PRESTÍGIO E REPUTAÇÃO EXISTEM PARA SEREM UTILIZADOS



(Publicado em 20/03/2020)



Alguém poderá dizer que essa é uma atitude demagógica ou eleitoreira (já que ele é candidato à reeleição para a presidência do Crea-CE). Mas eu conheço o engenheiro Emanuel. Conheço o seu pai (o engenheiro Eneas) e acompanhei bem de perto o trabalho que ele fez ao longo desses últimos três anos. Posso afirmar, sem medo de estar enganado: o Emanuel nunca tem atitudes oportunistas e eleitoreiras, muito menos demagógicas. O que ele faz (sempre) é tentar encontrar um jeito de colocar o sistema à serviço dos profissionais. E isso é o mínimo que se pode esperar de uma pessoa como ele num momento como este.




Pois bem: o engenheiro Emanuel Maia Mota, presidente (licenciado) do Crea-CE enviou ontem (19/03/2020) para o Confea três pedidos que, se atendidos, poderão facilitar a vida dos profissionais que serão, certamente, muito afetados pela crise econômica decorrente da Covid19:



(1) Prorrogação do prazo para pagamento das anuidades dos profissionais e das pessoas jurídicas por mais 60 (sessenta) dias;
(2) Prorrogação do prazo para os autos de infração, processos administrativos (inclusive os de defesa), renegociação de dívidas, cobrança de dívida ativa, entre outros de interesse dos profissionais;
(3) Implantação, de forma imediata, do voto eletrônico e via internet para as eleições do sistema Confea/Crea programadas para este ano de 2020.



Emanuel tem se mostrado um líder ativo, com muita criatividade, ousadia e produtividade. Ele tem uma noção muito viva dos problemas que afligem o dia-a-dia dos profissionais no campo e, mais importante: consegue perceber (geralmente muito antes dos outros) o que o Sistema Confea/Crea consegue fazer para ajudar.

A sua gestão à frente do Crea-CE têm sido marcada por atitudes inovadoras como esta e, por isso, o Crea-CE tem hoje uma posição de muita visibilidade no mapa do Sistema Confea/Crea.

Agora ele está gastando um pouco dessa reputação construída para tentar convencer seus pares de que isso (atender a esses três pedidos) é a coisa certa a ser feita.

Tomara que obtenha sucesso




www.eniopadilha.com.br




PADILHA, Ênio. 2020






DIVULGAÇÃO




Comentário #1 — 20/03/2020 11:32

Manoel Enéas ALves Mota — Eng. CIvil - CREA-CE - 3636/D — Fortaeza-CE

Caro Ênio,

Já que meu nome foi tocado, devo uma resposta à altura da provocação.

Vivemos um momento preocupante, uma crise de verdade e a Engenharia que já vinha sofrendo por vários problemas, atinge um momento falimentar. Nunca vi, nunca imaginei presenciar um problema em tamanha dimensão, portanto uma crise democrática que não só vai atingir, como já atingiu a todos os segmentos. Líderes do mundo inteiro se reúnem para reflexões e atitudes. O sistema Confea-Crea-Mutua não pode ficar fora, assistindo em camarotes. Profissionais se preocupam, vivemos a maior inadimplência da história do sistema Confea-Crea e o que será agora???

Todas as providências até agora concretizadas pelos líderes de responsabilidade, tem sido em um primeiro momento de aliviar o bolso, que é a parte mais sensível. Olha que até os bancos já tomaram medidas e assim o fizeram antes da demanda de seus cliente. O Confea, o Crea e essencialmente a Mutua, que é praticamente um banco, precisam agir e agir na dimensão do problema. Temos sido procurados por quem detém empréstimos com a Mutua para para construções, que nos interrogam: e agora como ficará com as obras paralisadas??? Os bancos estão fazendo sua parte, é imperativo que a Mutua também o faça.

Vamos conversando Ênio, entendemos você como um grande conhecedor e formador de opinião dentro do sistema. ELEVE O DEBATE, temos obrigações, seja um protagonista neste momento meu amigo. Vc tem moral ilibada para fazer o sistema entender o momento. Tem gente apavorada com os pagamentos da Mutua. A Mutua se constitui igualmente a um banco, com milhões emprestados aos profissionais e outros milhões em caixa e precisa tomar e publicar atitudes concretas. Existem muitos profissionais que não poderão pagar seus empréstimos e o Banco Mutua precisa flexibilizar, a exemplo dos bancos oficiais. A Mutua tem fôlego, a Mutua tem saúde financeira para tomar atitudes.

O tema é longo e merece aprofundamento, o momento é do sistema dar as mãos e compartilhar entendimentos. Quanto se a atitude foi eleitoreira, eu prefiro nem comentar, pela pequenez de quem fez provocação.

Avancemos!!!!!

Manoel Enéas ALves Mota
Eng. CIvil - CREA-CE - 3636/D

Réplica de Ênio Padilha

Grande amigo Eneas. Você está certíssimo. O momento requer o brilho dos iluminados. Esperamos que os nossos líderes do sistema Confea/Crea cumpram o seu papel (como o Emanuel está fazendo)

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO

(todos os campos abaixo são obrigatórios

Nome:
E-mail:
Profissão:
Cidade-UF:
Comentário:

www.eniopadilha.com.br - website do engenheiro e professor Ênio Padilha - versão 7.00 [2020]

powered by OitoNoveTrês Produções

4448784

8