ENGENHARIA

HISTÓRIA DE FERRO: POR DENTRO DA OBRA DE RESTAURAÇÃO DA PONTE HERCÍLIO LUZ

(Publicado em 02/09/2017)




Meses antes de inaugurar a Ponte Hercílio Luz, em 1926, o então governador de Santa Catarina, Antonio Pereira da Silva Oliveira, contratou um estudo para avaliar se a obra da empreiteira American Bridge estava de acordo com o projeto.

Os engenheiros Oscar Machado da Costa e Mario de Faria Bello, renomados no Estado na época, referendaram o relatório de 23 de abril daquele ano. Entre cálculos e levantamentos, a dupla não poupou adjetivos à construção recém-inspecionada: “Essa majestosa e monumental obra de arte, no gênero a mais importante da América do Sul e, na espécie, a única construída até hoje em todo o mundo”. O texto descreve a estrutura como a mais importante, até então, em que foram usadas barras de olhal (peças de suspensão do vão pênsil e responsáveis pelas conhecidas curvas arquitetônicas). Por fim, aconselha pelo aceite da primeira ligação entre a Ilha e o Continente na Capital do Estado, mas faz uma ressalva: recomenda vigilância para a conservação da estrutura.

O descumprimento dos conselhos dados pelos engenheiros levou o principal cartão-postal de Santa Catarina a ser interditado pela primeira vez em 1982.



Para obter mais informações visite clicrbs

Faça seu comentário

Favor, evite enviar links, pois seu comentário será recusado.

Seu IP: 54.227.51.103 (Identificação de seu computador na internet)

* campos obrigatórios
Compartilhe: 22