pela Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (CDURP), com organização do IAB-RJ, despertou interesse de arquitetos de todo o país. Até o momento, mais de 50 inscrições foram realizadas. Os profissionais que desejam participar da competição podem se inscrever até o dia 24 de outubro. As bases do concurso estão disponíveis no site concursoanexobn.iabrj.org.br.

O objetivo do concurso é selecionar a melhor proposta de intervenção no prédio do Anexo da Biblioteca Nacional na Zona Portuária do Rio, onde funcionava a antiga Estação de Expurgo de Grãos do Ministério da Agricultura. Após as obras, o edifício anexo vai receber a maior e mais importante coleção de periódicos e de periódicos raros do país, com jornais, revistas e publicações variadas, editadas em vários pontos do Brasil, que remontam ao século XIX, além da área administrativa e de processamento técnico da instituição.

Ao todo, serão distribuídos R$ 135 mil em prêmios, sendo R$ 80 mil para o primeiro lugar, R$ 35 mil para o segundo lugar e R$ 20 mil para o terceiro lugar. Os prêmios serão pagos pelo IAB-RJ com recursos da FBN.



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site iabrj

Arquitetura

UFCSPA EM CANOAS E SEU NOVO CAMPUS CONTEMPLA CAMPO DE FUTEBOL SUSPENSO

Com um projeto focado na integração com o entorno, o escritório gaúcho Ospa venceu o concurso nacional para desenvolver o novo campus da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), a ser construído no município de Canoas, RS.

A nova unidade abrigará salas de aula, escritórios, instalações administrativas e esportivas ao longo de 25 mil metros quadrados, onde dois edifícios de concreto e aço estarão dispostos em extremidades opostas do terreno. Um eixo longitudinal, convidativo e acessível, funcionará como elemento articulador das relações espaciais e humanas.

No setor principal entre os volumes retangulares, um campo de futebol gramado paira sobre as demais áreas do complexo poliesportivo composto por arenas, piscinas, vestiários e ambientes de convivências.



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site arcoweb

Comentários?

Starchitects

ZAHA HADID E NORMAN FOSTER PROJETAM HOTÉIS
DE LUXO NA CHINA

A empresa hoteleira Jumeirah Group selecionou os projetos dos escritórios de arquitetura Zaha Hadid Architects, Foster + Partners e Denniston International para a construção de três novos hotéis nas cidades de Nanjing, Wuhan e Haikou, na China. Os complexos vão oferecer, ao todo, 590 quartos para hospedagem.
O Jumeirah Nanjing, como é chamado o hotel projetado pela arquiteta iraquiana Zaha Hadid na cidade homônima, terá 250 quartos, incluindo 32 suítes. As duas torres, que terão fachadas curvas cobertas por vidros reflexivos, também abrigarão instalações comerciais, escritórios, centro de conferências, restaurantes e salões para eventos. Um edifício horizontal adjacente caracterizado por formas sinuosas receberá academia, spa e piscina coberta. O empreendimento já está em construção e deve ser inaugurado em 2016.
Já o Jumeirah Wuhan, assinado pelo escritório de Norman Foster, será um empreendimento de uso misto com 200 quartos de luxo, escritórios, lojas de varejo, restaurantes, espaços para eventos, spa e parques públicos. Os edifícios caracterizados por estruturas metálicas terão pelo menos três pavimentos com aberturas, que servirão de área de lazer, e terraços verdes. O terreno, localizado em frente a um centro de negócios, já está sendo preparado para início das obras, que devem ser concluídas em 2020.
Por fim, o Jumeirah Haikou Resort, cujo projeto é do escritório Denniston International, será construído em uma ilha privada de 136 hectares e incluirá um campo de golfe projetado por Tom Doak. O empreendimento multiuso terá, além de um hotel com 140 quartos de luxo, 60 unidades residenciais, restaurantes, instalações recreativas, parques, salões para eventos e piscinas. A previsão é de que o resort seja inaugurado em 2018.



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site au.pini

Comentários?

Arquitetura

NÚMEROS DE RRTs INDICAM: ARQUITETOS E URBANISTAS JÁ ATUAM EM TODO O BRASIL

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU) alcançou um novo estágio em sua presença nacional. Com as emissões de Registros de Responsabilidade Técnica (RRTs) feitas em setembro de 2014, agora 100% dos municípios brasileiros têm ao menos um registro de atividade profissional exercida por arquiteto e urbanista.

O total de RRT’s emitidas, desde a instalação do CAU, em 2012, até 10/10/14, era de 2.093.795 registros de atividades profissionais exercidas por arquitetos e urbanistas (existem 221 diferentes). É preciso ressaltar que o número representa a quantidade acumulada no período, isto é, não significa que em 2014 o CAU expediu RRTs para todo país. Os dados são do Sistema de Informação e Comunicação do CAU (SICCAU).

Como só 2.313 dos 5.564 municípios brasileiros possuem arquitetos residentes atuantes, o levantamento demonstra também uma grande mobilidade de profissionais, que atuam fora de suas sedes para atenderem às demandas por serviços de sua especialidade.



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site caubr


Comentários?

Arquitetura

HAWORTH TOMPKINS VENCE O RIBA STIRLING PRIZE 2014

O escritório Haworth Tompkins Architects venceu o RIBA Stirling Prize de 2014, prêmio concedido anualmente pelo Royal Institute of British Architects. O projeto para o novo Everyman Theatre de Liverpool foi escolhido pelo júri por sua “excepcional ecoeficiência e senso de acolhimento”.

Com um auditório com capacidade para 400 pessoas, o programa incorporou 25 mil tijolos, reciclados a partir da alvenaria de uma antiga capela do século 19 onde o teatro funcionava desde 1964, ano de sua inauguração.



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site arcoweb

Comentários?

Concursos de Arquitetura

PROJETAR.ORG LANÇA CONCURSO 008

Com o objetivo de contribuir com o aperfeiçoamento, formação e divulgação de um portfólio consistente, o Portal Projetar.org realiza concursos de ideias para estudantes de arquitetura. O processo é totalmente online, e os prêmios incluem dinheiro e publicação dos projetos em sites e blogs de alcance nacional.
A proposta do Concurso 008 do Portal Projetar.org é que os estudantes projetem um Infopoint – Central de Informações Turísticas – na Lagoa da Pampulha, destinado a receber com conforto visitantes de todo o mundo.
Para o cenário da arquitetura e do urbanismo modernistas, Belo Horizonte desempenha papel de protagonista. Considerada a primeira cidade moderna planejada do Brasil, é sede de um dos maiores ícones da arquitetura mundial do século XX, o complexo da Lagoa da Pampulha.
Inaugurado em 1943, o complexo da Pampulha é um destino muito visitado por turistas de todo o mundo, em especial arquitetos, interessados em observar um dos primeiros exemplos do modernismo do país.
Uma determinada obra de arquitetura tem o potencial de durar o quanto seu povo quiser que ela dure – exemplo disto é o Pantheon de Roma. O complexo da Pampulha, desde sua inauguração, passou por muitas reformas e revitalizações, o que reflete a importância deste local para Belo Horizonte e para o Brasil. Trata-se de um monumento a céu aberto que possui uma história muito rica e que ultrapassa somente os elementos visuais, merecendo, assim, ser conhecida. Um local com a importância da Pampulha merece um espaço para melhor receber seus visitantes, possibilitando-os ouvir a sua história, levar para casa lembranças do passeio e, ainda, apreciar o complexo durante uma refeição ou encontro social.



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site projetar.org

Comentários?

Arquitetura

SANTUÁRIO DE APARECIDA EM SP TERÁ CAMPANÁRIO
PROJETADO POR NIEMEYER

Em comemoração ao tricentenário do encontro de Nossa Senhora Aparecida no Rio Paraíba, celebrado em 2017, o Santuário Nacional de Aparecida, em São Paulo, vai tirar do papel um dos últimos projetos do arquiteto Oscar Niemeyer: um campanário de 37,5 metros de altura.
O campanário, que custará aproximadamente R$ 6,8 milhões, será construído entre a Capela das Velas e a Passarela da Fé, onde atualmente há um jardim. A torre abrigará 13 sinos holandeses, sendo o menor com 56 centímetros e o maior com 1,51 metros de altura. Somente os sinos vão custar R$ 1,3 milhão.
De acordo com o bispo auxiliar Dom Darci Nicioli, a torre existente no Santuário não abriga um campanário, mas sinos eletrônicos. O novo projeto inclui um sistema eletromagnético que permitirá que os sinos toquem melodias clássicas, além das tradicionais badaladas.
A previsão é de que as obras sejam concluídas até o início de 2017.



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site au.pini

Comentários?

Concursos de Arquitetura

PRÊMIO ARQUITETO DO AMANHÃ

O Departamento Rio de Janeiro do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB-RJ) publicou o edital da 52ª Premiação Anual e do 31º Prêmio Arquiteto do Amanhã. Este ano, o tradicional prêmio da arquitetura carioca é temático. O IAB-RJ convida os arquitetos do país a apresentarem propostas para a frente marítima da bacia da Baía de Guanabara, com o objetivo de promover reflexões sobre um novo conceito de requalificação urbana da baía. Os editais estão disponíveis no site www.iabrj.org.br



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site iabrj

Comentários?

Arquitetura

CINCO EDIFÍCIOS COMPETEM PELO TÍTULO DE MELHOR
ARRANHA-CÉU DO MUNDO

Rem Koolhaas, Steven Holl, Jean Nouvel e Boeri Studio são os autores dos cinco arranha-céus que competem pelo título de "melhor do mundo". Escolhidos como finalistas do International Highrise Award (IHA) 2014, os quatro escritórios estão muito próximos de um prestigioso título e um prêmio de €50 mil.

Os organizadores do prêmio anunciarão um vencedor em meados de novembro. O arranha-céu escolhido será selecionado por um renomado júri multidisciplinar com base em critérios que variam do uso de tecnologias inovadoras até propostas de desenvolvimento urbano integrado do edifício e relação custo-banefício.



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site archdaily


Comentários?

Arquitetura

NEW YORK BY GEHRY

8 Spruce Street, originalmente conhecida como Beekman Tower e atualmente vendido como New York by Gehry, é um edifício residencial de 76 andares, projetado pelo arquiteto Frank Gehry na cidade de New York, no número 8 da Spruce Street, entre as ruas William e Nassau, ao sul do City Hall Park e da Ponte do Brooklyn.



Clique sobre a imagem ou AQUI para conhecer o website do empreendimento, inaugurado em 2011

Deixe AQUI seu Comentário:

Engenharia

A FORÇA DA ÁREA TECNOLÓGICA PARA O DESENVOLVIMENTO CATARINENSE - REFLEXÕES E SUGESTÕES

O CREA-SC entregará no mês de novembro aos eleitos em Santa Catarina para governador, senador, deputados federais e estaduais a carta “A Força da Área Tecnológica para o Desenvolvimento Sustentável Catarinense – Reflexões e Sugestões”. Elaborado a partir da análise profissional sobre a situação do Estado e de como melhorá-la sob a ótica técnica, o documento traz propostas para avanços em diversos pontos críticos que envolvem o trabalho e a responsabilidade dos profissionais da engenharia e da área tecnológica em geral, visando à qualidade de vida da sociedade catarinense.
A carta foi produzida com o auxílio das Entidades de Classe no estado, através do CDER-SC- Colégio Estadual das Entidades de Classe, e ainda dos Inspetores, Diretores Regionais, Conselheiros e profissionais do CREA-SC, com base nas edições do documento Pensando Santa Catarina, editado nos anos de 2006 e 2010 por meio de propostas colhidas nos encontros preparatórios do Congresso Estadual de Profissionais do setor; além do documento Cresce Brasil, editado pela FNE- Federação Nacional de Engenheiros. Confira resumo das propostas:



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site crea-sc

Comentários?

Engenharia

OS BENEFÍCIOS DO GERENCIAMENTO DE OBRAS
Engº Fernando Neaime

Gerenciamento de Obras é um tipo de serviço de Engenharia que tem como foco fazer com que sejam cumpridos os objetivos de custo, prazo e qualidade. Evitando problemas, quanto a atrasos e aumento de custos.

Até alguns anos atrás, a atividade de gerenciamento era parte dos serviços oferecidos pelas construtoras. Porém, com o aumento da complexidade das obras, as construtoras perceberam que era preciso manter o foco na execução da obra, sua atividade fim. O gerenciamento permite uma avaliação correta das etapas de execução, analisando prazos de entrega, tecnologias e equipamentos empregados, produtividade e, a cada passo, a avaliação do impacto no custo orçado, fazendo com que os gastos não saiam de controle. Com isso, garante-se que a obra, na fase de execução, mantenha um bom ritmo e sem sair dos trilhos, já que tudo foi planejado com antecedência, a fim de evitar os imprevistos que sempre encarecem os custos e impactam negativamente nos prazos.



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site forumdaconstrucao

Comentários?

Engenharia

OBRAS NA PONTE HERCÍLIO LUZ EM FLORIANÓPOLIS
RECOMEÇAM EM NOVEMBRO

A expectativa é que após restaurada, a ponte ajude a desafogar o trânsito na Grande Florianópolis. “Todo mundo vê o que as pessoas sofrem diariamente nas filas. Com essa obra, vamos deslocar uma parte significativa do trânsito para a Ponte Hercílio Luz. Isso vai garantir um grande ganho de qualidade, principalmente para quem vai para os bairros do continente, melhorando também o tráfego na Via Expressa e na BR-101”



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site g1.globo

Comentários?

Engenharia

NADA É IMPOSSÍVEL PARA UMA PONTE CHINESA

Aquela ali ao fundo é a ponte Aizhai, na província de Hunan, na China. Ela não é a ponte mais longa, nem a mais alta do mundo. O que faz dela uma obra tão incrível e fascinante é a combinação desses fatores: nenhuma ponte alta é tão longa quanto ela; nenhuma ponte longa é tão alta quanto ela.

Inaugurada há quinze dias, a ponte Aizhai levou apenas quatro anos para ser construída a 336 metros do chão, o que faz dela a sexta mais alta do mundo. Mas entre as 400 pontes mais altas do planeta nenhuma é tão longa quanto ela, que se estende por 1176 metros para ligar as cidades de Chongqing e Changsha. A obra custou 208 milhões de dólares e incluiu, além da ponte, a construção de 64 quilômetros de rodovias e 129 km de vias alimentadoras. Nossa opinião? Tá barato pra caramba.



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site blogdaengenharia



Colaboração do colega Luiz Roberto Marques (Engenheiro Civil, fiscal de obras da Superintendência do Espaço Físico da Universidade de São Paulo - Regional do Campus de Ribeirão Preto-SP)


Comentários?

Engenharia

ENGENHARIA EFÊMERA AJUDA A REDUZIR ACIDENTES

Por receber um número elevado de pessoas, os espaços reservados para a realização de grandes eventos devem ter suas instalações verificadas por técnicos especializados e qualificados para o trabalho. O CREA-PR recomenda que profissionais de Engenharia acompanhem a montagem das estruturas como arquibancadas, estandes, palcos, sistemas de sonorização, iluminação e geradores de energia de forma a prevenir acidentes. “Para isto, é imprescindível o conhecimento técnico dos profissionais envolvidos nestas atividades”, alerta o agente de fiscalização do CREA-PR, Jefferson Oliveira da Cruz. Segundo ele, são inúmeras as atividades executadas durante a realização de eventos. Além das atividades usuais, está o desenvolvimento de ações de prevenção contra incêndio e pânico. Todas elas devem ser acompanhadas por inúmeros profissionais, dentre eles, os engenheiros civis, mecânicos e eletricistas com registro no CREA-PR e habilitados para emitir a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART)”, destaca.



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site crea-pr

Comentários?

Administração

ENADE, CARREIRA E MARCA PESSOAL

(Publicado em 21/10/2014)



Antes de ler este artigo aqui, é importante que você leia MARCA PESSOAL, texto que apresenta os conceitos fundamentais bem como os elementos que servem de base (os pilares) para uma Marca Pessoal Valiosa: (1) especialização, (2) atributos positivos permanentes; (3) identidade visual e (4) visibilidade.

Dito isto, tentarei aqui discorrer, ainda que superficialmente, sobre um desses pilares (os atributos positivos permanentes) e como ele se aplica a prestadores de serviços de nível superior. O objetivo é entender como é importante, para o estudante universitário, participar do ENADE e, mais do que isso, por que é importante fazer isso da melhor maneira possível.

Vejamos:

Atributo de uma marca é uma garantia intrínseca representada pela marca. Ao comprar um produto de uma determinada marca você tem CERTEZA de estar adquirindo determinados resultados. Por exemplo, se você envia uma encomenda pela Federal Express você tem a CERTEZA de que a encomenda chegará ao destino no tempo previsto. Observe que essa "certeza" é subjetiva e psicológica. É claro que a Fedex, em alguns casos, já deve ter extraviado alguma encomenda ou não ter entregue no tempo devido, mas... Mas as pessoas continuam acreditando que isso não acontece. A reputação da empresa é seu ativo mais precioso (e foi construído por anos e anos de excelência dos seus 290 mil empregados no mundo todo, que se esforçam para manter essa reputação viva). Se a empresa cometesse erros frequentemente, com certeza não teria esse atributo reconhecido.

Um advogado formado pela USP é, à priori, um bom advogado. O nome e a reputação da escola precede qualquer análise. "se o cara foi bom o bastante para passar no vestibular e concluir o curso de Direito na USP é certo que ele é muito bom". É um pressuposto. Mas será que existe algum advogado formado pela USP que não seja "top de linha"? É provável que sim, mas a estatística é tão amplamente favorável aos bons que ninguém leva em conta essa possibilidade.

Da mesma forma, se você é um Administrador formado pela FGV ou um Engenheiro Aeronáutico formado pelo ITA ou um Engenheiro Mecânico formado pela UFSC você já sai na frente em qualquer disputa que leve em conta seu histórico escolar. Sua marca pessoal herda um atributo da escola na qual você estudou.

Embora eu tenha utilizado acima exemplos extremos de excelência em cursos superiores, a verdade é que qualquer profissional formado em cursos com nível 4 ou 5 podem considerar seu "selo de qualidade" como garantido. Naturalmente, se o curso realizado tem avaliação 1 ou 2 não há motivo para se orgulhar. Porém, quem faz cursos de nível 3 não precisa ficar desesperado. Geralmente esses cursos são aqueles que estão em fase de melhorias e avanços.

O Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - SINAES é uma instituição do MEC que analisa as instituições, os cursos e o desempenho dos estudantes. As informações obtidas são utilizadas para orientação institucional de estabelecimentos de ensino superior e para embasar políticas públicas. Os dados também são úteis para a sociedade, especialmente aos estudantes, como referência quanto às condições de cursos e instituições.

A avaliação dos cursos superiores no Brasil, feita pelo MEC, leva em conta:
(1) Perfil do corpo docente (professores)
(2) Adequação de professores às disciplinas
(3) Dedicação e regime de trabalho do corpo docente
(4) Estabilidade do corpo docente
(5) Política de aperfeiçoamento/qualificação/atualização docente
(6) Qualificação do responsável pela implantação do curso
(7) Projeto Pedagógico
(8) Infra-Estrutura de Apoio:
(9) Estrutura da Biblioteca
(10) Laboratórios
(11) Estágio Supervisionado
(12) Empresa Júnior
(13) Administração Acadêmica
(14) Infra-estrutura física
(15) Pesquisa e Extensão
(16) Envolvimento com a comunidade
(17) Conhecimentos, habilidades e competências dos Egressos

É aí (no item 17) que entra o ENADE, integrando o conjunto dos mecanismos que contribuem para determinar "quem é quem" entre as universidades no Brasil.

O ENADE - Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes é uma prova escrita, aplicada anualmente para estudantes universitários brasileiros e tem por objetivo (segundo o INEP) "aferir o desempenho dos estudantes em relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares do respectivo curso de graduação, e as habilidades e competências em sua formação". A aplicação da prova é de responsabilidade do INEP, uma entidade federal vinculada ao Ministério da Educação (MEC). Participam desta avaliação os alunos ingressantes e concluintes no ensino superior. O aluno que deixa de participar do Enade é impedido de concluir o curso, não recebendo seu diploma.

Por que é importante medir o desempenho dos estudantes e dos cursos que eles frequentam? Simples: porque, "O que não pode ser medido não pode ser melhorado".
Esta frase é frequentemente atribuída a William Thomson, conhecido como Lord Kelvin (aquele mesmo, da escala de temperatura que mede o zero absoluto). Há quem diga também que a frase é de Peter Drucker, Jack Welsch, Benjamin Franklin, Leslie Willcocks... enfim... (se alguém souber o verdadeiro autor, agradecemos).

O importante, aqui, é observar como esse conceito é tão importante na gestão de negócios quanto na gestão de um país. Se você não sabe dizer quem é quem, não tem como separar o joio do trigo. E nunca saberá onde deve ser investido mais tempo, energia e dinheiro para fazer melhorias.

Já voltaremos a isso. Antes, um pouco de história:

O ENADE, que começou a ser aplicado no Brasil em 2004, sucedeu um projeto semelhante lançado em 1996 pelo então Ministro da Educação Paulo Renato de Souza, o Exame Nacional de Cursos - PROVÃO, um exame que tinha a função de avaliar os cursos de graduação da Educação Superior do Brasil. Aconteceram oito edições do Provão realizadas anualmente pelo mesmo INEP, entre os anos de 1996 e 2003.

Na época (1996) havia uma gritaria muito grande nos ambientes universitários. Muita gente era contra qualquer tipo de avaliação. Aquilo me incomodava um pouco e eu, que assinava uma coluna semanal num jornal da minha cidade, escrevi o seguinte texto:



O PROVÃO
Ninguém se atreve a dizer que o nosso XYZ Futebol Clube é um dos melhores times de futebol do Brasil.
Mas, de vez em quando aparece alguém tentando me convencer que a nossa Fundação Educacional Regional - FER, é uma instituição de ensino “no nível” das melhores do país...

O objetivo aqui não é discutir o real posicionamento da nossa FER numa eventual comparação com outras instituições de ensino no Brasil. Na verdade o que se quer é mostrar que não passa pela cabeça de ninguém dizer que o XYZ Futebol Clube é um dos melhores times do Brasil porque os seus resultados nos campeonatos resolvem essa dúvida. O fato de estar na terceira divisão do Campeonato Catarinense dá a exata dimensão do seu tamanho.

Porém, no caso das instituições de ensino não existe nenhum método de classificação (nenhum campeonato) que separe o joio do trigo.

É aí que entra o PROVÃO do MEC, inserido na estratégia geral do governo, através do Ministério da Educação, cujo titular, Paulo Renato, vem promovendo uma Revolução Silenciosa na estrutura básica do país.

Apesar de combatido por muitos segmentos o PROVÃO, longe de ser um elemento perfeito para avaliação das universidades é, com certeza, um avanço. O gol, no futebol, também não é perfeito para avaliar a superioridade de um equipe sobre a outra, mas é um bom indicador. Além do mais, não precisamos de uma fórmula perfeita. Precisamos de alguma coisa que seja melhor do que nada (que é o que tínhamos antes do PROVÃO)

Quem se incomoda tanto assim com uma avaliação? Os Mauricinhos que, depois de tentarem vestibular em várias faculdades de ponta, acabaram se conformando em fazer um curso de quinta categoria e agora não querem que ninguém descubra que o curso que eles estão concluindo é de quinta categoria?

Ou seriam os professores desses cursos, que não querem que descubram a imensa distância que existe entre a suas formações e conhecimentos em relação aos “colegas” da USP ou das Universidades realmente “de ponta” ?

Afinal, a quem interessa deixar as coisas do jeito que estão?

Quem é que acha que é possível agir sobre um sistema sem conhecer seus reais problemas?

O Provão tem o mérito de dar uma chacoalhada na árvore. Se não consegue identificar todos os problemas, pelo menos acende uma lâmpada sobre os casos mais críticos. Se não garante que as frutas que sobram são perfeitas e deliciosas, pelo menos põe no chão aquelas que estão totalmente podres e só se sustentam em discursos de omissão e hipocrisia.



O texto reproduzido acima serve para mostrar a minha posição a respeito do PROVÃO, nos anos 1990. Mas a minha posição continua a mesma. Não foi alterada quando o Provão foi sucedido pelo ENADE, a partir de 2004. Entendo que o sistema não é perfeito, apesar de estar sendo aperfeiçoado a cada ano. Mas é melhor avaliar os cursos superiores do que deixar de avaliar enquanto esperamos por um sistema 100% justo e perfeito.

O vestibular não é 100% perfeito; as provas, em sala de aula não são 100% justas; os concursos para o ingresso no serviço público não são, talvez o melhor para todos; os processos seletivos para preenchimento de vagas nas grandes empresas não são perfeitos... mas é o que temos.

O ENADE é uma ferramenta de avaliação que produz um indicador de desempenho, que nos permite medir a situação. E, como dizia Lord Kelvin (ou seja lá quem for), Se pode ser medido pode ser melhorado.

Mas ainda existem muitos jovens universitários que se recusam a fazer o ENADE e muitos professores que são contra a sua realização. Estão esperando por um sistema de avaliação perfeito, 100% justo e sem falhas. Ou estão, simplesmente, querendo que as coisas continuem como estão. Ou são pessoas que ainda não se deram conta de que fazer o ENADE (mais do que isto, fazer bem o ENADE) é uma coisa muito importante para a sua própria Marca Pessoal e, consequentemente, para a sua própria carreira.

Eu prefiro acreditar nessa terceira opção. Por isso tenho aqui meia dúzia de razões para você se preparar bem e caprichar no desempenho no ENADE:

Antes, gostaria apenas de lembrar que o ENADE é lei. lei não se discute, se cumpre. É uma componente curricular. Deixar de comparecer à prova sem justificativa amparada na lei, implica NÃO COLAÇÃO DE GRAU. Ainda assim, seguem os argumentos:

1 - Para fazer o ENADE bem feito você certamente terá de estudar mais, reorganizar matérias e fazer revisões de conteúdos. Isto é bom pra você. Vai torná-lo um profissional ainda melhor, com conhecimentos mais consolidados.

Ao fazer o ENADE bem feito, você estará dando sua contribuição para que a avaliação global da sua faculdade seja melhorada. Observe que a sua nota no ENADE não é o único critério de avaliação da sua faculdade, mas a sua nota (na verdade a média das notas da sua turma) tem um peso importante para o cômputo geral.

2 - Os profissionais que, no passado, se formaram na mesma faculdade em que você estuda contam com o seu empenho e desempenho para que o bom nome da sua escola seja mantido ou elevado. Assim como você, daqui a 10 ou 15 anos, certamente irá querer que os estudantes dessa faculdade tirem notas boas no ENADE.
Se você disser que isto não é problema seu, e que cada um que cuide dos seus problemas, além de tolo você não tem ética. E isso é grave.
É um tolo, porque, afinal, a Escola na qual você se gradua é um selo de qualidade que acompanha você pelo resto da sua carreira e pode ser um diferencial competitivo, como vimos no início deste artigo.
E não tem ética profissional porque é egoísta e só pensa no seu umbigo. Não está disposto a dar um pouco de si para o bem coletivo. Isso é muito feio num estudante. E é terrível num profissional.

3 - Algumas pessoas não gostam de serem avaliadas. Na verdade, a maioria das pessoas não quer trabalhar sob pressão nem ser avaliada por critérios objetivos. Mas eu imagino que você não queira se juntar ao imenso rebanho formado pela "maioria das pessoas". Em termos de gestão de carreira e de Marca Pessoal isso é uma roubada! Porque pessoas bem sucedidas não se importam (algumas vezes até gostam) de serem avaliadas. E não perdem produtividade quando estão sob pressão.
Não acredita? Dá uma olhada nos atletas de alto rendimento, nos astronautas, nos cirurgiões, nos advogados criminalistas de ponta... Procure por alguém nesse grupo que perde desempenho quando está sob pressão ou que se importe em ser avaliado.

4 - Não fazer o ENADE não é o tipo de "protesto" que vai fazer o governo mudar o sistema de avaliação. Preste atenção. Essa batalha já foi perdida. A imensa maioria dos estudantes universitários brasileiros já aderiu ao ENADE e ao sistema de avaliação proposto. Não fazer o ENADE apenas prejudica você, a sua escola e os seus colegas.
Se você acha que alguma coisa precisa mudar primeiro precisa (1) ter certeza de que sabe alguma coisa sobre avaliação e rankings de cursos superiores em outros países do mundo (para saber no que o sistema brasileiro é realmente deficiente). E (2) usar os canais disponíveis para manifestação e pressão sobre o governo.

5 - Assim como outros produtos no mercado, os prestadores de serviço também têm seu Atestado de Origem. Um carro alemão, um charuto cubano, um chocolate belga, um terno italiano, uma xícara de café colombiano, uma cerveja alemã, um whisky escocês, uma vodka russa são exemplos de produtos que são bons à priori. Você confia, simplesmente por conhecer a sua origem.

Da mesma forma, o mercado terá uma predisposição para avaliar de forma mais positiva a sua competência se a faculdade onde você estudou tiver um bom conceito na avaliação do MEC. Isso é bom para instituição. Mas, acredite: é muito melhor para você.

6 - Por fim, uma consideração motivada pela conjuntura.
Durante muitas décadas, no Brasil, era razoavelmente fácil saber quais eram as escolas que formavam bons profissionais. Principalmente devido ao fato de que havia poucas universidades em cada região.
Hoje os tempos são outros. Existem escolas com cursos superiores em todo lugar. É a chamada proliferação de cursos superiores

É importante dizer que, no meu ponto de vista, isto não é uma coisa ruim. O Brasil sempre teve (e ainda tem) um deficit enorme de escolas superiores, especialmente na área tecnológica. Ou seja. Quanto mais cursos surgirem, melhor para o país.

No entanto, isto causa uma natural confusão e desinformação no mercado contratante (sejam empresas ou pessoas físicas). Como saber quem é quem? Como estabelecer um critério para não perder tempo com processos seletivos e treinamento básico com profissionais que não têm futuro dentro da empresa?

Uma das alternativas que sempre foi utilizada por grandes empresas é justamente eliminar na disputa aqueles que não são formados nas escolas de alto nível. O problema é que, com tantas escolas disponíveis, como saber quais são as "descartáveis". A resposta me parece óbvia: a avaliação feita pelo MEC (o SENAES). Nessa avaliação, como vimos acima, muitas coisas são consideradas. Mas as notas dos alunos no ENADE tem um peso relevante.

Outra coisa importante a observar é que, apesar da lei proibir a divulgação individual do resultado. O estudante pode divulgar a sua nota pessoal e fazer desta uma vantagem competitiva, um fator distintivo. Hoje, universidades e grandes empresas no Brasil recebem muitos e-mails de estudantes indianos, chineses e de outras nacionalidades querendo fazer estágio no Brasil. Um dos dados que esses estudantes colocam no Currículo é a nota obtida em exame semelhante ao ENEM ou ENADE.

Portanto, fazer o ENADE (e, mais do que isso, fazer bem feito) é uma forma de garantir o seu ingresso no jogo do mercado de trabalho.



ÊNIO PADILHA
www.eniopadilha.com.br | professor@eniopadilha.com.br




Nosso site é atualizado todos os dias à meia noite.
Veja AQUI os conteúdos publicados hoje.




---Artigo2014 ---Administração ---GestaodeCarreira ---MarcaPessoal

Comentário do Ênio Padilha

Este artigo foi composto para servir de base para a palestra ENADE, CARREIRA E MARCA PESSOAL e contou com a inestimável contribuição de grandes amigos: os engenheiros Sebastião Lauro Nau, Adilson Luis Gonçalves, Sérgio Santos e Marcos Vallim e a arquiteta Maristela Macedo Poleza.
Todos, além de profissionais brilhantes e inteligentíssimos, são professores universitários e coordenadores de cursos de Engenharia ou de Arquitetura.
A eles o meu profundo agradecimento e o meu grande abraço

Deixe AQUI seu comentário:

Administração

MARCA PESSOAL

(Publicado em 20/10/2014)



MARCA é, etimologicamente falando, alguma coisa capaz de marcar. Tornar algo identificável, único. É o traço que, através da sua presença (ou ausência) permite distinguir uma determinada coisa de outras semelhantes.

O termo é frequentemente usado como referência de empresa ou de produtos dessas empresas

Mas o conceito de marca pode ser utilizado também quando tratamos de uma pessoa. Pode-se dizer, nesse caso, que O NOME DA PESSOA, por si só, representa alguns significados para as outras pessoas e, portanto, é sua MARCA PESSOAL.

Geralmente fala-se em Marca Pessoal quando o nome de uma pessoa possui valor comercial, influenciando de forma marcante as relações mercadológicas dessa pessoa, seja do ponto de vista da sua carreira profissional ou mesmo na comercialização de produtos (bens ou serviços) associados.

Uma MARCA PESSOAL é algo que um indivíduo pode construir para usufruir os benefícios (em termos de mercado) dos conceitos de Marketing e da Administração inteligente da sua Imagem Pública. A MARCA PESSOAL, portanto, tem algumas coisas do marketing e algumas coisas da Administração da Imagem Pública.

Embora o conceito de MARCA PESSOAL possa ser utilizado para qualquer pessoa, ele é particularmente útil para Profissionais Prestadores de Serviços porque, nesse caso, a necessidade de estabelecer um valor comercial para o próprio nome parece ser muito mais evidente.

Hubert Rampersad, no livro "DNA da sua marca pessoal: um novo caminho para construir e alinhar uma marca" (2008) afirma que "as pessoas aceitam pagar um preço de 9% a 12% maior por uma marca conhecida e confiável, comparada a marcas que não são tão familiares", o que explica a importância do investimento pessoal no sentido de criar uma Marca Pessoal.

O mesmo autor chama atenção para o fato de que a criação da marca (pessoal ou não) acontece antes do marketing e das vendas. Portanto, todas as ações e estratégias do Marketing (empresarial ou Pessoal) devem sustentar a existência de uma marca, definida e estabelecia à priori. Ações de marketing sem uma marca a ser sustentada é pura perda de tempo, energia e dinheiro.

O NOME (A MARCA PESSOAL)
O nome da pessoa é o seu Rótulo de Identificação Social. É a sua MARCA PESSOAL. Todas as percepções (positivas e negativas) que as outras pessoas tenham do indivíduo são associadas ao seu nome. O objetivo da pessoa que quer fazer uma boa Administração da Imagem Pública (e construir uma Marca Pessoal forte) é fazer com que as pessoas se lembrem dela (e, principalmente, do seu nome).

Existem algumas considerações que o indivíduo precisa levar em conta se quiser que o seu nome seja facilmente lembrado.

O nome de uma pessoa tem duas componentes básicas: a morfoetimológica e a conceitual.
A componente morfoetimológica é o significado que o nome tem para o público quando o dono do nome ainda não foi apresentado. Que características você atribui a uma pessoa cujo nome é Raimundo Vinagre? ou Terezinha Tosse?
Agora, imagine uma pessoa chamada Cecília Drummond ou, Augusto Valente.
Veja que, mesmo sem conhecer nenhuma destas pessoas (acredite, os nomes são verdadeiros) você já construiu uma pré-imagem para cada uma delas, não é verdade?

Isto significa que essa componente do nome também deve ser analisada (não é por acaso que, no mundo artístico, é tão comum uma pessoa assumir um novo nome ou fazer uma simplificação ou ajuste no seu próprio nome). O nome de uma pessoa, assim como o nome de uma empresa ou de um produto pode (e deve) ser alterado em benefício dos objetivos pessoais.

• Nomes muito complicados apresentam natural dificuldade para serem absorvidos pelo público (demandam maior investimento na divulgação).
• Nomes com significados secundários devem ser omitidos ou trocados, pois acarretam desvios de energia para explicações e esclarecimentos, além de darem margem a eventuais piadinhas, charges e outras brincadeiras que podem desviar a atenção do público para os valores e características que se quer transmitir.
• Nomes que tanto podem ser de um homem quanto de uma mulher (Juraci, por exemplo) podem ser suprimidos ou trocados. E tudo isto pode ser feito sem burocracia, sem cartório, sem mexer nos documentos, nada. Basta decidir.
• Apelidos em geral, devem ser evitados (só admitidos em casos muito especiais)
Finalmente (mas muito importante), nomes muito compridos devem ser resumidos a duas, no máximo três palavras, para facilitar a fixação.
• Nomes (ou sobrenomes) naturalmente compostos (Ana Clara, João Pedro, José Mário, Maria Helena... Lins e Silva, Buarque de Holanda...) podem ser mantidos;
• Dois sobrenomes especiais (reconhecidamente especiais e com valor “de mercado”) podem ser mantidos

A componente conceitual do nome, por outro lado, é construída pelos valores que o público vai atribuindo à pessoa, em função de suas ações e omissões, gestos, posturas, palavras, conhecimentos, habilidades e outras características (ou seja, pela maneira como a pessoa faz a gestão da sua imagem pública)


ELEMENTOS DE SUSTENTAÇÃO DE UMA MARCA PESSOAL
Uma vez definido o nome da marca, alguns elementos são necessários para que esta marca possa se tornar valiosa, ou seja, capaz de ser, por si só, fator de motivação para que clientes potenciais do produto que ela representa disponham-se a pagar mais para obtê-los.

Peter Montoya e Tim Vanderhey, no livro "A marca chamada Você" (2010), embora tratem de todos os itens relacionados acima, consideram quatro coisas como determinantes para o sucesso de uma Marca Pessoal:
1) Especialização
2) Atributos Permanentes da Marca
3) Identidade Visual
4) Visibilidade


ESPECIALIZAÇÃO
A especialização é essencial para a construção de uma Marca Pessoal. É virtualmente impossível construir uma Marca Pessoal sem que ela esteja ligada a algum tipo de produto que seja especializado. Para definir a especialização é preciso responder algumas questões básicas: o que você faz para ganhar dinheiro? qual é o seu produto? para quem você quer vender o seu produto? em que área de atuação geográfica seu produto será disponibilizado?

A especialização de uma Marca Pessoal pode estar ligada ao produto (exemplos: ortopedia, contabilidade financeira, advocacia criminal...) ou ao público ao qual o produto se destina (exemplos: pediatria, geriatria, educação infantil...)

É importante observar que, para um profissional de nível superior a sua atividade profissional (definida pela sua graduação) nem sempre (quase nunca) define uma especialização capaz de caracterizar uma boa Marca Pessoal.
Medicina, Arquitetura, Advocacia, Engenharia, Administração, Psicologia... não são especializações capazes de diferenciar uma boa Marca Pessoal. Definem apenas o ramo de negócios no qual a Marca Pessoal irá atuar. É preciso ser especializado (e, se possível especializado dentro da especialidade). É preciso representar algo realmente único para as pessoas e para o mercado. Veja, por exemplo os seguintes níveis de especialização:

1 Trabalhar no ramo de construção civil;
1.1 Trabalhar com projetos
1.1.1 Trabalhar com projetos de interiores
1.1.1.1 Trabalhar com projetos de interiores comerciais
1.1.1.1.1 Trabalhar com projetos de interiores para escritórios

1.2 Trabalhar com administração de obras
1.2.1 Trabalhar com administração de obras residenciais
1.2.1.1 Trabalhar com administração de obras residenciais de alto padrão

1.3 Trabalhar com execução de obras
1.3.1 Trabalhar com execução de edifícios comerciais
1.3.1.1 Trabalhar com execução de edifícios comerciais de grande porte (acima de 12 pavimentos)

É muito natural (especialmente no início da carreira) que o indivíduo não assuma atividades profissionais especializadas. Em outras palavras, que seja um "clínico geral". Isto é perfeitamente aceitável para o recém-formado. No entanto, é preciso ter em mente que a construção de uma Marca Pessoal forte depende muito da capacidade de se apresentar com uma especialização muito bem definida.


ATRIBUTOS PERMANENTES DA MARCA PESSOAL
Os Atributos Permanentes são as coisas com as quais uma Marca Pessoal está intrinsecamente comprometida e identificada. São as características operacionais imediatamente associadas à marca por todas as outras pessoas. Representam as Promessas que podem ser cumpridas em 99,999% dos casos (ou seja: uma falha, no máximo, a cada três anos).
Por exemplo, se um prestador de serviços cumpre religiosamente seus prazos SEMPRE (com, no máximo, uma falha a cada três anos) pode-se dizer que o cumprimento de prazos é um dos atributos permanentes da sua Marca Pessoal;

Observe que os atributos permanentes da marca não são, necessariamente, positivos. Se uma falha ou problema acontece (é observado) com frequência no desempenho de um profissional, aquela falha ou problema pode se incorporar à marca pessoal, como atributo permanente.

É necessário e vital, portanto, que a pessoa não apenas desenvolva seus diferenciais competitivos (seus atributos positivos valiosos) mas também se preocupe em eliminar as falhas e problemas.

Os atributos permanentes mais importantes de uma Marca Pessoal são o que chamamos de Diferenciais Competitivos.

Nos estudos empresariais DIFERENCIAL COMPETITIVO é tudo aquilo que torna a sua empresa ÚNICA ”aos olhos do cliente”. É um recurso que uma empresa possui ou controla e que é percebido pelo mercado como positivamente destacado. Mas isto só não basta. É preciso também...

1) Que este recurso seja raro. Ou seja, muito difícil (trabalhoso, demorado ou caro) para ser adquirido ou controlado pelo concorrente;

2) Que este recurso seja idiossincrático. Ou seja, que este recurso se combine com outros recursos da em-presa de forma única (isto é, de maneira diferente da possível combinação com recursos do concorrente) e que essa combinação permita à empresa conceber e implementar estratégias que produzam vantagem competitiva;

3) Portanto, que esse recurso produza vantagens e benefícios para os clientes e que eles (os clientes) con-sigam perceber claramente essas vantagens e benefícios.

Diferencial Competitivo, portanto, não é apenas "ter qualidade no que faz", ou "ter preço baixo" ou "ter bons clientes no currículo". É preciso um pouco mais de esforço para ter um verdadeiro Diferencial Competitivo.

Possuir ou controlar um recurso positivo só constitui um diferencial se o mercado perceber de forma inequívoca as vantagens e benefícios decorrentes. Do contrário, possuí-lo ou controlá-lo não aumenta as suas vendas, não gera indicações importantes pra a empresa.

Pode-se dizer, com outras palavras, que Diferencial Competitivo é algo que sua empresa tem, que as outras não tem, que vão demorar a ter (ou nunca terão) e que os clientes gostam.

Do ponto de vista de Marca Pessoal, tudo o que se diz sobre Diferencial Competitivo para empresas pode-se dizer de Atributos Permanentes. E com os mesmos efeitos.


IDENTIDADE VISUAL
A identidade visual de uma Marca Pessoal é o conjunto de signos que identificam inequivocamente essa marca: os símbolos gráficos (ícones), as cores, o logotipo, e outros elementos visuais.

Embora o uso de ícones gráficos para identificar marcas pessoais não seja proibido ou desaconselhável, recomenda-se dar preferência ao logotipo, que é o nome da pessoa escrito de maneira especial (sem a utilização de tipos convencionais). Corresponde a um desenho do próprio nome.

A escolha de cores que serão utilizadas para a escrita do nome (logotipo) ou do fundo/moldura também faz parte da definição da identidade visual da Marca Pessoal.

O slogan também compõe a identidade visual da Marca Pessoal. Slogan é uma frase curta (duas a dez palavras) que sintetiza os atributos permanentes de uma marca ou produto. É importante observar que, enquanto o slogan de uma grande empresa (marca construída com o aporte de milhões em comunicação) pode ser uma frase curta que depois será exaustivamente explicada pelos comerciais de TV e anúncios em jornais e revistas, o slogan correspondente a uma Marca Pessoal deve ser mais esclarecedor por si só. Montoya e Vanderhey lembram (na página 119 do livro "A marca chamada Você" -2010) que, enquanto empresas como a BMW, Apple, Sedex, Gilette, por exemplo, podem ter slogans como "Puro prazer de dirigir", "Pense Diferente", "Mandou, Chegou" e "A sua melhor Imagem", a frase escolhida como slogan de uma marca pessoal deve dizer às pessoas o que você faz e para quem você faz. Em outras palavras, seu slogan deve contemplar a sua ESPECIALIZAÇÃO bem como o principal ATRIBUTO PERMANENTE da sua Marca Pessoal.

A definição da Identidade Visual de uma Marca Pessoal (aí incluído o slogan) deve levar em conta todas as possibilidades de uso da marca nas diversas mídias disponíveis para comunicação com o mercado.
Visibilidade
Uma Marca Pessoal, para se tornar importante (e produzir resultados) precisa ser exposta ao seu público potencialmente interessado (os clientes potenciais). Existem diversos veículos de comunicação da marca e é necessário fazer uma combinação inteligente dessas opções;

Cartão de Visitas
Os engenheiros e arquitetos (pequenas empresas prestadoras de serviços em geral) precisam se dar conta da função estratégica que o cartão de visitas desempenha nas suas relações com o mercado. Será fornecido um material extra de leitura com maiores detalhes e instruções sobre como conceber e utilizar o Cartão de visitas.

Folder ou Portifólio
Portifólio ou portfolio (com ou sem acento, segundo os dicionários) é um termo que define a coleção de trabalhos realizados por uma empresa ou por um profissional. Existem duas interpretações para esta definição. E as duas estão corretas:
1) O portifólio é a relação dos produtos representados por uma marca. Isto é, a lista dos produtos disponi-bilizados para o mercado;
2) O Portifólio é a relação dos trabalhos já realizados pela empresa (ou pessoa) dona da marca.

Fisicamente o portifólio é um instrumento de promoção com a forma de um catálogo. Geralmente bem produzido, com boa qualidade gráfica e de acabamento. Tem por finalidade não só apresentar a marca e seus produtos como também causar uma percepção positiva.

website, e-mail, redes sociais
A internet representa o mundo virtual no qual todos os profissionais precisam ter uma base de operações. Embora as coisas importantes (contratações, pagamentos, construções...) ocorram no mundo real, é no mundo virtual que a maior parte dessas coisas se originam, nos dias de hoje.



ÊNIO PADILHA
www.eniopadilha.com.br | professor@eniopadilha.com.br




Nosso site é atualizado todos os dias à meia noite.
Veja AQUI os conteúdos publicados hoje.




---Artigo2014 ---Administração ---GestaodeCarreira ---MarcaPessoal

Deixe AQUI o seu comentário: