Notas de "URBANISMO"

24/02/2015

PROJETO PADRONIZA CALÇADAS PARA MELHORAR ACESSO DE PESSOAS COM MOBILIDADE REDUZIDA

Tramita na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 8331/15, do senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), que padroniza as calçadas para facilitar a circulação, em vias públicas, de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

Para cumprir esse objetivo, a proposta acrescenta, na Lei da Acessibilidade (10.098/00), o conceito de “passeio público”, definido como a parte da via pública destinada à circulação de qualquer pessoa e à instalação de placas e equipamentos de infraestrutura. O texto explicita também normas que devem ser respeitadas na construção ou no reparo desses locais.

Regras
Conforme o projeto, os materiais utilizados deverão ter superfície regular, firme e antiderrapante. As obras devem ainda prever a existência de faixas de piso tátil e observar requisitos de permeabilidade para drenagem urbana.

Além disso, a parte das calçadas destinada à circulação de pessoas possuirá largura mínima de 1,20 metro. Já a porção usada para instalação de placas e equipamentos terá largura mínima de 70 centímetros e trará rebaixamentos para acesso de veículos.

Ainda de acordo com a proposta, nos trechos do passeio público formados pela junção de duas vias, serão asseguradas condições para passagem de pessoas com deficiência, bem como boa visibilidade e livre passagem para as faixas de travessia de pedestres.

O texto modifica, além da Lei da Acessibilidade, o Estatuto da Cidade (Lei 10.257/01), que hoje não trata da padronização de calçadas e espaços públicos.

Tramitação
A matéria tramita em regime de prioridade e será analisada, em caráter conclusivo, pelas comissões de Desenvolvimento Urbano; de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site caudf

Comentários?

17/02/2015

COMO SERIA A PAISAGEM DE TÓQUIO SEM ANÚNCIOS PUBLICITÁRIOS?

Com a ajuda de programas de edição de imagens, o designer francês Nicolas Damiens imagina como Tóquio seria sem a imensa quantidade de anúncios publicitários hoje instalados ao longo da capital japonesa.

Batizada de “Tokyo No Ads”, a série de imagens tem como objetivo ressaltar a poluição visual presente na ruas e avenidas da cidade. Sem regulação adequada por parte da esfera municipal, todos os tipos de mídia exterior são permitidas, desde letreiros luminosos, que anunciam pequenos restaurantes e lojas, até grandes anúncios dispostos no topo dos edifícios.

“É só quando vemos como a cidade seria sem todos os anúncios e placas e cartazes que percebemos realmente o quão prevalentes eles são e qual o seu impacto no contexto urbano”, afirma o designer Nicolas Damiens.



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site arcoweb

Comentários?

12/02/2015

ENTREVISTA COM PAULO MENDES DA ROCHA

É possível dizer que o arquiteto brasileiro Paulo Mendes da Rocha, de 86 anos, está em um lugar onde poucos do mundo já chegaram. Em 2006, recebeu o prêmio Pritzker, o mais importante da arquitetura mundial. Autor de obras como o Museu Brasileiro da Escultura (MUBE), em São Paulo, o arquiteto pertence a uma geração de modernistas, influenciados por nomes como o francês Le Corbusier, o russo Gregori Warchavchik e os brasileiros Lúcio Costa, Oscar Niemeyer e João Batista Vilanova Artigas.

No centro da cidade, onde mantém um escritório no mesmo endereço há 30 anos, o arquiteto que nasceu em Vitória, no Espírito Santo, recebeu o EL PAÍS, sentado em sua Poltrona Paulistana, projetada em 1957 e que até hoje é vendida em diversos países. Tornou-se, inclusive, peça da coleção permanente do MoMA de Nova York. Atento aos movimentos paulistanos, ele faz uma leitura do momento atual, onde o paulistano disputa espaço com os carros.



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site brasil.elpais

Comentários?

11/02/2015

PLANO DE MOBILIDADE DA GRANDE FLORIANÓPOLIS

O governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, reuniu-se com a imprensa na última semana para apresentar oficialmente as propostas elaboradas pelo PLAMUS – Plano de Mobilidade Urbana Sustentável da Grande Florianópolis para a mobilidade urbana da Região Metropolitana de Florianópolis. A apresentação foi conduzida pelo vice-presidente da Strategy&, Carlos Eduardo Gondim, que expôs uma visão geral do projeto, as propostas de solução em análise no momento e as próximas ações planejadas.



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site caubr.gov.br

Comentários?

09/02/2015

URBANIZAÇÃO DE FAVELAS É TEMA DE DEBATE NO IAB-RJ

Sistema viário, lixo e resíduos sólidos, e espaços livres foram os temas discutidos em palestra técnica sobre urbanização de favelas realizada na sede do IAB-RJ na tarde desta sexta-feira, 6.

"Desde 1963, quando foi realizado um congresso no Quitandinha, os arquitetos defendem que as favelas são a solução para a questão habitacional brasileira e não o problema. E, desde então, os arquitetos defendem que seja promovida a integração entre favela e cidade", destacou o presidente do IAB-RJ, Pedro da Luz Moreira.

O evento reuniu representantes do poder público, como o atual Secretário Municipal de Habitação, Carlos Portinho, o diretor de projetos especiais do Instituto Pereira Passos, Luis Fernando Valverde, e o coordenador geral do projeto Rio+Social, Pedro Veiga, além do presidente do IAB-RJ, Pedro da Luz Moreira, e dos autores de três cadernos técnicos do programa Morar Carioca: Tatiana Ferry e Solange de Carvalho (Sistema Viário), Guilherme Figueiredo e Mario Ceniquel (Espaços Livres) e Marat Troina (Lixo e Resíduos Sólidos). Os livros pretendem servir de subsídio para os arquitetos que forem trabalhar na urbanização de favelas do Rio ao apontar problemas e possíveis soluções.



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site iab.org.br

Comentários?

04/02/2015

TRANSPORTE PÚBLICO É SOLUÇÃO
DIZ HAROLDO PINHEIRO EM ENTREVISTA

O desenvolvimento das cidades brasileiras sem planejamento levou a uma situação em que os problemas se acumularam e hoje precisam de intervenções inteligentes para tentar devolver uma vida com qualidade para os cidadãos. O presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil, Haroldo Pinheiro, acredita que a solução virá articulada, porque os problemas não se restringem apenas a idas e vindas de automóveis pelas ruas. Em João Pessoa, ele recebeu o Correio e disse que não se pode mais perder tempo discutindo questões que estão postas e que já foram debatidas no passado. “O que precisamos é discutir o futuro”. A solução para evitar o caos depende de três pilares: “Inteligência, recursos e vontade fazer”, que ele resume em uma iniciativa: planejamento



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site caubr.gov.br

Comentários?

27/01/2015

FAIXA DIAGONAL ENTRE AVENIDAS IPIRANGA E SÃO JOÃO

O cruzamento entre as Avenidas Ipiranga e São João, no Centro de São Paulo, recebeu na manhã desta segunda-feira (26) uma faixa de pedestres diagonal para facilitar a travessia. A esquina foi eternizada na música "Sampa", de Caetano Veloso.
A reportagem do Bom Dia SP esteve no local e constatou que logo que o pedestre inicia a travessia, o semáforo inicia o vermelho piscante e os pedestres correm na faixa diagonal com medo de ficar no meio do caminho.
Segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), o pedestre consegue ter uma travessia segura, já que são 5 segundos de verde acrescidos de 32 segundos de vermelho piscante. Quando o semáforo parado no vermelho, a passagem será liberada para os veículos.
O tempo médio de travessia que, em duas etapas, é de 159 segundos, na diagonal, cai para 88 segundos, um ganho de 71 segundos para os usuários.
De acordo com a CET, o objetivo da faixa é "facilitar a vida dos pedestres". Ao invés de atravessarem as duas ruas para chegar à calçada oposta, será possível fazer a travessia de uma única vez.



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site g1.globo

Comentários?

16/01/2015

O QUE É METRÓPOLE? COMO DEVE FUNCIONAR O
ESTATUTO DA METRÓPOLE?

O Estatuto da Metrópole, sancionado no dia 12 de janeiro, tem como objetivo promover a integração de ações entre os municípios que formam uma metrópole, em parceria com os governos estadual e federal. Essas ações teriam funções públicas de interesse comum, ou seja, que seja inviável para um município realizar sozinho ou que cause impacto em municípios vizinhos. São exemplos: transporte público, saneamento básico, habitação e destinação final de lixo.

Para ajudar a esclarecer melhor como deve funcionar o Estatuto, preparamos um pequeno guia com os sete principais conceitos relativos ao Estatuto da Metrópole.

1. O que é o Estatuto da Metrópole?



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site caubr

Comentários?

15/01/2015

PRESIDENTE DILMA SANCIONA ESTATUTO DA METRÓPOLE

O “Estatuto da Metrópole”, lei que estabelece diretrizes gerais para o planejamento, a gestão e a execução das funções públicas de interesse comum em regiões metropolitanas e em aglomerações urbanas, agora é uma realidade. A sanção do estatuto, com vetos, pela presidente Dilma Rousseff, foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira, 13 de janeiro.

A nova legislação fixa normas gerais sobre o plano de desenvolvimento urbano integrado e critérios para o apoio da União a ações que envolvem governança interfederativa – compartilhamento de responsabilidades e ações entre entes da Federação – no campo do desenvolvimento urbano.



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site iab.org

Comentários?

12/01/2015

OITO IDEIAS PARA MELHORAR A VIDA NAS CIDADES

O Prêmio TED é concedido anualmente pela organização homônima àqueles que desenvolveram projetos que ajudam a provocar alguma mudança global em áreas relacionadas às ciências, urbanismo, educação, economia, meio ambiente, política, entre outros.

Em 2012, a organização decidiu que não premiaria os líderes, mas as próprias ideias através do prêmio City 2.0, que reconhece as iniciativas que permitem que as cidades se tornem lugares mais habitáveis e sustentáveis.

Assista aos vídeos de oito palestras TED que oferecem ideias para melhorar a vida urbana.



Clique sobre a imagem ou AQUI para obter mais informações no site archdaily


Comentários?


« 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 »