NÃO FOI UM PROBLEMA DE ENGENHARIA.
FOI UM PROBLEMA DE FALTA DE ENGENHARIA

A toda hora vejo (ouço, leio) pessoas querendo atribuir à Engenharia a culpa pelos desabamentos no Rio de Janeiro. Prontamente respondo: não foi um problema de Engenharia. Muito pelo contrário: foi justamente a falta de Engenharia.

O prédio já tinha 70 anos. Portanto, não se pode atribuir ao projeto ou ao construtor nenhuma responsabilidade. Mesmo considerando-se o acréscimo dos três andares superiores. Até que durou muito tempo.

O que as pessoas precisam entender é que uma obra de construção civil (qualquer obra) não é feita para ser eterna. Não vai durar pra sempre. Precisa de manutenção. E precisa que toda e qualquer intervenção seja feita com técnica e conhecimento de causa.

Mas, no Brasil, país do jeitinho e da criatividade, a pressa é a melhor amiga da imperfeição. Ninguém tem tempo pra esperar um estudo, uma análise uma avaliação mais severa. Se chamar um engenheiro ele vai querer analisar e pensar sobre o assunto e a gente não tem tempo pra isso. \"o senhor sabe fazer essa reforma?\" \"claro que sei, doutor\" \"E garante o serviço?\" \"Ô!\"
Pronto. Tá feita a m...

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO

(todos os campos abaixo são obrigatórios

Nome:
E-mail:
Profissão:
Cidade-UF:
Comentário:

www.eniopadilha.com.br - website do engenheiro e professor Ênio Padilha - versão 7.00 [2020]

powered by OitoNoveTrês Produções

4448176

3