DICA DE LEITURA

O SÉCULO DEZENOVE NO BRASIL

(Publicado em 14/09/2013)



Em 2007, um ano antes das comemorações de 200 anos da chegada da Corte de Dom João VI ao Brasil, o jornalista paranaense Laurentino Gomes lançou seu primeiro livro 1808 com o qual pretendia lançar luzes sobre um fato importante da história brasileira e que quase nunca havia recebido a devida atenção.

O livro de Laurentino foi recebido com excelentes críticas e muitos prêmios literários importantes, inclusive o Jabuti (2008), o Oscar da Literatura no Brasil. O que talvez nem ele mesmo previu é que iniciava-se ali uma trilogia capaz de explicar, de forma muito competente, o Brasil do Século XIX.

Laurentino Gomes fez isso iluminando as três datas mais emblemáticas daquele século: 1808 (Como uma rainha louca, um príncipe medroso e uma corte corrupta enganaram Napoleão e mudaram a História de Portugal e do Brasil); 1822 (Como um homem sábio, uma princesa triste e um escoces louco por dinheiro ajudaram D. Pedro a criar o Brasil - um país que tinha tudo para dar errado) e 1889 (Como um imperador cansado, um marechal vaidoso e um professor injustiçado contribuiram para o fim da Monarquia e a Proclamação da República no Brasil).

Me parece muito verdadeira a afirmação de que "um povo que não conhece sua história não vive o presente, não sabe planejar seu futuro e está condenado a repetir os mesmos e antigos erros". O Brasileiro, como se sabe, desconhece sua própria história. E, nao por acaso, vive repetindo antigos erros. Acreditando em velhas mentiras.

Laurentino Gomes tem realizado um belíssimo trabalho no sentido de reduzir esse flagelo. Ele escreve livros de história com profundidade e rigor, mas dá aos seus livros uma abordagem jornalística emoldurada por uma linguagem cinematográfica.

Acabei de ler o terceiro livro da série. Neste 1889, lançado no final do mês passado (agosto de 2013) Laurentino Gomes relata os últimos anos da Monarquia e os primeiros anos da Republica no Brasil. Para contar essa história ele utiliza um recurso muito comum no cinema que é o de adotar alternadamente o ponto de vista de alguns dos protagonistas e descrever a mesma cena diversas vezes a partir de visões e objetivos diferentes. O resultado é um livro do qual o leitor não quer perder nenhuma vírgula. Porque não se trata da história oficial. Trata-se de uma história de verdade, sobre pessoas de verdade, com seus medos, suas angústias e suas idiossincrasias.

Sempre que acabo de ler um bom livro eu sinto vontade de recomendar a leitura aos meus amigos. Mas dessa vez não vou recomendar apenas este livro e sim toda a série. Em vez de ler um livro sobre a Proclamação da República, leia a trilogia sobre o Brasil do Século XIX. Você irá entender porque a República repetiu os piores erros da Monarquia, que por sua vez repetia os piores erros do Brasil Colônia, herdados do Governo de Portugal... E entenderá porque tem sido assim até hoje.

Se não nos empenharmos em conhecer a nossa própria história, não perceberemos que certas soluções que surgem no horizonte nada mais são do que velhos fantasmas de soluções antigas que não deram certo no passado e não têm a menor chance de funcionar agora. Por mais bacana que seja sua nova roupa.



ÊNIO PADILHA
www.eniopadilha.com.br | professor@eniopadilha.com.br




REFERÊNCIAS:
1) GOMES, Laurentino. 1808 - Como uma rainha louca, um príncipe medroso e uma corte corrupta enganaram Napoleão e mudaram a História de Portugal e do Brasil. São Paulo: Planeta do Brasil, 2007. 414p.
2) GOMES, Laurentino. 1822 - Como um homem sábio, uma princesa triste e um escoces louco por dinheiro ajudaram D. Pedro a criar o Brasil - um país que tinha tudo para dar errado. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2010. 352p.
3) GOMES, Laurentino. 1889 - Como um imperador cansado, um marechal vaidoso e um professor injustiçado contribuiram para o fim da Monarquia e a Proclamação da República no Brasil. São Paulo: Globo, 2013. 416p.




Imagem (fonte): fotografia do autor



---Artigo2013 ---Dica de Leitura

Comentários

#1Ênio Padilha, Engenheiro e Professor, Balneário Camboriú - SC

quinta-feira, 19 de setembro de 2013 - 20h40min

O autor fez um comentário no seu Perfil do Facebook


Faça seu comentário

Favor, evite enviar links, pois seu comentário será recusado.

Seu IP: 54.198.118.102 (Identificação de seu computador na internet)

* campos obrigatórios
Compartilhe: 2036