ADMINISTRAÇÃO - GERAL

PATRIMÔNIO MATERIAL E IMATERIAL EM ESCRITÓRIOS DE ARQUITETURA E ENGENHARIA

(Publicado em 16/08/2017)





Uma das coisas muito importantes de uma empresa prestadora de serviços é o seu Patrimônio Imaterial. Em alguns casos ele pode valer mais (muito mais) do que o patrimônio físico.

Pode-se dizer que o patrimônio total de uma empresa é o conjunto dos recursos que a empresa possui ou controla. Esses recursos podem ser

RECURSOS DE CAPITAL MATERIAL
● Instalações
• Equipamentos
• Ativos Financeiros

RECURSOS DE CAPITAL HUMANO
● Talentos
● Conhecimentos
● Habilidades
● Redes de Relacionamento

RECURSOS DE CAPITAL ORGANIZACIONAL
● Estrutura Empresarial
● Documentação e Registros
● Valor de Marca
● Capacidade Produtiva
• Capacidade Gerencial
• Capacidade Comercial

NESTE ARTIGO vamos nos deter nos talentos, conhecimentos e habilidades pessoais e de como isto pode resultar em Capacidades pessoais e empresariais.

Talentos, conhecimentos, habilidades e capacidades são conceitos nem sempre muito claros. Pode haver alguma confusão. Por isto vamos tentar esclarecer umas coisinhas abaixo:

TALENTO pode ser definido como uma habilidade natural para fazer algo melhor do que a maioria das outras pessoas. Essa habilidade pode ser específica, como jogar basquetebol, correr, cantar, desenhar, esculpir, falar em público, pilotar carros de corrida, compor músicas, fazer filmes, calcular... ou genérica como o talento para as artes plásticas, para os esportes, para a música, para línguas ou para a ciência.

Talento é inato. Nasce com a pessoa. E aparece cedo (como que pedindo para ser explorado e desenvolvido).
Não existe maneira de adquirir talento! Por isso é que o termo "Talento Natural" soa como uma redundância, posto que não existe "Talento Artificial" E é importante dizer que são raríssimas as pessoas totalmente desprovidas de qualquer talento. Todos temos algum tipo de talento. É preciso identificá-lo e desenvolvê-lo para que possamos capitalizar o nosso potencial.

Uma empresa de engenharia ou de arquitetura que tenha entre seus associados ou empregados uma ou mais pessoas com talentos extraordinários (carisma, criatividade, fluência verbal, sensibilidade artística, inteligência presente, senso estético, boa memória, domínio da lógica matemática) tem um patrimônio imaterial importante.


CONHECIMENTO é uma alternativa ao talento. Talento é sorte, conhecimento é resultado de dedicação e disciplina. Conhecimento é a conexão de conceitos, o entendimento aprofundado de técnicas e tecnologias.

O conhecimento se obtém com estudo (em cursos e palestras), leitura de livros e revistas técnicas, realização de pesquisas e experiências e compartilhamento de resultados com outros interessados.

O domínio do conhecimento é o domínio da teoria.


HABILIDADE é o domínio da prática. É o que se consegue ao fazer a mesma coisa muitas, muitas e muitas vezes.
Aristóteles dizia que "você é aquilo que você repetidamente faz. Excelência não é um evento. É um hábito". Isso vale para o exercício de qualquer profissão.
Um profissional que deseje se tornar um especialista numa determinada área e obter um desempenho diferenciado precisa praticar sistematicamente aquela atividade por muito tempo.

Mas, atenção, A EXPERIÊNCIA NÃO SE OBTÉM APENAS COM A PASSAGEM DO TEMPO E O EXERCÍCIO DA ATIVIDADE. Dois profissionais com o mesmo tempo de atividade na mesma área podem apresentar desempenhos muito distintos.

O exercício da prática precisa ser sustentado pela boa teoria (o conhecimento). Imagine que dois jogadores de futebol com o mesmo nível de talento, treinem cobranças de faltas durante uma hora, todos os dias. Depois de um ano, com certeza os dois serão cobradores de falta melhores do que a média dos jogadores. Porém, digamos que o jogador A cobre 20 faltas por dia e o jogador B cobre 50; O jogador A cobra as faltas sempre com a mesma posição da bola e da barreira, enquanto o jogador B cobra as faltas de posições diferentes tanto da bola quanto da barreira; O jogador A apenas cobra a falta e verifica se a bola entrou ou não. O jogador B, auxiliado por um treinador, registra cada cobrança e, antes de cada treino faz uma avaliação das cobranças do dia anterior, definindo novos parâmetros para as cobranças daquele dia (distância da corrida até a bola, posição do pé no chute, força na bola)… é claro que, ao final do ano, o jogador B obtém melhor performance, você não concorda?

No exercício profissional da Engenharia ou da Arquitetura, cada dia, cada novo cliente, cada novo serviço deve ser registrado, analisado, e servir de base para o ajuste da performance seguinte. É assim que se faz um campeão.

Se você quer ficar (realmente) bom em alguma coisa, se quer atingir o nível de excelência, precisa aceitar o fato de que precisa praticar diariamente. Repetir os gestos e práticas por mais vezes do que o confortável. E preciso ir muito além da zona do prazer. É preciso ter disciplina. É claro que se a repetição disciplinada de uma determinada atividade é contemplada com o talento o efeito é a excelência total.


Talento é dom. Conhecimento é teoria. Habilidade é prática.

CAPACIDADE = Talento + Conhecimento + Habilidade + Estrutura

Esta nova variável introduzida na nossa equação (estrutura) nos remete a uma conclusão importante: capacidade é sempre um recurso do escritório (e não das pessoas). A manifestação das capacidades dependem de ambiente, instrumentos, equipamentos, organização, enfim, estruturas. As capacidades do escritório são sempre combinações de recursos de natureza física, organizacional e humana. E, o mais importante: são as capacidades que geralmente representam Recursos Valiosos e que resultam em Diferenciais Competitivos

Um profissional pode ser excelente em programação de computadores, mas, para desenvolver um software ele precisa de um bom computador, ambiente adequado, internet de qualidade e outros recursos da organização. Assim como o melhor cirurgião não poderá fazer um trabalho de excelência sem os instrumentos, o ambiente e os auxiliares adequados.

Quando talento, conhecimento, habilidade e estrutura se encontram as capacidades se manifestam. Mas isso, infelizmente, não é uma coisa que se vê todo dia ou em qualquer lugar.

Na próxima semana vou publicar aqui outro artigo, com alguns exemplos de recursos que representam patrimônio imaterial em escritórios de Engenharia



ÊNIO PADILHA
www.eniopadilha.com.br | professor@eniopadilha.com.br



---Artigo2017

Faça seu comentário

Favor, evite enviar links, pois seu comentário será recusado.

Seu IP: 54.81.45.122 (Identificação de seu computador na internet)

* campos obrigatórios
Compartilhe: 87