ARQUITETURA

PROJETO DE LEI OBRIGA EDIFICAÇÕES DE MARINGÁ A APRESENTAREM O NOME DOS ARQUITETOS E URBANISTAS RESPONSÁVEIS

(Publicado em 23/02/2018)



As edificações públicas municipais, os espaços urbanos licenciados e as edificações privadas de interesse e uso coletivos deverão conter, obrigatoriamente, os nomes dos autores do projeto arquitetônico e/ou projeto urbanístico e do responsável técnico pela execução da obra. É o que prevê um projeto de lei aprovado recentemente pela Câmara Municipal de Maringá. O texto segue para a sanção do prefeito da cidade, Ulisses Maia.

A ideia do projeto de lei é tornar públicos os nomes dos responsáveis técnicos pelas obras construídas em Maringá por meio de elementos de comunicação visual – uma placa, por exemplo – que devem ser colocados na fachada, em local de acesso ou de uso comum da edificação. “Não é a placa do CAU ou do CREA, que são afixadas com o nome do responsável técnico durante a execução da obra, mas sim um tipo de placa de inauguração da edificação”, explica o presidente do Núcleo Maringá do Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento do Paraná (IAB-PR), Aníbal Verri Júnior.



Para obter mais informações visite archdaily

Faça seu comentário

Favor, evite enviar links, pois seu comentário será recusado.

Seu IP: 54.198.205.153 (Identificação de seu computador na internet)

* campos obrigatórios
Compartilhe: 46