VELHO DEMAIS PARA CURSAR ENGENHARIA OU ARQUITETURA?

(Este artigo foi publicado em 24/01/2013)




ÊNIO PADILHA
professor@eniopadilha.com.br





Muita gente me manda perguntas por email ou por mensagens no site www.eniopadilha.com.br. Algumas dessas perguntas são respondidas na seção de PERGUNTA DO LEITOR. Outras são respondidas diretamente ao leitor, por email. E existe uma outra categoria de pergunta que algumas vezes acaba sem resposta porque, na verdade, a pessoa quer uma consultoria (o que somente seria possível com uma analise muito mais aprofundada da situação do indivíduo).

Mas a pergunta mais recebida no site, a mais recorrente, é a seguinte: \"professor, estou com 35 anos (ou, 40, 45) e comecei agora um curso de Engenharia (ou de arquitetura). Vou me formar com 40 anos (ou 45, 50 anos). Estarei muito velho para iniciar uma carreira nessa área? Pessoas com mais idade têm mais dificuldade como recém formado?\"

Então aqui vai a resposta a todos esses leitores:

[IMG;empregabilidadeidosos.jpg;200;D]Primeiro: se você se formar engenheiro (ou arquiteto) com 40, 45 ou 55 anos a minha resposta será a mesma: não existe essa história de \"muito tarde\".
As profissões de arquiteto e de engenheiro não exigem juventude para ser exercida. Não precisa de força fisica ou resistência aeróbica. Precisa de energia mental, inteligência, criatividade e muita, muita vontade. Iniciar uma carreira de arquiteto aos 50 anos não será problema nenhum, acredite.

Segundo: o mercado de trabalho está cada vez menos restritivo a pessoas de mais idade, especialmente quando a atividade envolve conhecimentos técnicos. Veja esta matéria AQUI que fala sobre como profissionais mais maduros estão sendo cada vez mais procurados pelas empresas.

Terceiro (esta resposta eu recebi do meu grande amigo Sebastião Lauro Nau, que é Gerente de Pesquisa e Inovação Tecnológica de uma grande empresa em Santa Catarina): \"não existe nenhuma regra (formal ou informal) nos setores de Recursos Humanos das empresas que defina a máxima idade para um recém formado. O que existe nas empresas é o bom senso, ou seja, a necessidade de avaliar os motivos pelos quais o recém formado não é mais um jovenzinho. Se, no Curriculum ou na entrevista isto ficar explicado, não há problemas, especialmente se o candidato tiver experiências em áreas correlatas. Pensando em uma carreira dentro de uma empresa privada, creio que começá-la com 40 anos pode ser, no mínimo, desafiador. Em resumo, pode atrapalhar mas não é excludente. Depende das habilidades, potencial e história de vida do recém formado.\"

Quarto (corolário do item terceiro): uma pessoa que se formou arquiteto (ou engenheiro) com 45, 50 anos certamente teve uma vida em outras atividades antes disso. Trabalhou em outras áreas, viajou, desenvolveu projetos pessoais, talvez tenha até feito um outro curso superior. Tudo isso faz parte do profissional que ele se tornou. Ele não tem a juventude dos vinte e poucos anos, mas tem, em contrapartida, alguns conhecimentos, habilidades e capacidades que podem (e devem) ser capitalizadas na nova carreira.

Conclusão: Ingressar na carreira de engenheiro ou de arquiteto aos 45, 50 anos é um desafio. Mas está muito longe de ser uma impossibilidade.



ÊNIO PADILHA
www.eniopadilha.com.br | ep@eniopadilha.com.br




Nosso site é atualizado todos os dias à meia noite.
Veja AQUI os conteúdos publicados hoje.




REFERÊNCIAS:
1) PROFISSIONAIS MAIS MADUROS ESTÃO SENDO RECRUTADOS POR EMPRESAS COMO MOSTRA O ENGENHEIRO AMBIENTAL ROBÉRIO BONFIM. Disponível em http://www.aneam.org.br acesso em 07/01/2011




Imagem (fonte): www.busquequalidadedevida.com.br



DIVULGAÇÃO
[IMG1;Divulga_Livro.png;650;C;http://www.oitonovetres.com.br/loja]

Comentário #1 — 25/04/2013 10:45

Fernanda — Auxiliar de RH — Rio de Janeiro

Depois de ler alguns comentários, pude perceber que este situação é mais comum do que se imagina.
Ingressei na Administração pela sua abrangência no mercado de trabalho, acho um curso muito enriquecedor, porém a chance de má colocação é grande, pelo mesmo motivo, não se tem um conhecimento específico de nada.
Estudei e me dediquei área de RH, mas hoje descobrí que não é oq eu quero, não gosto desta área. Mas não pretendo abandonar o curso, ano que vem, 2014 já estou formada.
Entretanto, tenho pensando em cursar Arquitetura, um grande sonho! Acredito ser possível agregar valor à Arquitetura com a Administração, a grande questão é a idade e mercado de trabalho, atualmente tenho 25 anos.
Cogitei cursar Design de Interiores por ser um técnólogo de 3 anos, mas as oportunidades no mercado também são menores comparado à Arquitetura.
Outra questão é estabilidade. Estou entrando numa idade que busco minha independência financeira, talvez essa "quebra" na minha trajetória profssional possa me prejudicar.
Enfim, preciso de uma orientação.


Desde já, obrigada!

Comentário #2 — 13/07/2013 06:49

Alessandro Mendonça — mecanico de usinagem — Guarulhos

Muito bom, tenho 28 anos e ano que vem vou iniciar uma engenharia mecanica, estava meio que receioso também pela idade mas, depois que descobrir seu site, fez me dar um animo novo e voltar a sonhar em ser engenheiro. Obrigado, abraços.......

Comentário #3 — 21/08/2013 21:58

Marcelo Maciel dos Santos — Tec. Produção — Mogi das Cruzes

Boa noite! Vou me formar agora no começo de 2014 na Faculdade de Gestão de Negócios, tenho 39 anos e tenho enorme vontade de fazer Engenharia de Produção, porém, vou me formar na casa dos 44/45anos. Aí te pergunto; será que é um dinheiro bem empregado? Será que serei bem visto aos 45 anos com 2 faculdades no mercado de trabalho?

Comentário #4 — 25/08/2013 14:04

Guilherme Frota — estudante — Recife

Tenho 28 e pretendo ingressar no curso Engenharia Naval, como a grande maioria também achava que estava velho e ao navegar na internet acidentalmente achei esse site que mudou totalmente meu conceito! Gostaria de agradecer em nome de muitos Professor, pois a sua iniciativa é realmente como um martelo quebrando a rocha das dúvidas! A cada matéria/comentário tenho a plena certeza que vou conseguir atingir minha meta de me formar Engenheiro Naval. Gostaria de saber quando haverá palestra em Recife? Grato pela atenção e grande abraço Professor

Comentário #5 — 23/09/2013 14:14

Adriana ferreira — vendedora — Belo Horizonte MG

Meu sonho sempre foi cursar engenharia civil o tempo passou não conclui meus estudos hoje trabalho como vendedora termino meus estudos em dezembro.Pergunto será possível fazer engenharia aos 36 anos vou consegui engessar no mercado de trabalho após os 40 anos.Deade já agradeço.

Comentário #6 — 23/09/2013 14:16

Adriana ferreira — vendedora — Belo Horizonte MG

Meu sonho sempre foi cursar engenharia civil o tempo passou não conclui meus estudos hoje trabalho como vendedora termino meus estudos em dezembro.Pergunto será possível fazer engenharia aos 36 anos vou consegui engessar no mercado de trabalho após os 40 anos.Deade já agradeço.

Comentário #7 — 23/09/2013 20:50

Israel gomes dos santos — Aux de Farmácia — Salvador , Bahia

Olá tenho 28 anos, e estou com essa dúvida se ainda da tempo de cursar eng civil , atualmente faço Farmácia. Este campo realmente vale apena ?

Comentário #8 — 03/01/2014 20:59

Caroline — Estudante — Salvador

Muito bom o seu texto... Tenho 22 anos e só agora consegui descobrir que quero mesmo é arquitetura e urbanismo. Apesar das dificuldades financeiras e do tempo quase integral que a UFBA exige [risos] vou tentar... Mas só vou poder começar [tentar vestibular] em 2015, e na faculdade de arquitetura daqui só vejo pessoas novas que com 24/25 já estarão formadas.
Estou com vergonha.

Comentário #9 — 09/01/2014 19:32

Camilo — Estatutário — Curitiba

Olá Enio...tenho 32 anos e estou no 7 período de engenharia mecanica. Sou formado em matematica mas atuo como estatutário e tenho alguns receios quanto a aceitação do mercado. Outro porém e terei a possibilidade de fazer um intercâmbio de 1 ano e meio na Austrália em uma universidade de renome pelo programa ciencia sem fronteiras do governo federal.Isso pode me proporcionar a fluência no ingles e um estagio de 6 meses em uma empresa nesse pais. A grande questão e que vou ter que pedir exoneração da minha função como funcionário publico pois já usufrui de licença sem vencimentos. Vc acha que vale a pena abrir mao de uma estabilidade profissional e financeira (R$3000,00 por mês) para fazer um intercâmbio no exterior com o intuito de investir nessa nova carreira? Detalhe é que só vou terminar o curso de engenharia no Brasil com uns 35 anos.

Réplica de Ênio Padilha

Sim. Acho!
Com a sua idade esse tipo de aposta é válida, com certeza. Até porque, se nada der certo, faz novo concurso e volta para a segurança do emprego público.

Comentário #10 — 02/02/2014 00:08

Anderson Lima — Gráfico — São Paulo

Boa Noite!
Estou com 37 anos e pretendo iniciar o curso de Engenharia Civil. Não estou preocupado com o mercado de trabalho, quero apenas melhorar meu currículo e me formar numa profissão em alta no mercado. Meu único receio é ter ficado 20 anos sem estudar. Será que vou conseguir acompanhar o ritmo do curso e da garotada nova?

Comentário #11 — 13/02/2014 14:39

Cleber Lasalvia — técnico em informática — Rio de Janeiro

Boa tarde!
Tenho 37 anos e pretendo iniciar o curso de engenharia civil. Diferente do amigo Anderson Lima, eu me preocupo com a aceitação do mercado de trabalho, pois quero dar uma vida melhor para minha família e com 42 anos, formado e sem experiência no mercado. Será que isso não vai ser mais um tempo perdido e um canudo na gaveta?

Comentário #12 — 14/02/2014 10:48

Marco Antonio — Micro Empresario — Resende

Meu Prezado Senhor;
Tenho 47 anos, e comecei a fazer minha primeira faculdade de Tecnologo da Gestão da Prdução Industrial. Pretendo com ajuda de Deus concluir e posteriormente completar com Engenharia da Produção Metalúrgica, e finalizarei com 52 anos, e talvez uma Pós no mesmo campo do saber. Carissímo Sr.Enio, estou fazendo quando jovem, tive alguns obstáculos que impossibilitaram, porém na minha idade realmente não seria muito velho ? e será que o custo/beneficio valerá o investimento para ingressar novamente em uma empresa do Ramo ?
Por gentileza pode opinar ?
Forte Abraço;
Marco

Comentário #13 — 10/03/2014 10:30

ALEXANDRE FONSECA — Funcionario Público — Formosa

Sou agente penitenciário Df. Ganho relativamente bem. Perto dos 10 mil brutos. Tenho 34 anos. Sou formado em Geografia e pós graduado em Gestão em Segurança Pública. Fiz um semestre de Engenharia Civil na federal. Achei muito puxado. Tinha um bom tempo que não estudava matemática. Minha dúvida. Gosto do meu serviço. Trabalho na parte administrativa e não é muito perigoso. Tenho estabilidade e um bom salário. Estudo pasta um outro concurso ou me sacrifico para fazer o curso de engenharia. Obrigado

Comentário #14 — 05/04/2014 12:58

Hugo Salomão — técnico de Informática — Rio de Janeiro

Olá, boa tarde. Tenho 34 anos e não cursei faculdade por motivos particulares diversos. (ficaria muito extenso dizer quais). quero, e vou realizar um curso de graduação. Meu sonhe é ser Engenheiro em computação. Mas será que por ser um curso de 5 anos, não seria abrir mão do sonho e fazer um tecnólogo de 3 anos? Será que consigo um emprego com bom salário como engenheiro da computação , tendo em vista que ja sou da área de informática há 15 anos como suporte técnico?

Comentário #15 — 07/04/2014 17:27

marcio luiz — balconisata,e auto didata em ciencias. — juiz de foramg

dr enio padilha, estou muito ansioso ,sobre esse assunto ,de idade e inicio de carrier`` parabeniso sua atitude de,ter um blog deste estilo e formato.tenho 40 years old)e quero cursar ,ter carreira enquimica amo amo amo.....tendo saude ecapacidades why not?????brasil.the imagination is moreimportant that knowledgeeistein......`

Comentário #16 — 16/04/2014 12:34

Washington Luiz — Engenheiro Civil — Fortaleza

Olá Boa Tarde
Hoje tenho 35 anos e sou engenheiro civil, mas percebo que não gosto de tocar (execução) obras, eu gosto mesmo é da parte burocrática da engenharia.
Tenho a vontade de fazer outra faculdade, por exemplo, fazer Ciência Contábeis e uma MBA em controladoria e finanças, ambas ao mesmo tempo.
Eu gosto demais desta parte de controller e Finanças.
O senhor acha, com a minha idade, ainda é aceito essa combinação de área

Comentário #17 — 18/04/2014 21:23

JOSÉ EMANUEL DA SILVA — PMPE — Serra Talhada - PE

BOA NOITE!!!!

PROF., DESCULPE INCOMODÁ-LO, MAS SE O SR. PODER RESPONDER. ME DIGA SE SENDO GRADUADO EM CIÊNCIAS COM HABILITAÇÃO EM MATEMÁTICA E PÓS-GRADUADO EM ESTUDO DE MATEMÁTICA POSSO FAZER MENTRADO EM Arquitetura de Interiores OU Equitetura e urbanismo? ONDE? GRATO PELAS INFORMAÇÕES!!!

Comentário #18 — 23/04/2014 00:40

Nátali — bancária — São Paulo

Boa noite professor Ênio, tudo bem?

Sou bancária, formada em Publicidade e Propaganda (Anhembi Morumbi) e pós graduada em Administração (FGV).

Recebo líquido hoje o valor de R$ 3.300,00 como gerente.

Tenho 29 anos e gostaria de saber se vale a pena cursar Engenharia de Produção na FEI afim de obter melhores rendimentos e um leque maior de oportunidades visto que não estou satisfeita com a minha rotina no banco e já sofri inclusive de depressão grave.

Estou grávida e tentada a me dedicar somente à essa nova profissão e ao meu bebê por uns dois anos e a partir disso tentar uma nova oportunidade já no novo mercado.

Agradeceria muitíssimo se me respondesse.

Parabéns pelo site, seu trabalho é admirável!!

Abraços

Comentário #19 — 23/04/2014 02:23

Adrian Alves — Engenheiro civil — são paulo

Nova Graduação em Engenharia Elétrica ou Pós Graduação em Engenharia Elétrica?

Professor Enio, sou recém formado em Engenharia Civil pela UNINOVE, trabalho com obras a 6 anos, constato, inclusive na própria pele, que o Engenheiro Civil tem pouco conhecimento em elétrica/eletrotécnica, porém ao fazer as obras lhe é exigido que entenda, afinal faz parte de qualquer construção seja ela residencial ou industrial.

Minha dúvida: para este ano de 2014 gostaria de obter mais conhecimento na área uma vez que em todo o curso de engenharia civil tive apenas 160 hs do referido assunto, o que fazer ?

1) Um curso técnico de Eletrotécnica por ex. SENAI curso de 1200 hs com direito a CREA de técnico em Eletrotécnica.

2) Uma nova graduação em Engenharia Elétrica, cursaria mais 3 anos de Faculdade, com direito a CREA de Engenheiro Eletricista, ou

3) Uma pós graduação em Engenharia Elétrica, cursaria mais 1 ano e meio, ex UNIP e FEI verifiquei que tem o curso, porém sem direito a CREA, por se tratar de uma especialização.

Comentário #20 — 30/04/2014 19:25

Ester Carvalho de Oliveira — Do lar — Rj

Quando tinha 18 anos fiz Telefonia, Instalador, Reparador de PABX ,Digitação, no Senai.Hoje estou com 32 anos mas não exerci minha função agora tenho vontade de fazer uma faculdade de Engenharia Elétrica meu pai foi eletrecista e sempre gostei dessa area mas as vezes penso que já estou velha e não vou conseguir mas emprego.Passei no vestibular para iniciar o curso em Agosto mas tenho esse receio.

Comentário #21 — 06/05/2014 11:15

Lucas Silva — design de interiores — SP

Tenho 20 anos, fiz o curso de design de interiores no centro universitário Senac, em 2013.
A grande maioria das pessoas de minha turma tinham idades entre 28 a 45 anos, E muitos já são graduado em outras áreas. Então tenho visto que a idade não é um problema para seguir arquitetura ou engenharia.
Já estou a um ano e meio pesquisando sobre arquitetura, como esta o mercado a concorrência e participando de eventos relacionados a arquitetura e engenharia.

Comentário #22 — 09/05/2014 09:20

João Carlos Machado — Desenhista Técnico — Brasília/DF

Prezado Professor Ênio,
No final do ano farei 52 anos, sou desenhista técnico, trabalho para empresa privada, estava sem estudar a 30 anos e hoje estou cursando o 8º período de engenharia civil. Digo a todos, antes do preconceito pela idade, pelo investimento financeiro e outros bloqueios, pensei no meu desejo pessoal de realizar um sonho que antes era distante e impossível. Estou muito feliz por estar estudando e já estou pensando na pós-graduação. Nunca desisti dos meus sonhos!
Parabéns ao Professor Ênio pelo site, realmente estimulante.

Comentário #23 — 30/05/2014 22:06

CARLOS AUGUSTO — vigilante — brasilia

Boa Noite professor
Estou numa dúvida tremenda, entre engenharia civil e elétrica a questão de mercado dificuldade no curso etc.. tenho 34 anos e não posso perder tempo por isso a graduação que eu escolher vai ser decisiva. penso também com relação a idade o tempo dedicado para estudar, e talvez pensando em fazer elétrica Semi presencial 2x por semana já faço o curso técnico ele eletrotécnica, professor sera que consigo ter uma graduação de qualidade assim

Comentário #24 — 21/06/2014 00:18

Heloyse — engenheira civil — Brasília

Boa noite!
Gostaria de seu auxílio... tenho 45 anos, fiz engenharia civil . Tentei mudar para o curso de arquitetura, e meus pais foram contrários, na época era muito jovem. Tive 3 filhos e decidi ficar com eles. Acha que é tarde para realizar meu sonho?

Comentário #25 — 21/06/2014 19:25

Rafael Stabile Martins — Motorista — São Paulo

Olá Porfesor, tenho 33 anos, hoje sou motorista de caminhão, sou formado em administração mas sempre trabalhei como autônomo, gostaria de saber do senhor, se fazendo arquitetura tenho condições de conseguir estagio facil, por causa da idade, obrigado

Comentário #26 — 01/07/2014 17:15

rogerio pereira — professor de educação física — belo horizonte

Professor, tenho 41 anos, sou graduado e pós-graduado em ed. fisica. Tenho dois cargos publicos como professor no ensino fundamental. Casado com 3 filhos pequenos. Fiz uma escolha errada de profissão na juventude, até pensei em desistir do curso , que seria o certo na época, mas a experiência e a falta de informação da época me impossibilitou , Hoje não me sinto realizado profissionalmente. Fiz teste vocacional antes de fazer a educação fisica e deu como resultado área tecnológica. Mas como na época as engenharias estavam em baixa, varias pessoas me desaconselharam.A alguns anos venho pensando na possibilidade de realizar profissionalmente na eng. Pretendo fazer o curso de Engenharia eletronica e de telecomunicação na PUC-MG
. Hoje minha duvida é se formando aos 47 anos conseguirei estagios e trabalho ou minha idade será um problema. Será que o dinheiro , tempo sera bem impregado, conseguindo o retorno profissional e financeiro. Ou os riscos são maiores que os benefícios. Há tempo após os 47 anos para seguir uma nova carreira no caso a eng. Poi os estudos nos mostram que demora no minimo 10 anos para se estabelecer em nova carreira. Aguardando ansioso sua opiião/conselho. Obrigado

Comentário #27 — 24/07/2014 22:05

lucia maria — costureira — são paulo

Professor Enio tenho 52 anos e meu sonho sempre foi fazer uma faculdade, hoje estou decidida a fazer arquitetura pois antes tive muitos problemas que nao me deixaram realizar quero um incentivo seu aquele empurrão para começar a minha faculdade por favor me ajude.

Comentário #28 — 27/07/2014 20:14

Jose Ricardo Amorim — vigilante — Feira de Santana

tenho 36 anos entrei em uma faculdade de psicologia mais acabei desistindo pois achei que seria muito longo e a idade de conclusão seria longa por favor mim ajude que cursos devo fazer técnico gestão ou encarar uma faculdade grato.

Comentário #29 — 28/07/2014 15:54

Marcos Bispo — Supervisor de TI — São Paulo

Olá professor, tenho 39 anos sou formado em Sistemas de Informação e fiz duas pós graduações, Gestão de Negócios e Gestão de projetos, estou pensando em começar o curso de engenharia da Computação e estou com uma grande dúvida se é o ideal devido a minha formação, poderia me dar uma dica sobre isso, Acredita que este seria o melhor caminho ou devo optar por outro curso de engenharia.

Obrigado.

Comentário #30 — 29/07/2014 12:09

JAIR DAL PIVA JUNIOR — Farmaceutico — CUIABA

Bom dia Dr. Enio!!

Sou formado em farmácia a 3 anos e não estou contente com minha profissão,tenho 27 anos e estava pensando em fazer engenharia civil, o sr. me aconselharia? A minha maior duvida e se daqui a 5 anos o mercado estará saturado, visto a demanda de formados que estão entrando no mercado, e se a perspectiva do pais e de crescimento para essa área, gosto de engenharia mecânica também, qual o sr. acha que pode ser melhor futuramente?
Muito bom seu site, e espero que possa me ajudar! obrigado.

Réplica de Ênio Padilha

Jair
Acredito que este artigo aqui responderá sua pergunta: HAVERÁ MERCADO PARA ENGENHEIRO CIVIL DEPOIS DA COPA E DOS JOGOS OLÍMPICOS?

Comentário #31 — 16/08/2014 23:39

OSÉIAS TELS SILVA — ESTUDANTE — JOINVILLE

BOA NOITE ! NAVEGANDO NA INTERNET DESCOBRI ESTE SITE COM O TEMA DO ASSUNTO, TENHO 36 ANOS E ESTUDO ENGENHARIA NAVAL, E TEC. DE METALURGIA, TRABALHEI 14 ANOS EM UMA EMPRESA COMO VENDEDOR E GERENTE DE VENDAS. ENJOEI DO QUE FAZIA E RESOLVI DE POIS DE 14 ANOS SEM ESTUDAR, VOLTAR. É DIFÍCIL DEM QUE PERSEVERAR MUITO PRA RENDER SE SUPERAR, NO MEU CASO TENHO FILHA(2 ANOS) E ESPOSA(QUE É MINHA PRINCIPAL MOTIVADORA). PRA QUEM FOR TENTAR OUSAR DEIXO O MEU INCENTIVO, COM RELAÇÃO AO MERCADO DE TRABALHO ACHO MESMO QUE INDEPENDE DE IDADE, AO CONTRARIO EXPERIÊNCIA E CONHECIMENTO NUNCA SÃO INDISPENSÁVEIS, ABRAÇO A TODOS!

Comentário #32 — 18/08/2014 16:46

Liz — Engenheira Civil — Salvador

Olá! Tenho 51 anos, formada em engenharia civil, mas nunca trabalhei na área.
Trabalhei em negócios próprios por ter filhos e ser mais cômodo, mas agora gostaria de trabalhar como engenheira.
Na sua opinião, isto é possível? Tenho que me atualizar? Como? Obrigada.

Réplica de Ênio Padilha

Oi, Liz
Você, certamente terá de se atualizar. Nos últimos 20 anos muita coisa mudou na engenharia. Especialmente as tecnologias de produção e gestão de serviços de Engenharia.
Os conhecimentos de base (matemática, física e química) eu acredito que não se perdem. Se você fez uma boa faculdade, talvez esteja um pouco "enferrujada" mas depois de alguns trabalhos já entrará em forma.
Boa sorte.

Comentário #33 — 19/08/2014 16:23

Saint Clair — matemático — Rio de Janeiro

Boa tarde. Como Enio deixou bem claro, os mais velhos terão vez do mercado se trouxerem consigo uma bagagem de experiência, acredito que ele esteja falando da área técnica. Não adianta você ter um uma\" bagagem de 6,7,8 anos como professor de letras e querer ser um engenheiro\". Assim não vai rolar, a verdade é essa! Quanto mais velho, menos oportunidades tem.

Comentário #34 — 27/08/2014 03:10

Augusto Monteiro — formado em administração, estudando engenharia civil — Rio de Janeiro

Bom dia,

Tenho 27 anos, sou formado em Administração, estou cursando 4º periodo de engenharia civil. EStou tendo dificuldades para estagiar, pois a maioria das empresas so contratam estagiários com 25 anos ou menos. Sei que não são todas, mas a maioria sim, pelo menos aqui no Rio. Como fazer para adquirir experiencia na area durante a graduação depois que ja tem uma idade avançada? (30,35,40 anos)

Comentário #35 — 27/08/2014 13:19

Augusto Monteiro — formado em administração, estudando engenharia civil — Rio de Janeiro

Bom dia,

Tenho 27 anos, sou formado em Administração, estou cursando 4º periodo de engenharia civil. Estou tendo dificuldades para estagiar, pois a maioria das empresas so contratam estagiários com 25 anos ou menos. Sei que não são todas, mas a maioria sim, pelo menos aqui no Rio. Como fazer para adquirir experiencia na area durante a graduação depois que ja tem uma idade avançada? (30,35,40 anos)

Réplica de Ênio Padilha

Augusto
A pessoa mais indicada para responder a sua pergunta é o Coordenador de Estágios da sua faculdade. Ele deve lidar com este tipo de circunstância o tempo todo.
Procure por ele. E boa sorte!

Comentário #36 — 03/09/2014 14:23

Leandro Brinckmann — Téc. em Segurança do Trabalho — Petrópolis

Prof Ênio,
Tenho 37 anos, trabalho em uma empresa de Engenharia como TST, e gostaria de cursar Eng. Civil ou Arquitetura, pois tenho algumas dúvidas:
Meu sal. gira em torno de R$ 2.000,00 bruto, Eng. Civil na Univ. Católica de Petrópolis custa R$ 1.800,00, mas pagando até o último dia útil do mês R$ 1.096,00. Arquitetura na Estácio R$ 1.141,00 p/ mês. As Universidades aqui são caras, será que vale à pena entrar e tentar o FIES e se eu não conseguir tentar pagar o valor da mensalidade, ou será que é melhor fazer um curso Tecnólogo em Gestão Ambiental `distância, valor R$ 141,00 na Estácio, com 2,5 anos de duração, para tentar depois uma 2ª graduação na Univ. Católica de Petrópolis que no caso eu teria um desconto de 50 % de desconto nas mensalidades ?

Comentário #37 — 12/09/2014 19:12

Alexandre Gomes — Comissário Offshore — Rio de Janeiro

Boa noite..Tenho 39 anos, ingressei em quatro universidades e desisti de todas.. Depois de muito tempo a procura do porquê fui diagnosticado com TDAH. Agora quero retornar e finalmente me graduar. Penso fazer Administração, mas ao mesmo tempo imagino se não serei velho demais ao concluir o curso, por volta dos 44/45 anos.. Será que ainda conseguirei algo? Não serei muito velho? Gosto também da área de logística.

Comentário #38 — 12/09/2014 20:22

Alexandre Gomes — Comissário Offshore — Rio de Janeiro

Boa noite..Tenho 39 anos, ingressei em quatro universidades e desisti de todas.. Depois de muito tempo a procura do porquê fui diagnosticado com TDAH. Agora quero retornar e finalmente me graduar. Penso fazer Administração, mas ao mesmo tempo imagino se não serei velho demais ao concluir o curso, por volta dos 44/45 anos.. Será que ainda conseguirei algo? Não serei muito velho? Gosto também da área de logística.

Comentário #39 — 14/09/2014 13:35

Alexandre Gomes — Comissário Offshore — Rio de Janeiro

Boa noite..Tenho 39 anos, ingressei em quatro universidades e desisti de todas.. Depois de muito tempo a procura do porquê fui diagnosticado com TDAH. Agora quero retornar e finalmente me graduar. Penso fazer Administração, mas ao mesmo tempo imagino se não serei velho demais ao concluir o curso, por volta dos 44/45 anos.. Será que ainda conseguirei algo? Não serei muito velho? Gosto também da área de logística.

Comentário #40 — 21/10/2014 12:31

telma senir gomes ferrari — tecnica em enfermagem — bragança paulista

Ola! Tenho cerca de 17 anos como profissional da saude( cuidadora) e 15 na area hospitalar,nunca me realizei profissionalmente e financeiramente so de hospitais que trabalhei foram 6/7 sempre quis sair da area,vi um folheto de curso de mestre de obra,me chamou a atençao a expevtativa de salario cerca de 7.000,00,e parecd ser um emprego sem dificuldades de encontrar tenho 2 filhos de 10 e 1 anos e sou separada,teriam alguma palavra para me enviarem,obrigada

Comentário #41 — 06/11/2014 18:17

paulo henrique paula da silva — trabalho num call center — fortaleza

professo tenho 30 anos gosto de arquitetura mas tenho muito medo pois as pessoas, chamam o curso na minha cidade de arquitortura, quero cursar mas tenho medo muito medo de investir nessa area pois ja tenho 30 anos e ate agora nao fiz nada da vida. nao consigo ter nem ideia de que outro curso faria se nao fosse arquitetura estou beirando o desespero por favor me ajude.

Comentário #42 — 06/11/2014 18:19

paulo henrique paula da silva — trabalho num call center — fortaleza

professo tenho 30 anos gosto de arquitetura mas tenho muito medo pois as pessoas, chamam o curso na minha cidade de arquitortura, quero cursar mas tenho medo muito medo de investir nessa area pois ja tenho 30 anos e ate agora nao fiz nada da vida. nao consigo ter nem ideia de que outro curso faria se nao fosse arquitetura estou beirando o desespero por favor me ajude.

Comentário #43 — 13/11/2014 11:44

Ney Rocha — Representante Comercial — PRESIDENTE PRUDENTE

Tenho 49 anos, cursei dois semestres em Engenharia Civil na UNIP, tranquei em 2009 por motivos financeiros. Estou retornando o curso no próximo ano e se tudo ocorrer bem, me formarei com 54 anos, gostaria de uma orientação de como poderei ingressar nesta área já que minha experiência está voltada para a área comercial?
Grato.

Comentário #44 — 17/11/2014 20:47

Rafael — programador Delphi — Porto Alegre

Boa noite! Achei o post muito bom, mas a minha preocupação é em relação ao tempo que ficarei estudando, pois não conseguirei pagar mais que 2 cadeiras, sendo assim, ficarei longos 12 anos estudando...desanima, mas seguirei adiante. FIES ou qualquer outro tipo de financiamento não é viavel pois não tenho FIADOR. Será que vale a pena mesmo, no meu caso específico. Obs. Tenho 29 anos e estou me formando em Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas agora em 2015. Mas meu sonho era ser físico e em Eng Elétrica achei a oportunidade ótima de ter essa realização pessoal e ainda ter uma graduação respeitável. Abraço

Comentário #45 — 25/11/2014 15:06

Rodrigo Paulino Ribeiro de Souza — Advogado — Belo Horizonte

Tenho 35 anos de idade sou advogado mas sempre tive uma paixão com matemática. Na verdade tenho uma facilidade com calculos acima da média, e direito foi muito mais uma oportunidade quando mais jovem do que escolha de vocação propriamente dita, Amo matemática e quero fazer engenharia. Sou tecnico em contabilidade tbm e sempre tive um rendimento acima da média. Minha pergunta, tenho duvida entre Civil ou mecânica, como saber? Mais uma coisa, não sou bom em desenho (papel) isso atrapalha?

Comentário #46 — 12/12/2014 07:27

Genicely de Souza — Op. CFTV — Manaus

Olá, professor tenho 34 anos e estava muito preocupada com a minha idade, vou começar o curso de Engenharia de Produção e estava me achando muito velha, mas depois que descobri esse site tudo mudou, minha mente abriu e agora estou muito animada e confiante. Obrigada você não tem noção o quanto me ajudou!!!

Comentário #47 — 20/12/2014 02:00

Rodrigo Nunes — estudante — Santa Maria

Olá!Tudo bem professor!

Tenho 37 anos e estou no final do 4° semestre de arquitetura e urbanismo, achava que era o que eu realmente queria fazer , mas descobri com o tempo que eu queria mais do que desenhar , do que projetar o estático, queria literalmente o movimento, dar vida , ação as coisas que eu viesse a criar, dai , sobretudo na maquetaria, passava a imaginar casas atreladas a mecanismos autônomos que pudessem facilitar a vida das pessoas e também mexer com os limites da curiosidade , romper a ficção. Bom, dai entendi porque gostava tanto dos filmes do gênero, como Exterminador do Futuro, De volta para o Futuro entre outros; a ideia do inanimado viver e mover-se me fascina, o objeto sai do papel e vive, se move como nós e adquire e desenvolve inteligência mesmo que artificial, então não deu outra, a robótica me define melhor, mas não temos engenharia robótica no Brasil, onde moro tem Eng. Aeroespacial, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia Elétrica , Eng. da Computação e Eng. Mecânica, e isto me deixa num dilema : Qual destas áreas professor é a melhor para que eu ingresse no caminho da robótica? Nenhuma delas tem no currículo introdução `a robótica ou algo semelhante. Assim peço sua ajuda professor Ênio! Pode me orientar nesta dúvida? Com 37 anos estou velho para a engenharia nesta área? Termino a arquitetura e depois sigo nesta nova área ou tento mesclar as duas profissionalmente? Abraço

E parabéns por este espaço fabuloso e esclarecedor.

Comentário #48 — 22/12/2014 11:15

kat — analista contabil e estudante — sao paulo

Gente, independe da idade estágio em arquitetura ta dificil. Hoje muitos escritorios de arquitetura pedem pos graduaçao na area e cursos específicos. Tem gente que ate passou para engenharia civil porque a empregabilidade é pessima. Vcs que sao formados em outras.áreas deviam.fazer uma pós, mba, algo assim...

Comentário #49 — 06/01/2015 01:42

Mario Azimovas — Engenheiro — São Paulo

Me formei em eng elétrica aos 24. Com 30 em eng de seg do trabalho e agora com 34 eng civil. Enfim. Concordo que nunca e tarde e pretendo continuar estudando. Aos futuros engenheiros sucesso.

Comentário #50 — 21/01/2015 14:23

MARCUS ADRIANO LOPES DE OLIVEIRA — mei — CUBATÃO

Bom dia sou técnico em eletrônica e tenho meu próprio negocio. Hoje estou com 39 anos e a 12 anos com minha loja. Acredite no que vou dizer: Para se ganhar bem e ter uma ótima vida não há necessidade de formação acadêmica. Conheço pessoas que mau tem o primeiro grau e descobriu formas de ganhar muito dinheiro e tem tudo na vida. Aqui em minha cidade até pedreiro, carpinteiro, azulejista, eletricista, ganham mais que muitos engenheiros e médicos. Eu mesmo, que mau conclui meu técnico, tem mês que chego a tirar livre 10.000,00 e olha que trabalho sozinho hein....Vocês jovens parem de achar que cursos e mais cursos acadêmicos vão deixa-los melhor de vida; isso é ilusão! Cursos profissionalizantes do senai , por exemplo, são ótimos! e melhores . Enquanto escrevo isso, entreguei uma tv a um amigo que tem a oficina dele. O dia mau começou e já faturei 390,00 e se ele me pagou é porque o negócio dele também vai bem. Pensem nisso garotada; empreendedorismo é o máximo e não precisa de formação acadêmica, pode-se começar aos poucos e tem apoio do sebrae de graça. boa sorte

Réplica de Ênio Padilha

MARCUS
Parabéns. Você está feliz com a vida que você tem. E isto é muito importante. Na verdade, isto é fundamental.

Mas eu vou dizer uma coisa: dinheiro não é tudo! Todas as pessoas que fazem faculdade APENAS para ganhar mais dinheiro deveriam seguir o seu conselho. Afinal, não é preciso fazer faculdade para encontrar caminhos (ou formas) de ganhar dinheiro. O mundo tá cheio de exemplos disso.

Mas tem gente (acredite) que faz faculdade porque quer aprender mais, saber mais, expandir os horizontes da capacidade intelectual, contribuir para o desenvolvimento de uma determinada área, ser relevante para o desenvolvimento de uma profissão… e ganhar dinheiro (porque ninguém é de ferro, né).

Fazer faculdade é UM DOS CAMINHOS para se alcançar uma estabilidade profissional e uma renda para garantir uma vida digna. Não é O ÚNICO CAMINHO (você tem razão). Mas é um caminho que facilita as coisas. E ainda permite alcançar esses outros objetivos que eu citei acima.

Comentário #51 — 20/03/2015 20:37

dayelly nober — nenhuma no momento — São Paulo-SP

Olá! Eu quero muito cursar arquitetura e Urbanismo na FAU USP e gostaria saber se só existe tempo integral? Por que, ao mesmo tempo preciso trabalhar e se for tempo integral não tem como realizar o meu sonho pois se eu não trabalhar não tenho como sobreviver...Alguém me ajuda por favor!

Comentário #52 — 21/03/2015 00:52

leandro diogo de souza — soldador — sertãozinho - sp

Olá faço tecnolgia em mecanica na fatec, estou no primeiro semestre ainda estou pensando em parar e fazer engenharia mecanica por ser mais abragente, e também por ter o curso na cidade que moro pois nao sou de sertaozinho, tenho 23 anos,me ajudem.

Comentário #53 — 02/04/2015 14:36

Antonio Carlos — Tecnico em eletrotécnica — rio de janeiro

Prezado, boa tarde!



Tenho formação técnica em eletrotécnica, não trabalho no momento neste segmento.Estou trabalhando em uma empresa de logística q presta serviço para a Michelin. Gosto muito da área de elétrica e gostaria de prosseguir nesta área apesar de ter 35 anos, mas acredito q irá agregar valores a minha tragetoria profissional. O país passa por um momento difícil em sua economia e este seria o meu maior receio. Mediante o que coloquei sobre minha pessoa e quadro atual de nossa economia, vale a pena investir em uma graduação em engenharia elétrica? Desde já agradeço a atenção!

Comentário #54 — 10/05/2015 20:44

TAMIE — engenheira civil — rio

Boa noite! Sou engenheira civil formada, sem experiência. Não trabalhei na área, pois dediquei a vida aos filhos. Hoje tenho 46 anos e gostaria de ingressar ao mercado. Vejo a possibilidade de ingressar como perita em engenharia ou fazer uma pós em engenharia de segurança ou fazer outra faculdade, como engenharia elétrica. Peço seu auxílio, pois não sei qual das opções seria mais viável já que estou sem contato com a área durante esse tempo todo e já estando com certa idade. Grata Tamie.

Comentário #55 — 20/05/2015 15:46

Paulo cestari — eletrotecnico — sp

Boa tarde, tenho 27 anos e estou querendo cursar eng.mecatronica, vou terminar o curso com 32 anos , gostaria de saber se com 32 anos ainda tenho chances nessa área....drato

Comentário #56 — 14/06/2015 15:41

josé Roberto Antunes — engº de manutenção industrial — Bauru/SP

Ola, me graduei em engenharia de automação e controle com 48 anos e com 51 anos vou terminar a pós em engenharia de segurança do trabalho. realizado.

Comentário #57 — 17/06/2015 00:21

Thaís — Assistente Fiscal — São Paulo

Boa noite.
Curti muito a matéria, obrigada!
Nunca é tarde para aprender ou realizar um sonho.
Deus nos guarde e o cérebro nos ajude.
Viva a engenharia.

Comentário #58 — 19/06/2015 14:46

geraldo — estudante — são gonçalo dos campos

Minha dúvida é a seguinte:vou me formar em uma universidade federal em engenharia mecânica,vou está com 35 anos,não tenho experiencia comprovada em carteira,já trabalhei em muitos setores informais,me formei em magistério em 2000,fiz um curso técnico em design gráfico em 2005 em 2007 comecei a fazer bacharelado em Fisica em uma universidade estadual,fiquei dois anos e não me adaptei ao curso,tive de parar para me tratar de uma doença ,e em 2010 ingressei nesta federal a qual estou até hoje,tô fazendo também curso de inglês,porém devido á falta de condições financeiras tive de trabalhar nos mais diversos setores .sem carteira assinada,pra me manter,mas sempre tentando alcançar meus objetivos,minha duvida é se vou enfrentar muita resistência do mercado à minha inserção?devido minha idade e falta de experiência e se meus colegas por ser em média dez anos mais novos tem uma vantagem muito grande em relação a mim.?ficarei muito grato se puder me responder.

Comentário #59 — 19/06/2015 14:50

geraldo — estudante — são gonçalo dos campos

Minha dúvida é a seguinte:vou me formar em uma universidade federal em engenharia mecânica,vou está com 35 anos,não tenho experiencia comprovada em carteira,já trabalhei em muitos setores informais,me formei em magistério em 2000,fiz um curso técnico em design gráfico em 2005 em 2007 comecei a fazer bacharelado em Fisica em uma universidade estadual,fiquei dois anos e não me adaptei ao curso,tive de parar para me tratar de uma doença ,e em 2010 ingressei nesta federal a qual estou até hoje,tô fazendo também curso de inglês,porém devido á falta de condições financeiras tive de trabalhar nos mais diversos setores .sem carteira assinada,pra me manter,mas sempre tentando alcançar meus objetivos,minha duvida é se vou enfrentar muita resistência do mercado à minha inserção?devido minha idade e falta de experiência e se meus colegas por ser em média dez anos mais novos tem uma vantagem muito grande em relação a mim.?ficarei muito grato se puder me responder.

Comentário #60 — 13/08/2015 23:01

André Araujo — Engenheiro Civil — Guaruja

Lendo estas pastagens, coloquei-me alguns anos atrás. Tinha um filho com um ano de idade, e minha esposa desempregada. Trabalhava como gerente de loja, porém trabalhava muito e o resultado financeiro pouco. Entrei na faculdade, fui dispensado do trabalho faltando seis meses para a formação acadêmica, fiquei nu,a situação caótica. Nossa família ficou mais unida, minha esposa arrumou um emprego e eu ficava fazendo bicos de desenho em autocad. Formei-me faltando uma semana para completar 40 anos, estudei muito, procurei tirar o máximo do curso, li muitos livros técnicos, e para minha maior surpresa, passei em um concurso público, o qual serei nomeado como Engenheiro Civil em 10 dias. O caminho é espinhoso, chorei várias vezes, sofremos demais, mas aquele que acredita, e se esforça Deus recompensa.

Comentário #61 — 30/08/2015 22:35

nestor pereira araujo — motorista — salvador

olá boa noite, gostaria de saber se é possivel eu fazer engenharia com 55 anos, vale apenas ou naõ,

Comentário #62 — 31/08/2015 12:15

Paulo Soares Martins — Técnico Agropecuário, Economista com Pós. — Imperatriz - Ma

Estou com 53 anos, gostaria de saber se a Agronomia, ou Engenharia Civil e se vale a pena fazer.
Pois estarei com quase 60 anos.

Comentário #63 — 03/11/2015 18:12

Emerson Dias — Analista de Sistemas — São Paulo

Boa tarde, sou formado em Tecnologia em processamento de dados pela FATEC - SP, mas sempre quis fazer o curso de Engenharia Civil, tenho o sonho de me formar e trabalhar no interior, será que não é um sonho muito distante? pois me formarei aos 37 anos de idade.

Comentário #64 — 23/11/2015 13:35

rafael — aux tec eletrica — jundiai

boa tarde , desde que me formei ensino medio estou 10anos sem ir a escola voce acha que consigo concluir uma engenharia?

Comentário #65 — 23/12/2015 14:47

Roseane Pontes de Mendonça Monte — professora — Recife

estou com 44 anos e quero iniciar um curso de arquitetura. Gostaria de saber se é muito difícil pois não tenho muito domínio em matemática.

Comentário #66 — 23/12/2015 14:50

Roseane Pontes de Mendonça Monte — professora — Recife

Boa Tarde.
Estou com 44 anos e quero iniciar um curso de arquitetura. Gostaria de saber se é muito difícil pois não tenho muito domínio em matemática.

Comentário #67 — 10/01/2016 21:21

Adao costa — Empreasrio — boston, ma estados unidos

Boa, noite, tenho 57 anos, meu sonho era sfazer engenharia mecanica, este conhecimento sera usado para me mesmo sera que compensa ou e melhor escolher outra area?

Comentário #68 — 14/02/2016 23:23

Elisangela — Desenhista — Campo Grande/MS

Olá! Me identifique com a postagem... Tenho quarenta anos... E curso o último ano de Arquitetura... Estou muito feliz por estar concluindo o que é um sonho pra mim. Já trabalho na área, pois há vinte anos sou desenhista/projetista de projetos arquitetônicos...de engenharia, etc. Por ter essa longa experiência já tenho uma boa proposta de emprego quando me formar. Acredito que foi a melhor escolha de todas que fiz em minha vida, pois sempre trabalhei bastante..desde os treze anos...mas casei-me cedo..enviuvei...criei duas filhas sozinhas... Hoje tenho quatro netos...e ainda um filho de oito anos que poderei proporcionar melhor qualidade de vida do que com as meninas...que criei como pude... Com ajuda da minha mãe e muito trabalho. Aconselho sempreaa pessoas a estudar...ou se qualidicar...batalhar por uma vida melhor... Sonhar sim...e muito...e acreditar em si mesmo, p somos capazes de grandes coisas...basta querer...e correr atrás!

Comentário #69 — 15/03/2016 11:23

Samuel — Administrador — Pindamonhangaba / SP

Bom Dia.

Sou formado em administração de empresas e também tenho nível técnico em eletrônica. Trabalho hoje em uma multinacional como Coordenador de assistência técnica. Tenho um bom salário, mas infelizmente não vejo muita perspectiva de crescimento sem uma engenharia. Estou prestes a completar 38 anos e penso em iniciar uma faculdade de Engenharia de Produção, principalmente pelo motivo de poder estar preparado para uma possível oportunidade de crescimento. Muitos me dizem que é perda de tempo e dinheiro, pois já tenho um bom cargo.
Gostaria de saber sua opinião sobre isso, será que vale a pena voltar a estudar a essa altura da vida e já tendo um cargo razoável?

Comentário #70 — 23/03/2016 14:15

Rosilda de Oliveira — Técnica em Enfermagem — São Paulo

Boa tarde à todos.Parabeniso e agradeço à JOÃO CARLOS MACHADO,pelo conselho e incentivo,pois tanto quanto aos conselhos,opinião e orientações dos estudiosos e especialistas na área de formação,é também muito válido e bem vindo,a experiência de pessoas que viveram todas essas dúvidas na própria pele,em seu dia a dia,e hoje passaram por cima de todos os medos para realização de seus sonhos,colocando em alta também,sua realização pessoal,que não é menos importante que as outras áreas da vida.Agora a minha opinião,o medo e as barreiras estão aí para medir nossa capacidade,e não para nos impedir de chegar à algum lugar,onde vou,e como vou,e pra quê vou,eu decido.Precisamos apenas da ajuda de DEUS,por que planejamos,e ELE executa,no mais,é ter um foco,e seguir em frente,o que vai acontecer no futuro?,é esperar pra ver,e acreditar que tudo será bem melhor,pois é isso que almejamos e que buscamos pra nossa vida.Força à todos,e não desistam de seus sonhos,independente da idade,as oportunidades sempre virão,para todos,o mais importante é estarmos preparados para disputá-las.Que DEUS os abençôe!!

Comentário #71 — 04/04/2016 14:34

Andrea — Aux administrativo — Belford roxo

Boa tarde, pois sempre tive um sonho de se formar em engenharia civil pois nunca tive a oportunidade de exercer pois tenho um filho onde priorizei o estudo dele só que hoje tenho 40 anos e gostaria de saber se não é um pouco tarde para começar uma faculdade de engenharia civil? Meu filho está no 4 período e com muitas dificuldades nas matérias ainda faltando disciplinas dos outros períodos.
Bem o que quero saber é se é um pouco tarde para mim pois tenho medo de fazer um investimento e não ser útil pela minha idade.
Obrigada

Comentário #72 — 25/06/2016 10:08

MARGARETE NOVAES — PROJETISTA DE MOVEIS PLANEJADOS — GUARULHOS

BOM DIA, ESTOU INDO PRO TERCEIRO SEMESTRE DE ARQUITETURA , E PAREI NO ANO PASSADO TENHO 46 ANOS , SERA QUE VALE A PENA CONCLUIR, TRABALHO NA ÁREA DE INTERIORES , PODERIA ME DA UMA LUZ.
GRATA.

Comentário #73 — 12/07/2016 20:23

MARIO CESAR SILVA — Engenheiro Mecânico — Rio de Janeiro

Comigo está acontecendo o caminho inverso. Sou Engenheiro Mecânico, tenho 53 anos de idade e 30 de experiência profissional como engenheiro. Nesse período, trabalhei por 15 anos em indústria de máquinas e equipamentos e 15 anos em projetos de construção de plataformas offshore. Acontece que o setor industrial na cidade do Rio de Janeiro praticamente acabou e o setor de Óleo&Gás que impulsionava a construção offshore extinguiu-se atravessa grave crise decorrente dos fatos revelados pela Operação Lava Jato. Sendo assim, penso em fazer um Curso Técnico de Eletrotécnica para tentar atuar na área de manutenção predial e se possível industrial. Vejo também uma oportunidade para tentar atuar como autônomo já que mesmo quando estiver aposentado terei que continuar trabalhando por questões financeiras. Peço orientação.

Comentário #74 — 16/07/2016 15:49

PRISCILA DO NASCIMENTO CASTRO — JORNALISTA — Manaus

Ótimo site. Tenho 23 anos. Me formei em jornalismo ano passado. Estou nesta área há 2 anos. Adoro o mundo das letras, textos, poesias, música(sou tecladista e compositora em minha cidade). Mas sou ótima com números também. Demorou um pouco mas, criei coragem para regaçar as mangas e ingressar em uma nova carreira. Principalmente por dar a mim a maior possibilidade de conquistar uma brilhante independência financeira. Atualmente o mundo não está facilitando para quem decidiu ingressar na carreira de humanas. Há um conjunto de circunstância para motivo disto. Peguei um enorme tapa da vida. Foi um divisor de águas para que eu pudesse finalmente ir sem medo de se dar bem. Estou estudando para ingressar no curso de Engenharia Naval. Estudando muito mesmo! Minha intenção é cursar em uma faculdade pública. Achei que depois de enfrentar uma tensa graduação jamais teria estômago para passar mais 4 ou 5 anos em outra faculdade. Queria fazer mestrado na área de comunicação e mais nada. Mas com os últimos acontecimentos, me encontro agora bem disposta a começar do zero e é claro estou ainda com meu projeto de mestrado em andamento, porque não?! Porque não?! Minha resposta é sim! Sim a uma vida plena, com uma carreira em ascendência, um novo começo. Uma independência. Se tem a possibilidade de começar novamente,, fazer aquele curso que quer, passar naquele concurso que tanto deseja a minha resposta é sim não importa o resto do mundo.

Comentário #75 — 05/08/2016 23:56

Claudio Victor Freesz — advogado — Cuiabá - MT

Parabéns pelo post.
Bem apropriado. Completei em julho passado 49 anos e estou cursando o primeiro semestre engenharia de controle e automação na UFMT com meu filho mais velho que também é formado em direito. Esta é minha terceira graduação, sendo que pela faculdade de direito aposentei-me como delegado de polícia em meu Estado e ainda advogo.
Como cursei técnico em mecânica e curso superior em tecnologia de mecânica aeronáutica, sempre tive uma paixão paralela com a área tecnológica e hoje, aposentado, estou realizando meu sonho.
Também acredito que a idade não é fator impeditivo, podendo em algumas situações ser vantajosas.

Comentário #76 — 13/08/2016 21:19

RILTON AMARAL DE OLIVEIRA — Segundo grau técnico — Salvador

O meu caso é parecido com vários exemplos citados.tenho 47 anos e não conseguir formar engenharia de produção.Vale a pena tentar concluir? Não estou velho pra começar na área de engenharia?

Comentário #77 — 20/09/2016 21:21

Forever — Engenheiro Civil — mogi das Cruzes

Voce nao responde ninguem entao melhor nem perguntar Nada. Total falta de consideração.

Réplica de Ênio Padilha

Muito pelo contrário, André Lima

São poucos os sites da internet com índice de atenção e resposta aos leitores como aqui no nosso site.
O problema aqui (neste post) é que as perguntas são sempre as mesmas. E já foram exaustivamente respondidas ou no próprio artigo ou nos primeiros comentários.

Pode dar uma olhada. Os comentários que estão sem resposta estão todos nesta categoria.

Você tem alguma pergunta nova? Alguma coisa que ainda não tenha sido discutida aqui, sobre este tema?

PS. No campo NOME é pra você escrever o seu nome. Leia nossas REGRAS PARA COMENTÁRIOS

Comentário #78 — 08/10/2016 22:57

Fernando Honorato da Silva — policial civil — Lorena sp

Tenho 50 anos e no ano próximo ano me formo em engenharia de produção, estou pensando em fazer uma pós ou um mestrado qual seria o melhor para mim, entrar para área acadêmica ou fazer uma especialização, e se for especialização qual seria a melhor, até pelo fator idade, e tendo em vista que não tenho nenhuma experiencia em industria.

Réplica de Ênio Padilha

Fernando

Acho que o conteúdo deste link AQUI vai ajudar a esclarecer as suas dúvidas.

Boa sorte.

Comentário #79 — 28/10/2016 11:39

Cicero Fernandes Borges — Comerciante — Uberaba/MG

Olá!!
Tenho hoje 55 anos e estou cursando o 4º período de Engª Civil. Confesso que pelo tempo que fiquei sem estudar (35 anos) e agora com família, trabalho e a idade, o curso se torna mais difícil.
Tarde ou não irei realizar o meu sonho!!

Comentário #80 — 14/11/2016 09:57

Diego — Estudante de Contábeis — salvador

Professor gostei da iniciativa de seu blog, muito interessante.

Minha duvida é a seguinte, estou numa área que nao é tão valorizada (contabilidade)e gostaria muito de seguir a área de Eng. De produção, gostaria de saber se de fato essa segunda graduação fortaleceria minha primeira em termos de conhecimento técnico e desempenho para seguir a vida como engenheiro?

Nao conheço nada sobre engenharia, somente um profissional da área poderá tirar esta duvida, obrigado professor e ficarei feliz caso pudesse me responder.

Tenha um bom dia

Réplica de Ênio Padilha

Diego
Duas coisas: (1) Contabilidade é sim uma profissão muito valorizada. Se você procurar saber, descobrirá que tem um espaço muito grande no campo profissional para os formados em contabilidade. Vale a pena ver isso, antes de mudar de área;
(2) Caso decida, enfim, fazer Engenharia de Produção... Sim, as duas áreas são afins e a sua formação anterior em Contabilidade certamente ajudará na sua nova atividade na Engenharia de Produção.

Comentário #81 — 24/11/2016 12:01

Solange de oliveira — Sou domestica — São gonçalo rio de janeiro

Professor tenho 52 anos quero cursa uma faculdade sou domestica, pensei em letras,administração e acistente social um curso com esse perfil.Gostaria de im curso que pudesse ficar mais próximo. Das pessoas me ajude.
Aguardo respostas no meu email.
Obrigado.

Comentário #82 — 26/02/2017 12:28

inalda teles — tecnóloga em Estética e Cosmética — Recife

Boa tarde gostaria de uma opinião; foram divulgados ´ha poucos dias uns cursos técnicos gratuitos e estou em dúvidas qual daria para eu me inscrever; pois já estou com 55 anos mas gosto de estudar mas estou co muitas dúvidas.
Os cursos são: Administração(EAD e presencial); Análises Clínicas( presencial) Biblioteconomia(EAD); Comércio(presencial); comunicação visual(presencial); desenvolvimento de sistemas(EAD e Presencial);Design de interiores(EAD); Edificações(presencial); Eletrotécnica (presencial); Enfermagem(presencial); Eventos(presencial); Informática(presencial); Logística(EAD e presencial); manutenção e Suporte de Informática); mecanica(presencial); Mecatrônica(presencial); multimeios didáticos(EAD); Prótese dentária(presencial); Química (presencial/; recursos humanos(EAD);redes de computadores(presencial)saúde Bucal(presencial); Secretaria ecolar(EAD) Seguranca do trabalho(EAD e presencial)

Comentário #83 — 05/04/2017 19:39

Christiane Perroni — recepcionista — Rio de Janeiro

Olá! Eu tenho 36 anos e comecei a fazer curso de Administração na faculdade mas a distancia e estou achando difícil pois nunca fui boa em matemática, meu sonho sempre foi ser professora de criancinhas, só desisti de fazer Pedagogia porque vi muitos assuntos dizendo sobre o problema da idade, estarei com 40 anos quando terminar, será que conseguirei um emprego para dar aulas nessa idade? Obrigada pela ajuda!

Comentário #84 — 14/04/2017 19:47

Iranildo — Gestor — Manaus

Olá pessoal tenho 37 anos, sou formado técnico em contabilidade e técnico em segurança do trabalho, tenho curso superior em gestão em logística empresarial, meu sonho é cursar engenharia de produção. ..pois ganhei uma bolsa de 50% pelo prouni e 50% pelo FIES, minha dúvida é se vale a pena adquirir essa dívida até no final do curso...conto com a força de vós. .

Comentário #85 — 24/08/2017 20:23

WANESSA DUARTE — esteticista — Benevides1

iniciei a faculdade de engenharia de produção nesse ano, tenho 37anos ,mais tenho medo de seguir com o curso será que vou conseguir um estagio ou quando me forma entra no mercado de Trabalho. Pos vou me formar com 41 anos.

Comentário #86 — 14/10/2017 08:04

Inacio Brauna — Desenhista cadista — Limoeiro do Norte

Fiz cinquenta anos, agora em 31 de Julho de 2017. No dia seguinte seguinte me dei de presente, ingressar na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo que sonhava desde meus 14, 15 anos. A vida me afastou da possibilidade de fazê-la, mas nunca tirou o objetivo do meu coração. Estou muito orgulhoso de estar cursando AeU. Terminarei com 55 anos e ainda espero trabalhar muito, porque acho que tenho muita coisa pra mostrar pro mundo.

Comentário #87 — 11/02/2018 16:13

Carla Mota — Jornalista free lancer — EMBU DAS ARTES

Boa tarde,

Puxa que blog bacana! Tenho 44 anos e estou realmente em uma fase de busca de novos horizontes. Adoro decoração e tudo o que envolve beleza, jardim, mobília e casa. Pensei: - devo fazer um curso de design de interiores? - Acredito que sim!, minha dúvida, assim como da grande maioria é: depois dos 40 como o mercado me receberá? - e seu blog nos deu essa luz. Me senti mais motivada. Mesmo porque já tenho minha carreira, mas sou movida por desafios, e tudo o que gosto e me dá prazer me motiva ainda mais.

obrigada por suas dicas e esclarecimentos.

Carla

Réplica de Ênio Padilha

Obrigado pelo seu feedback, Carla Mota

Vai com tudo.
E me avisa quando se formar.

Outra coisa importante que eu sempre falo para os designers (a maioria se forma mais tarde e já tem uma formação ou profissão anterior). Não esconda nem esqueça o que você já foi ou o que você já aprendeu no passado. Isso enriquece e poderá ser instrumento de vantagem competitiva na sua nova formação.

Boa sorte.

Comentário #88 — 05/03/2018 19:47

Fábio Leal de Rezende — Técnico em eletrotécnica — Rio de Janeiro

Olá professor , td bem...?
Tenho um sonho de cursar engenharia elétrica , mas tenho uma dúvida gigantesca sobre o mercado de trabalho. Tendo em vista , que estarei com 49 anos de idade quando me formar .
A grande pergunta é :
Será que vale td o investimento ? Será que terei oportunidade no mercado de trabalho...?
Obrigado professor ...
Forte abraço...!

Comentário #89 — 17/03/2018 02:45

Michel — Designer de Calçados — Franca SP

Olá,

Gostaria de saber se você conhece algum arquiteto que se formou tarde é que obteve sucesso ? Ou se talvez existe algum arquiteto conhecido que se formou tarde e conseguiu um emprego bom em alguma empresa ?

Comentário #90 — 03/04/2018 18:15

João Netto — Consultor de Implantação de sistemas — São Paulo

Comecei este ano o curso de engenharia de produção, tenho 45 anos. Passei na univesp e não pago nada. Vale a pena me formar com 50 anos?

Comentário #91 — 12/10/2018 23:01

Patrick Lisboa de Sousa — Agente de portaria — Guarulhos

Olá, tenho 34 anos e sou concursado mas atuei como montador mecânico por 11 anos, devido à crise resolvi partir para o funcionalismo público, mas sou formado técnico em automação industrial com cursos na área de mecânica e projetos e confesso que a situação nessas áreas não são nada agradáveis mas mesmo assim tenho esse sonho em trabalhar com projetos mecânicos. Ao invés da engenharia estou optando por tentar passar na Fatec na área de projetos, o que ajudaria a me formar com menos tempo. O senhor acha que estou fazendo a escolha certa? Só lembrando que devido esta crise que assola nosso país estou optando por, se conseguir trabalhos na área, não deixar o meu cargo público e atuar como freelancer até ganhar experiência e ter confiança em arriscar trabalhar numa empresa privada. Então, seria uma boa escolha trocar a engenharia por um tecnólogo?

Comentário #92 — 08/10/2019 23:20

Andréa — Artista Plástica — Petrópolis RJ

Olá: Boa noite!
Encantada com esse blog, eu li praticamente todos os comentários, perguntas e respostas.
Eu estou com 44 anos, comecei a Graduação em Engenharia Cívil 1° Período ainda, não está fácil, tenho défice de atenção por conta de uma anemia incurável, enfim, eu li a sua resposta a um Sr: que falava que recebia 10 mil por mês, tendo pouco estudos etc...fiquei realmente emocionada com sua resposta. A paixão, o sonho de vc estudar algo que vc realmente ama, não existe palavras para descrever: Concluindo, só quero expressar minha gratidão a Deus por ainda estar viva e por ser teimosa quanto à isso rs..E ao Sr: Professor Ênio, pela iniciativa do blog. Muito obrigada! Paz e luz!!!

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO

(todos os campos abaixo são obrigatórios

Nome:
E-mail:
Profissão:
Cidade-UF:
Comentário:

www.eniopadilha.com.br - website do engenheiro e professor Ênio Padilha - versão 7.00 [2020]

powered by OitoNoveTrês Produções

4444100

6