A CÉSAR O QUE É DE CÉSAR



(Publicado em 26/03/2020)



Meus programas favoritos na TV são, sem dúvida, os programas de entrevistas. Especialmente programas em que o entrevistado precisa interagir com dois ou mais entrevistadores, como o Roda Viva, da TV Cultura ou o Segunda Chamada do canal MyNews.

Esses programas têm sido, nessas últimas semanas, demonstrações de que algumas atividades perdem muita qualidade se não forem realizadas presencialmente.

No momento, por razões óbvias, entrevistados (e, eventualmente, entrevistadores) fazem as suas participações a partir de suas casas (ou estúdios remotos). Aí, a falta do contato visual e dos pequenos gestos da comunicação não-verbal entre os envolvidos resulta em problemas na fluidez da conversa, comprometendo, em grande medida, a qualidade do produto final.




O rádio, o cinema e os livros impressos são exemplos de produtos que já tiveram a morte anunciada nas últimas décadas. Agora a educação presencial parece ter entrado para o clube. Mas não é tão simples (e nem tão rápido).

Eu publiquei aqui, na semana passada, o artigo O EAD SERÁ FORTALECIDO NESTA CRISE, no qual eu destaquei as razões pelas quais o EAD será uma modalidade de ensino cada vez mais considerada, em todos os níveis (do ensino fundamental à pós graduação e a formação continuada de profissionais). Mas é justo que se dê a César o que é de César: a modalidade presencial tem qualidades insubstituíveis e insuperáveis.

Encontros, Fóruns, Congressos, simpósios, aulas, palestras e cursos presenciais não serão extintos pela onda devastadora do EAD (ou TAD, Tudo a Distância).

No nosso Protocolo 89, por exemplo, temos 27 reuniões programadas: 26 realizadas pela internet (Skype, Zoom, Meet Google, FaceTime...) e uma reunião presencial de um dia inteiro, na sede do contratante. É nesta reunião presencial que eu posso entender melhor o escritório, conhecer as instalações da empresa, a vizinhança, o clima de trabalho, a iluminação, a temperatura, os ruídos de fundo, as áreas de apoio, o cafezinho, a água fresca.

Todo o meu trabalho, as minhas análises e recomendações para o contratado nos meses seguintes seriam prejudicados sem essas informações cruciais colhidas nessa reunião presencial.

Nos cursos de graduação, por exemplo, a interação humana que o estudante consegue ter na modalidade presencial não tem paralelo possível na modalidade EAD. Especialmente se o curso presencial for numa Universidade, onde o estudante estabelecerá relacionamentos e vínculos com os colegas de classe, com colegas de outros cursos professores, empregados da instituição e interagir com todo o ambiente artístico, intelectual e lúdico da universidade. Isso é essencial na construção da personalidade de jovens de 17 a 23 anos. Nesse campo, os cursos presenciais são imbatíveis em termos de resultados.

Essa era a principal razão pela qual eu fui, durante muitos anos, absolutamente contrário à disseminação do EAD nos cursos de graduação. E ainda acho que, tanto quanto possível, deve-se evitar o EAD na graduação, especialmente para não privar os jovens dessa interação social e desse universo de possibilidades que a passagem por uma universidade presencial oferece.

Eu participo, todos os anos, de alguns congressos online. Muitos oferecem conteúdo de qualidade, sem dúvida. Excelentes palestrantes, com ótimos temas, muito bem explorados. Porém, do ponto de vista emocional, esses congressos não atingem nenhum objetivo. Não restam lembranças. Não existe o salão do cafezinho, as conversas de corredor, o convite de um amigo para um almoço e a oportunidade de colocar os assuntos em dia. Definitivamente, não participo desses congressos com o mesmo prazer com que desfruto os congressos presenciais.

Enfim, o EAD é, como já foi dito antes, uma modalidade de ensino com muitas utilidades e que consegue substituir plenamente muitas coisas que durante muito tempo só foi realizado de forma presencial. Mas ainda existem territórios nos quais o presencial é imbatível. Convém não perder isso de vista.




www.eniopadilha.com.br




PADILHA, Ênio. 2020



DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO

(todos os campos abaixo são obrigatórios

Nome:
E-mail:
Profissão:
Cidade-UF:
Comentário:

www.eniopadilha.com.br - website do engenheiro e professor Ênio Padilha - versão 7.00 [2020]

powered by OitoNoveTrês Produções

4448880

5