Notas de "EDUCAÇÃO"

08/12/2016

UFPR ABRE VAGA PARA PROFESSOR ASSISTENTE NO DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO

(Publicado em 08/12/2016)



A Universidade Federal do Paraná (UFPR), em Curitiba, está com uma vaga aberta para professor assistente no Departamento de Arquitetura e Urbanismo, com remuneração de R$ 2.636,21 por 20 horas semanais. O profissional trabalhará na área de estruturas.

Para candidatar-se, o interessado deve ter graduação em arquitetura e urbanismo, engenharia civil ou engenharia da produção civil, com mestrado em qualquer área. As suas tarefas, quando selecionado, estarão relacionadas ao ensino, pesquisa e extensão.



Para obter mais informações visite techne.pini

Deixe AQUI o seu comentário

02/12/2016

HARVARD EXIGE MIL PÁGINAS DE LEITURA POR SEMANA, DIZ ALUNA

(Publicado em 02/12/2016)



Segundo a paulista Tábata Amaral, que se graduou em Ciências Políticas e Astronomia pela Universidade de Harvard, a instituição se diferencia de todas as outras em três pontos principais: o foco no pensar, e não no conteúdo; o contato com pessoas que são as melhores do mundo em suas áreas; e a formação de pessoas englobando seus mais diferentes interesses.




Para obter mais informações visite exame.abril

Deixe AQUI o seu comentário

30/11/2016

UNIVERSIDADE DE CAMPINA GRANDE BUSCA PROFESSOR SUBSTITUTO
NO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL

(Publicado em 30/11/2016)



A Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), na Paraíba, está com inscrições abertas para uma vaga de professor substituto no curso de engenharia civil até a próxima sexta-feira (2). A oportunidade é na área de Recursos Hídricos e Saneamento e o interessado deve ter graduação e mestrado em engenharia civil ou em áreas afins.



Para obter mais informações visite techne.pini

Comentários?

08/11/2016

CORRIDA MALUCA DESPERTA INTERESSE PELA FÍSICA

(Publicado em 08/11/2016)



“A corrida tem como objetivo incentivar o conhecimento da Mecânica, explorando conceitos de trajetória, velocidade, aerodinâmica e transformações energéticas. É a hora de sair da parte teórica e estimular a prática! Vence quem fizer o percurso em menor tempo...”, disse o professor Nelito José Kamers, responsável pelo projeto. Segundo ele, a preparação para a competição ocorre já no início do ano letivo, quando as turmas começam a trabalhar nos projetos. Todas as etapas são supervisionadas, e os carrinhos são aperfeiçoados antes da finalização. “O carrinho precisa de um bom aproveitamento de energia para se deslocar, é preciso diminuir, ao máximo, o atrito do carro, para haver mais dirigibilidade e velocidade”, explicou o professor.



Para obter mais informações visite g1.globo

Comentários?

21/10/2016

ENGENHARIA AMBIENTAL E SANITÁRIA DO UNIBAVE APRESENTARÁ TRABALHOS NA CHINA

(Publicado em 21/10/2016)



Dois trabalhos científicos do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária do Centro Universitário Barriga Verde – Unibave serão apresentados no International Conference on Emerging Trends in Environmental Engineering and Pollution Control (Conferência Internacional sobre Tendências Emergentes em Engenharia Ambiental e Controle da Poluição), que será realizado entre os dias 13 e 15 de março de 2017, em Pequim – China.



Para obter mais informações visite crea-sc

Deixe AQUI o seu comentário

18/10/2016

USP OFERECE VAGA PARA PROFESSOR DE ENGENHEIRA CIVIL

(Publicado em 18/10/2016)



A Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) está com uma vaga aberta para docentes com especialidade em Materiais e Componentes de Construção Civil.

A remuneração é de R$ 15.400,48 e a vaga é em Regime de Dedicação Integral à Docência e à Pesquisa (RDIDP).
O processo seletivo realizará três provas, sendo uma o julgamento de títulos, outra oral de erudição e a última será uma prova pública de arguição. As inscrições vão até o dia 16 de dezembro.



Para obter mais informações visite techne.pini

Deixe AQUI o seu comentário

13/10/2016

ARQUITETURA E URBANISMO DA UNIDAVI - NOTA 4.01

(Publicado em 14/10/2016)



Rio do Sul, no interior de Santa Catarina, é a cidade onde eu nasci e vivi os meus primeiros 18 anos, antes de ir para Florianópolis fazer o ensino médio e a faculdade de Engenharia. Depois de formado, por mais 5 anos, morei na cidade, onde nasceu meu escritório de Engenharia. É, portanto, a cidade que me viu dar os primeiros passos... duas vezes.

Em fevereiro de 2014 eu tive a honra de voltar à cidade para cumprir uma importante missão que me foi confiada por minha amiga arquiteta Maristela Macedo Poleza, Coordenadora do Curso de Arquitetura e Urbanismo da UNIDAVI - Centro Universitário para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí, em Rio do Sul - SC.

A missão era ministrar a AULA INAUGURAL DO CURSO, para 65 calouros de Arquitetura (e mais alguns calouros de Engenharia, convidados para o evento.



A casa estava cheia. Auditório lotado. Jovens ávidos por informações novas e úteis. Espero não ter decepcionado.

A palestra foi sobre Gestão de Carreira & Marketing Pessoal. O objetivo era dar a esses novos universitários uma noção do que a Universidade pode fazer pelo futuro deles (e do que eles deveriam fazer para que a Universidade pudesse cumprir o seu papel).

Pois bem: ontem recebi a notícia de que o curso passou pela avaliação do MEC. E passou muito bem. Veja os detalhes AQUI. O curso recebeu a excelente nota 4.01 (e a primeira turma está ainda no 6º período!)



Fico duplamente feliz, pois neste ano fui convidado (e já aceitei o convite) para ministrar as aulas de Instalações Elétricas para a mesma turma de estudantes para os quais eu fiz aquela animada Aula Inaugural. Vai ser um semestre muito produtivo. Ainda mais agora que todos sabemos que temos um nome a zelar. Na próxima avaliação do curso a nota há de ser ainda melhor. Não podemos deixar essa bola cair.



ÊNIO PADILHA
www.eniopadilha.com.br | professor@eniopadilha.com.br



---Artigo2016 ---Educação

Deixe AQUI o seu comentário

12/10/2016

FAU ABRE VAGA PARA PROFESSOR DE ARQUITETURA

(Publicado em 12/10/2016)



A Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da Universidade de São Paulo (USP) está com uma vaga aberta para professor titular, no Departamento de Tecnologia da Arquitetura.

A etapa de seleção contará com três provas: o julgamento de títulos, com peso quatro; uma prova pública oral de erudição, com peso dois e uma prova pública de arguição, com peso quatro.



Para obter mais informações visite au.pini

Deixe AQUI o seu comentário

11/10/2016

BRASIL NA OLIMPÍADA DE MATEMÁTICA NO CHILE

(Publicado em 11/10/2016)



O Brasil conquistou o primeiro lugar na 31ª Olimpíada Iberoamericana de Matemática que ocorreu em Antofagasta, no Chile, e terminou no dia 1º de outubro. A competição reuniu 22 países e 86 alunos do ensino médio.
A delegação brasileira, formada por quatro alunos, garantiu três medalhas de ouro e uma de prata.



Para obter mais informações visite g1.globo

Comentários?

23/09/2016

INGLÊS PARA INGLES VER

(Publicado em 06/05/2000)



Ouço um ti-ti-ti que dá como certo que a Secretaria de Educação vai tomar uma atitude séria sobre a questão do ensino de inglês nas escolas públicas de Santa Catarina.

É o seguinte: ao terminar o ensino médio o aluno conclui SETE ANOS de aulas de inglês. Sete anos de investimento do dinheiro público em espaço físico, salário de professores, livros didáticos, etc... E, como sabemos, 99 % dos alunos que concluem o ensino médio na rede pública não consegue pedir um copo d’água em inglês. Não consegue ler nem mesmo um anúncio de revista. Muito menos, escrever um pequeno bilhete.

Em resumo, depois de estudar inglês por sete anos, o aluno não sabe absolutamente nada de inglês. Ou seja: sete anos de dinheiro público jogado no lixo. Uma coisa absurda, que nenhum governo sério pode passar por perto sem prestar atenção.

Um absurdo maior ainda quando se sabe que, em algumas escolas particulares de inglês, com apenas duas aulas por semana, a pessoa aprende a falar, ler e escrever, com razoável fluência, em menos de um ano.

Cabeças poderão rolar. Fala-se inclusive em excluir essa disciplina do currículo, caso este quadro não apresente modificações relevantes. Isto significaria demissão de professores, desativação de salas especiais (laboratórios) e estancamento dessa sangria inútil no bolso dos contribuintes.

Eu, sinceramente, não acredito que se chegue a uma solução tão extrema como esta, principalmente levando-se em conta a real importância do conhecimento de Inglês para o sucesso pessoal e profissional do cidadão em um mundo cada vez mais sem fronteiras.

Mas não deixa de ser importante esta discussão. Afinal, como se diz por aí “dinheiro público não cresce em árvores” e não pode ser usado para financiar atividades que não produzem resultados.

Porém, os professores de inglês, com alguma razão, não irão aceitar, sem reação nenhuma, toda a culpa pelo problema. Haverão de apontar outras causas que contribuem para este fracasso.

Não será possível colocá-los contra a parede nem levá-los para a guilhotina, sem lançar olhares e perguntas para os professores de outras matérias como português, matemática, história, biologia, física, química...

E, quando as luzes forem apontadas para essas disciplinas veremos se os alunos, ao final do ensino médio sabem mesmo escrever corretamente, desenvolveram o hábito da leitura, dominam os rudimentos da matemática, conhecem as leis da física e da química...

Talvez os conhecimentos dessas matérias sejam proporcionais ao conhecimento de Inglês. Apenas a coisa não aparece tanto porque é mais fácil mascarar a ignorância desses assuntos.

Ao contrário do inglês, que está presente no dia-a-dia de todas as pessoas (na informática, nas propagandas, nos termos técnicos em geral...), a física, a química, biologia, história, geografia e até mesmo o português não são tão cobrados no dia-a-dia. Não existe, na sociedade, uma expectativa de performance para o jovem que tenha concluído o ensino médio.

Este assunto precisa, sim, ser discutido amplamente por todos nós. Sem desculpas esfarrapadas, sem saídas pela tangente, sem jogar a culpa na outra parte. As partes (alunos, professores, governo, sociedade...) precisam chegar a um acordo e definir qual é a qualificação (e não apenas a habilitação) desejada para o CIDADÃO que sai da escola pela porta da frente, com um certificado de conclusão do ensino médio.



ÊNIO PADILHA
www.eniopadilha.com.br | professor@eniopadilha.com.br



---Artigo2000 ---Educação

Deixe AQUI o seu comentário


« 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 »