POR ÚLTIMO, MAS NÃO MENOS IMPORTANTE

FOI SÓ UM SUSTO.

(Publicado em 14/09/2018)



Neste fim de semana (sexta-feira, sábado e domingo) eu deveria estar em Manaus, apresentando mais uma aula para a turma IEMAO1701 de Manaus, no curso de pós-graduação do qual sou também coordenador: PROJETOS E INSTALAÇÕES ELÉTRICAS INDUSTRIAIS.

Infelizmente tive um contratempo médico. E escrevo aqui apenas para tranquilizar aos que tiveram alguma informação incompleta e tenham, por acaso, ficado preocupados.

Ontem minha viagem para Manaus estava marcada para 18h40min. Por volta de meio dia me senti mal. Tonturas, náuseas, fraqueza. Por recomendação da minha filha, fui na farmácia da minha rua e medi a pressão: 16 por 9. Alta!

Nunca tive problemas com a pressão, de sorte que não fiquei muito preocupado. Descansei um pouco e segui os preparativos para a viagem. Voltei à farmacia uma hora mais tarde. A pressão havia subido para 17 por 9. O farmacêutico recomendou que eu fosse para um pronto socorro. Foi o que fizemos.

Fui atendido na emergência. A pressão estava em 19 por 10. Altíssima. Fui imediatamente medicado e aguardei nova avaliação. Uma hora depois a pressão estava em 21 por 12. Gravíssimo, segundo o médico. Tive um reforço na medicação e fui proibido de viajar até que o quadro se estabilizasse. ("nem pensar!" disse o médico. "É muito arriscado, enquanto não soubermos o que está acontecendo")

Nesse ponto eu já estava ajustando com a equipe do Instituto ESB e com a turma para a qual eu daria aula o processo de cancelamento da viagem.

Depois de uma hora e meia (e por força dos remédios) a pressão voltou para 15 por 9. Ainda alta, mas aceitável. Fui liberado e voltei pra casa, com a instrução de fazer nova verificação da pressão por volta de 20h00. Nessa medição das 20h estava novamente em 19 por 12. Acabei tendo de ir para o Hospital do Coração, em Balneário Camboriú.

Mediram a pressão (que confirmou os 19/12). Fizeram imediatamente um eletrocardiograma que deu resultado positivo (isto é, nenhum problema detectado). Fizeram um exame de sangue (enzimas cardíacas) que ficaria pronto em uma hora. Fui medicado e depois fiz um raioX do peito.

Nenhum problema foi detectado no exame de sangue nem no RaioX. De tal maneira que estão descartados os riscos iminentes de coisas graves como AVC ou infarto. Isso é ótimo.

Fui liberado por volta de meia noite, com outros remédios para tomar a partir de agora até que o quadro se estabilize. Aparentemente foi só uma crise de hipertensão que precisará ser controlada com alguns remédios, com exercícios e cuidados com a alimentação.

Agradeço a todos que estão enviando mensagens de preocupação. Vamo-que-vamo. Semana que vem estarei firme e forte na ativa.






Na imagem que ilustra este artigo a turma aparece ao lado do brilhante professor Farlley Derze, em 19/11/2017.

Comentário do Ênio Padilha

ATUALIZAÇÃO: 14/09/2018 - 16h00
Estou muito bem. A pressão esteve sob controle o dia inteiro
• 8h30 - 138/95
• 11h00 - 125/79
• 15h30 - 138/85

Já tenho exame de esteira ergométrica marcado para segunda-feira. Tudo vai ficar bem. Acho que vou voltar a ser atleta.



ATUALIZAÇÃO: 17/09/2018 - 09h25
Estou melhor. A pressão está relativamente sob controle, oscilando entre 130 /80 e 159 x 90. Não é a ideal, mas já é uma melhora. Tenho exame de esteira ergométrica marcado para hoje de tarde e médico (cardiologista) agendado para amanhã. Tudo vai ficar bem, com certeza.



ATUALIZAÇÃO: 19/09/2018 - 10h30
O que aconteceu, no fim das contas é que a terceira idade chegou chegando!. Apresentou logo as suas credenciais.
Como vocês sabem, vou fazer 60 anos em novembro e esse susto veio pra estabelecer um novo padrão de cuidados e estilo de vida. A pressão realmente estava bem acima do normal.

Mas estou tomando os cuidados necessários. Na segunda-feira consultei um cardiologista e fiz o teste da esteira ergométrica (eletrocardiograma de esforço). Nas próximas semanas terei de fazer outros exames para investigar todas as possíveis causas (embora a gente já saiba que as principais são as famosas: (a) fator genético -- minha família tem muitos hipertensos; (b) fator idade; (c) o fato de que eu estava com uma rotina muito sedentária; (d) o estresse de algumas coisas que podem ser evitados; (e) alimentação muito rica em sódio e outros veneninhos...

Então... tive cortes dramáticos na alimentação (eu estava mesmo exagerando) e já estabeleci uma rotina de exercícios diários (o aplicativo da Nike está me dando elogios todos os dias).

O médico disse que, com cuidados, tudo ficará bem. Mas vai levar uns 60 dias para tudo estar 100% sob controle.

Qualquer novidade eu aviso aqui.

Faça seu comentário

Favor, evite enviar links, pois seu comentário será recusado.

Seu IP: 54.198.205.153 (Identificação de seu computador na internet)

* campos obrigatórios
Compartilhe: 92