COPA DO MUNDO

HAVERÁ LEGADO, SIM (4) - OS AEROPORTOS

(Publicado em 01/07/2014)



Leia também:
VAI TER LEGADO, SIM (1), que analisa a questão da construção dos estádios em Manaus, Cuiabá e Brasília;
VAI TER LEGADO, SIM (2), que fala do impacto que os novos estádios irão causar no futebol do país;
VAI TER LEGADO, SIM (3), que fala de um legado possível (mas não garantido): o Padrão Fifa;



É preciso ter muita má vontade para não admitir que os aeroportos brasileiros (especialmente os das cidades sedes) tiveram melhorias consideráveis.

E, para os que defendem a tese de que "isso é apenas um dever do estado" e que "essas melhorias deveriam ser feitas independentemente de haver ou não a Copa do Mundo" eu digo o seguinte: ok, deveria ser assim. Mas... se vamos falar de sonhos, eu também tenho um sonho: que o Camboriú FC consiga a vaga para a série A do Campeonato Brasileiro!

Ou seja: sem a urgência produzida pelo evento Copa do Mundo os investimentos feitos nos aeroportos brasileiros seriam feitos à conta-gotas ao longo, talvez, dos próximos 15 ou 20 anos. Então, no mínimo, antecipamos essas melhorias em 15 anos. Não deixa de ser bom (quem usa aeroportos com certa frequência certamente sabe do que eu estou falando).

Vamos ver, por exemplo, quanto tempo vai levar até ficar pronto o novo terminal e o acesso ao aeroporto de Florianópolis, que não era uma das obras da Copa do Mundo.

A ampliação e modernização dos aeroportos brasileiros é, sem dúvida, o maior legado da Copa do Mundo no país. Foram cerca de 8,5 bilhões de reais investidos. A capacidade foi ampliada em 70 milhões de passageiros por ano (aumento, nada desprezível, de 32,6%).

A nota negativa, no caso dos aeroportos, vai para o "puxadinho" do aeroporto de Fortaleza, onde as obras do terminal de passageiros sequer foram iniciadas.

Nesses últimos três anos estive em todos os aeroportos das cidades sedes. E todos estavam envolvidos em grandes obras. Agora, no segundo semestre, quando retomarei as viagens, espero encontrar menos obras e mais aeroportos tinindo de bons. E as informações que eu tenho recebido são muito positivas.



ÊNIO PADILHA
www.eniopadilha.com.br | professor@eniopadilha.com.br



(Este artigo está em construção. Nos próximos dias publicaremos outros tópicos desta análise)




---Artigo2014

Faça seu comentário

Favor, evite enviar links, pois seu comentário será recusado.

Seu IP: 54.225.38.2 (Identificação de seu computador na internet)

* campos obrigatórios
Compartilhe: 727