COPA DAS CONFEDERAÇÕES

Comentário #1 — 25/04/2013 00:00

Ênio Padilha — Engenheiro e Professor — Balneário Camboriú - SC

PONTA-PÉ INICIAL EM GRANDE ESTILO
O jogo de ontem, no Mineirão, na minha avaliação, foi o verdadeiro ponta-pé inicial da jornada desta Copa das Confederações.
Foi o primeiro uso de uma das arenas 2014 feitos no limite, com um jogo internacional e com uma torcida livre das paixões clubísticas. (ops!)

Comentário #2 — 25/04/2013 07:58

Ênio Padilha — Engenheiro e Professor — Balneário Camboriú - SC

TORCIDA SEM NOÇÃO
A torcida mineira começou e terminou o jogo com uma tola preferencia por jogadores do Cruzeiro ou do atlético. Se o jogador do Atlético errava uma jogada a torcida do Cruzeiro comemorava. E vice-versa. Coisa pequena, sem sentido. Na seleção brasileira não deveria existir essa divisão.

No primeiro gol do Chile, Dedé (do Cruzeiro) e Rever (do Atlético) erraram feio. Ninguém comemorou, claro.

PS. A atitude de Alexandre Pato no segundo gol do Brasil deve garantir a ele a vaga na Copa das Confederações: mostrou ser um homem de equipe e não um individualista.


DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO

(todos os campos abaixo são obrigatórios

Nome:
E-mail:
Profissão:
Cidade-UF:
Comentário:

www.eniopadilha.com.br - website do engenheiro e professor Ênio Padilha - versão 7.00 [2020]

powered by OitoNoveTrês Produções

4448157

6