ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA

MERCADO DE CAPITAIS NÃO É UMA CIÊNCIA EXATA

(Publicado em 12/10/2018)



Em 2013 escrevi uma resenha para o livro OS NÚMEROS DO JOGO, dos autores Cris Anderson e David Sally. Na primeira parte do livro os autores mostram que cada jogo de futebol, isoladamente é muito influenciado pelo fator sorte. Eles jogam um balde de gelo no leitor, afirmando (e demonstrando matematicamente) que muitas partidas poderiam simplesmente ser resolvidas no cara-ou-coroa.





Porém, eles explicam depois que, se uma partida de futebol, isoladamente, é quase uma loteria, resta aos dirigentes, aos treinadores e aos jogadores pensarem em termos de temporada. Ou melhor, temporadas. As estratégias de um time produzem seus resultados no final de uma temporada e não em partidas isoladas.

Ao ler o brilhante GUIA SUNO DIVIDENDOS — A estratégia para investir na geração de renda passiva dos autores paulistas Tiago Reis e Jean Tosetto, fui sendo tomado à cada novo capítulo, da convicção de que o investimento no mercado financeiro segue o mesmo princípio.

Como dizem os autores, “não existe uma receita fixa para as pessoas alcançarem a independência financeira através de investimentos no mercado de capitais se houvesse, haveria uma cátedra nas universidades para isso. E tantas pessoas teriam acesso a essa receita que os resultados certamente ficariam aquém do esperado”.

O livro é escrito de forma didática e precisa. Aborda cada tema à partir do zero. É, portanto, um trabalho de investidores experientes destinado a investidores de primeira viagem. Apresenta (e esmiúça) conceitos importantíssimos como Dividendos, Juros sobre Capital Próprio, Renda Fixa, Balanço, Demonstração de Resultados, Fluxo de Caixa, Payout, etc. E vai além. Discorre sobre a filosofia e os métodos de importantes investidores brasileiros e de outros países.

O que mais me encantou no livro foi (o que deve ser qualidade de qualquer bom livro) a capacidade de convencimento, a qualidade dos argumentos e das informações apresentadas. Eu sempre recomendei aos meus leitores e aos meus alunos que não se preocupem com investimentos financeiros no mercado de capitais durante aqueles primeiros anos de suas carreiras. Minha posição sempre foi a de que a preocupação com investimentos no mercado de capitais deveria acontecer somente depois que as questões cruciais que afligem os profissionais em início de carreira. Ou seja primeiro se preocupar com a formação continuada, especialização e estabilização profissional. Em outras palavras. De acordo com as minhas orientações, nos primeiros 10 ou 15 anos da carreira (que começa no momento em que se entra na faculdade), nada de investimentos financeiros.

Este livro me fez refletir sobre isso. E me convenceu de que é importante, sim, alterar esse ponto de vista. Ficou claro para mim que os profissionais, mesmo os mais jovens (inclusive os recém-formados), por menores que sejam seus rendimentos, devem, sim, iniciar uma carteira de investimento no mercado de capitais. Ainda que sejam valores mínimos. Estou falando de R$ 30,00 (o mínimo necessário para investir no Tesouro Direto) a R$ 100,00 por mês. Porque, com essa atitude, a pessoa fica ligada, desenvolve a atenção e o conhecimento sobre o funcionamento do mercado financeiro e desenvolve o senso de Poupança.

O volume de investimentos nos primeiros anos, com certeza, não será relevante. Mas, quando chegar a hora em que a condição do profissional já o permita investir valores maiores ele já estará muito bem treinado e conhecerá profundamente o universo dos investimentos.

Ao ler o livro concluí que o Mercado Financeiro não é coisa para principiantes. Empresas como a Suno Research (onde atuam os dois autores) são fundamentais para dar aos não iniciados as melhores orientações para os primeiros passos.

Por ora, acho que um bom primeiro passo é ler esse livro e conhecer melhor o território no qual, em algum momento, todo profissional de Engenharia ou de Arquitetura precisa saber pisar. O mercado de capitais não é uma ciência exata. Portanto, não basta dominar matemática e ter raciocínio lógico para se dar bem nesse campo.






A imagem que ilustra este artigo é de autoria de um dos autores do livro, o arquiteto Jean Tosetto.



DIVULGAÇÃO



PADILHA, Ênio. 2018

Faça seu comentário

Favor, evite enviar links, pois seu comentário será recusado.

Seu IP: 18.205.19.203 (Identificação de seu computador na internet)

* campos obrigatórios
Compartilhe: 232