DICA DE LEITURA

A TRÍADE

(Publicado em 14/09/2018)



Sabe quando você termina de ler um livro e fica com vontade de ler mais? aquela vontade de voltar para a primeira página e começar a ler de novo? Poisintão. É uma coisa bem comum quando você está lendo um livro de ficção. Um romance ou um livro de aventura. Não é comum quando você está lendo um livro de não ficção. Muito menos um livro sobre gestão do tempo.
Mas o livro do Christian Barbosa me causou essa sensação.





Eu já falei aqui do PROTOCOLO 89. Trata-se do serviço de consultoria oferecido por mim e pela OitoNoveTrês para pequenos escritórios de Engenharia ou de Arquitetura. É um processo de autointervenção orientada desenvolvido especificamente para escritórios com até 15 pessoas (entre sócios e empregados e terceirizados regulares). Consiste num conjunto de passos assumidos pelo proprietário (ou sócios) durante 26 semanas (aproximadamente 6 meses) com o objetivo de fazer um reconhecimento (análise e diagnóstico) da empresa e do ambiente no qual ela atua, bem como estabelecer novos padrões de funcionamento, gestão, e administração estratégica, orientados pelas teorias da administração e, particularmente, pela Visão da Empresa Baseada em Recursos (RBV).

Pois nesse processo o titular do escritório precisa (entre outras coisas) ler 21 livros selecionados que ajudem a sedimentar os conceitos que são empregados na tal intervenção.

Eu estava em busca de um bom livro de administração racional do tempo, pois é uma das coisas essenciais para a produtividade. Já tinha lido outros três livros, mas todos me pareciam muito auto ajuda, muito bla-bla-blá, muito vamo-que-vamo sem consistência.

Foi quando um dos meus clientes, o arquiteto paulista Fabiano Lima me recomendou A Tríade do Tempo, do Christian Barbosa.

Que baita recomendação! O livro é todo estruturado, organizado, límpido, didático. Não é à toa que fez um sucesso tremendo.

O autor discorre sobre a famosa “matriz do tempo” que divide as tarefas em quadrantes de maior ou menor urgência ou importância. Mas não adota esse instrumento de análise. Ele apresenta como alternativa a sua trindade, na qual as tarefas podem ser importantes, urgentes ou circunstanciais.

Porém, ao contrário da matriz do tempo, na Tríade do Christian não existe interseção entre as características. O leitor é ensinado a lidar com as tarefas de tal forma que elas serão importantes ou urgentes ou circunstanciais (nunca um pouco de cada coisa). É uma ideia em princípio impossível para quem já está viciado na matriz, mas, com o correr do livro e com o empilhamento de argumentos do autor o leitor acaba convencido e tudo fica muito claro.

Mas o livro não se limita a apresentar essa nova perspectiva. Tem muito mais. Cada capítulo é uma aula. E cada aula traz um pacote de instrumentos e ferramentas intelectuais que podem efetivamente alterar o seu conceito de produtividade, organização e disciplina.

Tá incluído na lista dos 21 livros do Protocolo 89. E recomendo a leitura para todos os profissionais que estejam em busca de produtividade e equilíbrio no trabalho e no dia-a-dia.



ÊNIO PADILHA
www.eniopadilha.com.br | professor@eniopadilha.com.br






---Padilha, Ênio. 2018

Faça seu comentário

Favor, evite enviar links, pois seu comentário será recusado.

Seu IP: 54.159.44.54 (Identificação de seu computador na internet)

* campos obrigatórios
Compartilhe: 66