UMA NOTA AUTOBIOGRÁFICA

(Publicado em 13/08/2020)



Eu era um menino da boca muito grande. Muitas vezes minha mãe teve de corrigir alguma malcriação minha, com um remédio muito aplicado na época (uns bons tapas).
Contam que uma vez estávamos almoçando (ou jantando) e eu comendo e falando ao mesmo tempo. Minha mãe gritou “Fecha a boca pra comer, Didi”.
Imediatamente eu, desaforadinho, fiquei quieto, de boca fechada e batendo com a colher cheia de comida na boca fechada, até que minha mãe perguntou: “o que tá fazendo, guri” e eu “não dá pra comer com a boca fechada, né?”
O resto da história vocês mesmos concluam.
Lembrei disso agora ao ver a quantidade de gente insistindo na tese de que o STF proibiu o Governo Federal de agir em defesa da população no caso da Covid-19.
Em minha defesa, pelo menos, posso dizer que eu era uma criança.





PADILHA, Ênio.

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO

(todos os campos abaixo são obrigatórios

Nome:
E-mail:
Profissão:
Cidade-UF:
Comentário:
Chave: -- Digite o número 7136 na caixa ao lado.

Digite uma palavra (no título do artigo):   

Digite uma palavra (no corpo do artigo):   

www.eniopadilha.com.br - website do engenheiro e professor Ênio Padilha - versão 7.00 [2020]

powered by OitoNoveTrês Produções

5381809

152