Notas de "NOTAS AUTOBIOGRÁFICAS"

16/09/2019

SOEA 2019 (Palmas, Tocantins)

(Série iniciada em 11/07/2019)






Deixe aqui seu comentário

19/07/2019

FALSA AUTORIA

(Publicado em 18/10/2004)



Tenho sido implacável com alguns amigos que, de vez em quando, com a maior das boas vontades, me enviam textos do Mário Quintana, do Luiz Fernando Veríssimo, de Shakespeare, Jorge Luiz Borges, Carlos Drummond de Andrade, entre outros.
Embora eu não seja especialista em literatura, sou um pouco desconfiado com esses textos que circulam na internet. Boa parte deles é apócrifo, ou seja, circula sem crédito de autoria ou é atribuído indevidamente a este ou àquele autor.

Aí o amigo me manda, com todo o carinho e boa intenção, um texto desses... e recebe, em seguida uma resposta minha, do tipo: "desculpa aí, amigo, mas esse texto não é do Mário Quintana. Na verdade é da Martha Medeiros..." ou "Não é do Luís Fernando Veríssimo. Não sei de quem é, mas não é do LFV."

Foi o que aconteceu recentemente com um texto que circulou intensamente na internet, atribuído ao cantor e compositor Herbert Viana, comentando a busca insensata pela beleza física, evidenciada pela mal sucedida cirurgia de lipo-aspiração de um conhecido cantor popular.

Desconfiei da autoria na hora (e mandei a resposta para o remetente). O texto continuou sendo veiculado na internet, de forma vertiginosa. Duas semanas mais tarde, quando a coisa já estava indo bem longe, com o texto sendo lido, no ar, pelo "jornalista" Cacau Menezes na RBS (A Globo, aqui em Santa Catarina, com alcance de mais de 4 milhões de espectadores), pulei da cadeira. Fui para a internet e pesquisei o verdadeiro autor do texto. Não levei mais que um minuto para encontrá-lo. Na verdade, era uma autora: Rosana Hermann. Que já estava indignada com a evidente má-fé de quem deu início à confusão (veja detalhes no site www.queridoleitor.com.br)

Na semana passada, com a morte do grande Fernando Sabino, decidi que o nosso site faria uma singela homenagem, publicando, no espaço destinado às frases interessantes, alguma coisa dele. Estava inclinado a publicar a famosa frase "No fim dá tudo certo. Se não deu certo ainda é porque não chegou ao fim" uma frase dele (na verdade, do pai dele, relatada em um dos seus livros). Mas à noite, vendo o Jornal Nacional, um outro texto me pareceu mais interessante: um bilhete que Fernando Sabino teria escrito aos nove anos e que ele enviou, no ano passado, ao amigo Moacyr Werneck de Castro

“Quando eu morrer com certeza vou para o céu, o céu é uma cidade de férias, de férias boas que não acabam mais.Assim que eu chegar lá, vou procurar São Francisco de Assis, para ficar amigo dele, amigo mesmo, de verdade, tão amigo, tão íntimo, que ele há de me chamar de Nandinho e eu hei de chamar ele de Chiquinho"

Na mesma hora resolvi que esse seria o texto a ser publicado no nosso site e assim foi feito.

Na sexta-feira o próprio Jornal Nacional (numa atitude, aliás, muito elogiável) corrigiu o engano.
Na verdade, o texto que foi lido na edição de segunda-feira (e que eu, todo animado publiquei no meu site) não é de Fernando Sabino e sim de Álvaro Moreyra. Um poema cujo título é "Projeto", publicado em 1929 no livro "O Circo" e republicado mais tarde em outro livro do mesmo autor, As amargas, não - página 120. (e que não aparece, é claro, em nenhum livro de Fernando Sabino).

O Jornal Nacional não esclareceu quem foi que descobriu o furo, mas acredito que tenha sido um dos milhares de fãs de Fernando Sabino (que estranharam o fato de nunca terem lido nada igual em nenhum dos 50 livros publicados pelo escritor)... ou, o que é mais provável, alguns dos admiradores e estudiosos de Álvaro Moreyra, que reconheceram o poema e devem ter enviados inúmeros e-mails para o JN, pedindo a correção do equívoco.

De qualquer forma, eu, que entrei nessa também (verdade seja dita: o texto tem toda a cara do Fernando Sabino!), peço desculpas aos meus leitores que visitam nosso site todas as semanas. Prometo ficar ainda mais atento no futuro.

Autoria intelectual é coisa muito séria. Eu já disse isso inúmeras vezes.

Uma frase, um texto, uma música, ou qualquer obra intelectual, quando citada, deve sempre vir acompanhada do seu autor e, se possível, da circunstância em que foi produzida. Isso é o que dá graça às citações.

O resto é conversa.



ÊNIO PADILHA
www.eniopadilha.com.br | professor@eniopadilha.com.br



---Artigo2004

18/06/2019

CONGRESSO ESTADUAL DOS PROFISSIONAIS DO CREA-SC

(Publicado em 18/06/2019)





Com muita honra recebo do Crea-SC esta convocação para participar, como delegado no Congresso Estadual de Profissionais do Crea-SC.

A escolha foi realizada ontem à noite, no Encontro Regional Preparatório que envolveu profissionais das cidades do Litoral Norte de Santa Catarina. Foi um enorme prazer participar, reencontrar grandes amigos e poder contribuir para a construção de um sistema profissional mais unido e forte.





Deixe aqui seu comentário

04/06/2019

UMA PARCERIA PARA EU ME ORGULHAR A VIDA INTEIRA



(Publicado em 19/04/2019)



Me formei engenheiro há 33 anos (UFSC, 1986). Desde os primeiros meses de exercício profissional me tornei leitor e fã do trabalho de um engenheiro paulista de nome comprido: Manoel Henrique Campos Botelho.
Ele era famoso por ter escrito um livro de nome atrevido: "CONCRETO ARMADO EU TE AMO", mas eu li primeiro um outro livro dele, sensacional: "MANUAL DE PRIMEIROS SOCORROS DO ENGENHEIRO E DO ARQUITETO".



Li muitos dos seus livros, participei de um dos seus cursos (em Jaraguá do Sul, SC). Lia todos os artigos que ele publicava em jornais ou na internet, ou seja: eu sempre fui um fã incondicional do trabalho dele.

Em 2007, quando escrevi o livro NEGOCIAR E VENDER SERVIÇOS DE ENGENHARIA E ARQUITETURA, pedi a ele que escrevesse o prefácio. Expliquei que o convite era uma forma de homenagear a ele por ter feito um trabalho que, de certa forma, viabilizou o meu. Afinal, ele enfrentou o desafio de falar de marketing para engenheiros e arquitetos quando este tema era um tabu e todo mundo acreditava que "marketing é coisa pra quem não trabalha direito" e diziam coisas do tipo "o melhor marketing que existe é o trabalho bem feito". Naquele tempo os profissionais achavam que o marketing era um recurso utilizado por profissionais e empresas sem qualidade...

Se Botelho, e também o arquiteto paulista Walter Maffei, não tivessem sustentado seus discursos e suas propostas por tanto tempo, certamente o meu trabalho, quando apresentado em 1998 (no livro MARKETING PARA ENGENHARIA E ARQUITETURA) não teria terreno fértil para florescer. E eu não sei se teria a força que eles tiveram para ficar dando murro em ponta de faca.



Pois bem: há duas semanas recebi um e-mail desse ícone da Engenharia Brasileira, me convidando para escrever, junto com ele, um livro sobre... nem terminei de ler o e-mail e já tinha decidido que sim, CLARO QUE SIM. Como dizer NÃO para um convite do Manoel Henrique Campos Botelho?

SIM, SIM, SIM. Respondi o e-mail imediatamente e iniciamos as tratativas. Já comprei passagens para ir a São Paulo fazer uma reunião com ele onde decidiremos os detalhes do livro (na verdade, ele vai decidir e eu vou obedecer, claro). O livro terá como tema central as instalações elétricas em pequenos parques de diversão. E terá, certamente o jeito criativo e atrevido do Manoel Botelho como marca registrada.

Aguardem notícias. Certamente faremos um livro muito bacana.

Será, para mim, um grande prazer fazer parte dessa empreitada. Uma parceria da qual irei me orgulhar a vida toda.






A imagem usada como fundo no cabeçalho deste post foi retirada da capa do livro CONCRETO ARMADO EU TE AMO, o grande sucesso do Manoel Botelho



DIVULGAÇÃO



PADILHA, Ênio. 2019

Deixe aqui seu comentário

17/05/2019

10/10/2018

WEBINAR - SEMANA DA CARREIRA - QiSat

(Publicado em 10/10/2018)



ONTEM, 09/10/2018) Tive o privilégio de fazer a palestra (ao vivo) na SEMANA DA CARREIRA da QiSat, da qual sou parceiro há quase quinze anos.





Clique no link abaixo para se inscrever e assistir a palestra completa e ainda ver também as palestras de hoje e amanhã

SEMANA DA CARREIRA - QiSat - 09, 10 E 11/OUT/2018



Deixe aqui seu comentário

01/10/2018

AMIGOS DE VERDADE SE RECOMENDAM
(por Jean Tosetto)

(Publicado em 01/10/2018)



O Professor Ênio Padilha mora em Santa Catarina mas viaja pelo Brasil inteiro ministrando cursos e palestras relacionadas com marketing e administração de escritórios de Engenharia e Arquitetura. Se você é engenheiro ou arquiteto engajado na profissão, provavelmente já ouviu falar dele ou tenha lido um artigo sem saber que era de sua autoria.





Leia o generoso artigo AMIGOS DE VERDADE SE RECOMENDAM escrito pelo arquiteto paulista Jean Tosetto





TOSETTO, Jean. 2018

Deixe aqui seu comentário

24/09/2018

UMA SEMANA CHEIA

(Publicado em 24/09/2018)



A gente se encontra nesta semana, em uma dessas cidades





A minha programação desta semanas terá as seguintes palestras:



GESTÃO DE CARREIRA E MARCA PESSOAL PARA ARQUITETOS E ENGENHEIROS
Palestra: 2 horas
Paulínia-SP - 24/09/2018
Promoção: AEAP - Associação de Engenheiros e Arquitetos de Paulínia



CARREIRA E EXERCÍCIO PROFISSIONAL - RESPONSABILIDADE E PRODUTIVIDADE
Palestra: 2 horas
Artur Nogueira-SP - 25/09/2018
Promoção: AAEAN - Associação de Arquitetos,Engenheiros e Agrônomos de Artur Nogueira



COMO NEGOCIAR E VENDER SERVIÇOS DE ENGENHARIA E ARQUITETURA
Palestra: 2 horas
Cosmopólis-SP - 26/09/2018
Promoção: ACENA - Associação Cosmopolense de Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos



CARREIRA E EXERCÍCIO PROFISSIONAL - RESPONSABILIDADE E PRODUTIVIDADE
Palestra: 2 horas
Cianorte-PR - 27/09/2018
Promoção: AREARC - Associação Regional de Engenheiros Arquitetos e Agrônomos de Cianorte



GESTÃO DE CARREIRA E MARCA PESSOAL PARA ARQUITETOS E ENGENHEIROS
Palestra: 2 horas
Ponta Grossa-PR - 28/09/2018
Promoção: AEAPG - Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Ponta Grossa




Padilha, Ênio. 2018




Deixe aqui seu comentário

21/09/2018

O AMAZONAS RECEBE HOJE 20 NOVOS LIGHTING DESIGNERS

(21/09/2018)





A foto acima mostra os profissionais de Manaus que estão concluindo, neste final de semana, o curso de especialização MASTER EM PROJETOS DE ILUMINAÇÃO, do Instituto Jamile Tormann e Instituto ESP.

Eu tive o privilégio e a honra de ser professor da turma na segunda aula do curso, em novembro de 2016.

Se você mora e Manaus está convidado para a apresentação dos projetos de iluminação que cada um deles desenvolveu como Trabalho de Conclusão do Curso.

Aqui o nome dos profissionais (aproveita e contrata um deles para o seu próximo projeto):
Aline Susan
Aline Feitosa
André Rudá
Audrey Nice
Ayana Dantas
Camila Ribeiro
Flávia Castelo Branco
Isabelly Cavalcante
Jeanne Maia
Jéssica Pessoa
Juliana Leal
Karoline Barros
Kellen Ramos
Lais Furtado
Manuella Carvalho
Maria Tavares Oliveira
Marilda Porto
Milena Motta
Paula Almeida
Bethania Spies Campo
Murilo Vieira


Parabéns aos profissionais que estão concluindo o curso. Parabéns aos professores. Parabéns ao Instituto ESP e parabéns à coordenadora do curso, professora Jamile Tormann.
O Mercado profissional agradece.





Deixe aqui seu comentário

20/09/2018

O TIO NELSON SE FOI

(20/09/2018)





Meu querido Tio Nelson se foi. Teve uma vida de muita alegria. Teve filhos maravilhosos, meus queridos primos Nelson Murilo, Adriana, e Andréa Dedé.

Tio Nelson sempre foi o nosso tio charmoso. O tio que lia jornal, que trabalhava na rádio (Diário da Manhã), que sabia das coisas.

Tive o privilégio de conviver com ele por muito tempo. Frequentei a casa dele durante os dez anos que morei em Florianópolis. Tive a honra de tê-lo como músico (com o seu Stagium Dez) tocando no baile da minha formatura. Enfim... tenho milhares de lembranças muito felizes com o Tio Nelson.

Ele se foi, aos 78 anos. Mas deixou seus filhos, meus irmãos Murilo, Adriana e Dedé, que seguirão seus exemplos e continuarão seu trabalho.

Vai com deus, meu amigo. E muito obrigado por tudo.



Deixe aqui seu comentário


« 1 2 3 4 5 6 7 8 »