EMPREENDEDORES DO ATRASO



(Publicado em 27/03/2020)



Parece ser muito verdadeira a frase que diz que \"é na tempestade que os melhores marinheiros se revelam\". Esta tempestade causada pelo novo coronavírus tem feito luz sobre a qualidade absurdamente baixa dos empresários brasileiros.

E, antes que venham de lenga-lenga, esclareço. Sou um empreendedor desde o primeiro dia que coloquei os pés fora da faculdade, em 1986. Sempre tive atividade empreendedora e empresarial. Conheço muito bem o lado de cá. E sinto vergonha de fazer parte do mesmo time de gente como esses irresponsáveis e gananciosos que estão desesperados por salvar suas economias, mesmo que à custa da saúde ou da vida de \"apenas\" 10% da população (um \"desprezível\" contingente de 22 milhões de brasileiros de segunda classe, segundo essa gente.




Como eu já disse muitas vezes, não tenho o hábito de bloquear ou eliminar ninguém das minhas redes sociais por divergência de opinião política, religiosa ou futebolística. Isso garante que eu não fique confinado a nenhuma bolha de pensamento. Ouço de tudo, vindo de todos os lados. Tenho uma ideia melhor do que estão fazendo ou dizendo, inclusive os extremistas de direita e de esquerda.

Nesta semana, encorajados pelo discurso e comportamento irresponsável do nosso presidente maluco, grande parte dos empresários sem noção passou a defender com força cada vez maior o retorno imediato à normalidade do dia-a-dia do país.

Que gente despreparada!

Se eles têm tanta preguiça de estudar ou de pensar, pelo menos prestem atenção no que estão fazendo as pessoas e instituições que são reconhecidas justamente por sua capacidade de estabelecer estratégias milimetricamente pensadas e baseadas em informações científicas.

Será que eles acham que é por histeria ou por desejo de derrubar o governo do Mito que foram interrompidos eventos como a Fórmula 1, os Jogos Olímpicos, a NBA e a Champions Leage? Será que eles têm noção de quanto dinheiro será perdido e quantas pessoas e empresas foram prejudicadas com essas decisões? E as grandes feiras? exposições? congressos? Será que mais de 180 governos do mundo inteiro estão histéricos? Que fenômeno fantástico seria esse?

Não é de hoje que se sabe que os empresários brasileiros compõem uma elite ignorante e egoísta. Basta ver como eles têm dificuldade de lidar com a ideia de contribuir com qualquer coisa que não represente lucro imediato, como as escolas, os hospitais, os institutos de pesquisa, as bibliotecas ou museus. A gente praticamente nunca ouve falar de doações de milionários brasileiros para esse tipo de coisa, como se vê nos EUA e na Europa.

Eu sou empreendedor e empresário. Estimulo profissionais de Engenharia e de Arquitetura e abraçar a iniciativa privada e o empreendedorismo. Mas, sinceramente, tenho vergonha desses que se dizem empreendedores mas que têm essa total falta de disposição para correr riscos e essa total falta de empatia e espírito de solidariedade.

Já não basta a vergonha que é impor férias a um empregado que terá de ficar trancado dentro de casa (repassando para eles o prejuízo)?

Espero que 2020 termine logo, porque olha... tá difícil.




www.eniopadilha.com.br




PADILHA, Ênio. 2020



DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO

(todos os campos abaixo são obrigatórios

Nome:
E-mail:
Profissão:
Cidade-UF:
Comentário:

www.eniopadilha.com.br - website do engenheiro e professor Ênio Padilha - versão 7.00 [2020]

powered by OitoNoveTrês Produções

4448804

6