EDUCAÇÃO

BRASILEIRA NA OLAA

(Publicado em 2o/10/2017)



Dona de uma coleção de 43 medalhas conquistadas em competições de matemática, física, química, robótica e astronomia, Miriam Harumi Koga, de 17 anos, agora se concentra para finalizar o ensino médio e entrar na faculdade. O foco são as universidades norte-americanas, de preferência MIT ou Stanford.

Miriam era a única garota do time brasileiro que esteve na 9ª Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica (IX OLAA), realizada entre 8 e 14 de outubro de 2017 na cidade de Antofagasta, no Chile. Foi lá que ela garantiu mais uma medalha de ouro, a primeira em disputas internacionais.



Para obter mais informações visite g1.globo

Faça seu comentário

Favor, evite enviar links, pois seu comentário será recusado.

Seu IP: 54.145.117.60 (Identificação de seu computador na internet)

* campos obrigatórios
Compartilhe: 169