ARTIGO DE ÊNIO PADILHA/RODRIGO BANDEIRA-DE-MELO SELECIONADO PARA O ENANPAD 2007

[IMG-805-E]O artigo "Uma Análise da Heterogeneidade de Pequenas Empresas à luz da Visão Baseada em Recursos (RBV): o caso dos Serviços Profissionais de Engenharia" (Ênio Padilha e Rodrigo Bandeira-de-Mello) foi selecionado para apresentação e publicação no XXXI Encontro da ANPAD - EnANPAD (Classificação Qualis/CAPES: Internacional A) que será realizado de 22 a 26 de setembro de 2007 no Rio de Janeiro, RJ.

O Encontro da ANPAD – EnANPAD - realiza-se anualmente, no mês de setembro e é hoje o maior evento da comunidade científica e acadêmica de administração no país. É um grande incentivador da produção científica na área, sendo que, nos últimos três anos, em cada evento cerca de 3000 trabalhos nas diversas áreas temáticas foram submetidos à apreciação, dos quais, aproximadamente, 800 foram apresentados (fonte: www.anpad.org.br)

RESUMO DO ARTIGO (por força do regulamento do EnANPAD não podemos publicar aqui o artigo na integra antes de 26 de setembro)
Partindo da constatação de que a RBV (Resource-Based View - Visão Baseada em Recursos) é uma perspectiva capaz de ajudar a explicar a heterogeneidade de desempenho entre as empresas e de que os estudos utilizando esta perspectiva teórica normalmente têm seu foco nas grandes empresas, este trabalho teve como objetivo analisar a heterogeneidade das pequenas empresas de Engenharia à luz da RBV. Para realizar esta tarefa fez-se um estudo multicaso com três pequenas empresas de Engenharia de Santa Catarina. Foram utilizados entrevistas com dirigentes e funcionários dessas empresas, além de documentos e relatórios públicos sobre o tema. Os dados foram analisados à luz de um framework teórico derivado da RBV e os resultados mostraram que estrutura da empresa, rede de relacionamentos, imagem, capacidade de produção e preparo empresarial são recursos essenciais. Concluiu-se que recursos não-essenciais na ótica da RBV são importantes na medida em que participam do processo de acumulação dos recursos essenciais. Concluiu-se ainda que os recursos possuídos ou controlados pelas pequenas empresas de Engenharia são predominantemente de capital humano, ligados ao indivíduo proprietário, acumulados com dependência do tempo e da trajetória e, portanto, idiossincráticos, imperfeitamente imitáveis e intransferíveis.

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO

(todos os campos abaixo são obrigatórios

Nome:
E-mail:
Profissão:
Cidade-UF:
Comentário:

www.eniopadilha.com.br - website do engenheiro e professor Ênio Padilha - versão 7.00 [2020]

powered by OitoNoveTrês Produções

4444100

4