E O MICO DO ANO VAI PARA...

(Publicado em 16/09/2010)



[IMG;Mico_do_Ano_200px.jpg;200;E]Lá em casa, de brincadeira, há muitos anos, foi instituído o Troféu MICO DO ANO, que é dado à pessoa que, no decorrer do ano comete alguma gafe ou se envolve em alguma situação bizarra em que acaba passando uma vergonha digna de registro.
Eu já ganhei esse troféu em 1995, quando perguntei a uma amiga, que havia sido miss na cidade, pra quando seria o bebê... (e ela nem estava grávida). Ganhei novamente em 2001, quando caí no aquário de um escritório de arquitetura, em Uberlândia (foi de chorar! eu havia acabado de chegar na cidade: terno, gravata, pasta... imaginem a cena). Fui TRI em 2005, em parceria com a minha secretária, quando um e-mail interno do escritório foi enviado por engano para o cliente. Detalhe: no e-mail eu me referia ao cliente como \"essa praga\" (imagina o rolo que deu!)

Nesta semana registrei minha candidatura para o MICO DO ANO 2010. Acho que vou ganhar fácil, fácil.
Foi o seguinte: minha empresa realizou um curso em São Paulo em regime de promoção própria. Alugamos espaço, reservamos equipamentos, fizemos a divulgação, produzimos todo o material de secretaria... e o curso foi um sucesso. Casa cheia, inscrições esgotadas.

Para atender os participantes do curso, procurei por uma moça com experiência em serviço de secretaria e recepção em eventos. Tive umas quatro recomendações. Não escolhi a mais barata. Preferi uma que foi recomendada por uma empresa do ramo e com as melhores credenciais.

Nos dias que antecederam o evento trocamos e-mails nos quais eu informei sobre a natureza do trabalho e expliquei que, na verdade, apesar de o contrato ser para o dia todo, trabalho mesmo ela só teria na primeira hora do evento, que é quando as pessoas estão chegando para fazer o credenciamento, receber o material, fazer os pagamentos, essas coisas. Combinamos então que ela deveria chegar às 8h00 (já que o curso começaria às 8h30.

No dia do curso, como sempre faço, eu estava lá por volta de 7h00, preparando os materiais, ligando os equipamentos, ordenando as coisas. Montei a mesa onde funcionaria a secretaria, dispondo os papéis, as pastas e todos os materiais a serem entregues aos participantes.

[IMG2;enio_skype_twitter.jpg;E]Quando se aproximou de 8h00 comecei a ficar apreensivo, pois nada da minha secretária, Renata, chegar. Começaram a chegar os participantes e eu fui distribuindo os materiais e fazendo as cobranças. 8h05 e nada. Cadê a tal da Renata? Comecei a ficar nervoso, pois eu deveria estar lá dentro da sala, finalizando os ajustes para começar o curso.
8h10 e mais gente chegando (em São Paulo os profissionais costumam chegar cedo para os eventos) e eu ali, naquela correria, atendendo todo mundo.
8h15 e nada de chegar a tal secretária. À essas altura eu já havia passado da condição de injuriado para furioso. A qualidade do meu trabalho estava sendo comprometida pela falta de profissionalismo dessa pessoa contratada.

8h20 chega a moça e se apresenta: \"Eu sou a Renata\". Eu, que já estava pra lá de passado, disparei, sem nem um \"bom dia\": \"Renata, você está atrasada!\"

Ela não falou nada. Ficou olhando pra mim e sorrindo. Eu continuei: \"está atrasada, e não é pouco! Já são 8h20!!!\". Ela continuava sorrindo e olhando pra mim, como se não houvesse nada de mais naquilo. Eu ataquei: \"isso não é engraçado, Renata! Eu estou aqui fazendo o seu trabalho. Vou dispensar você. Você pode voltar pra casa!\". E ela, ainda com um sorriso, me disse: \"eu sou a filha da Maria Clara...\" Putz!!! foi como se tivesse me jogado um copo de água gelada... Devo ter ficado branco de vergonha. Procurei no chão um buraco onde eu pudesse me enfiar...

É o seguinte: Maria Clara é a Maria Clara de Maio, uma jornalista fantástica, editora da Revista Lume, autora da apresentação (quarta capa) do meu quinto livro e, acima de tudo, uma grande amiga. A Renata, filha dela, é uma estudante de arquitetura, inscrita para participar do meu curso. Portanto, não tinha nada a ver com a outra Renata, minha contratada, que não havia chegado ainda para o trabalho. Eu sabia que ela viria para o curso, mas, na angústia da espera, nem me dei conta de que havia uma Renata na lista de inscritos.

Completamente sem graça, pedi mil desculpas e expliquei a ela o que estava acontecendo. Muito simpática, ela compreendeu logo a situação e achou muita graça daquilo tudo. Melhor pra mim, que tive o meu destempero perdoado e pude continuar o atendimento dos colegas que continuavam chegando.

Depois que o curso começou, contei pro pessoal o que havia acontecido e todos deram boas risadas.

Quanto à outra Renata, a contratada, ela chegou às 8h40 (o curso já estava em andamento). Pedi licença ao pessoal e fui atendê-la lá fora. Dispensei os serviços dela, naturalmente. Mas não sem antes me certificar de que se tratava da pessoa certa a ser dispensada.



ÊNIO PADILHA
www.eniopadilha.com.br | professor@eniopadilha.com.br




---Artigo2010

Comentário #1 — 16/09/2010 15:07

Maria Helena — Estudante — Balneário Camboriú

JÁ GANHOU, JÁ GANHOU, JÁ GANHOU!

Comentário #2 — 16/09/2010 15:12

Renata (a filha, não a secretária) — Estudante de Arquitetura — São Paulo

HAHAHAHAHAHAHHAA ÊNIO, estou rindo até agora! hahaha, foi muuuito engraçado!! coloquei até no Favoritos!
mil beijos
e Parabéns novamente pelo excelente curso.
em Março de 2011 estarei no próximo!

Comentário #3 — 16/09/2010 15:19

Maria Clara — jornalista — são paulo

Sem dúvida, mico do ano com louvor!
Tem meu voto!
Obrigada pelas considerações a meu respeito, amigo. Para seu próximo curso, já tenho uma boa ( e pontual!) recepcionista para te indicar.

Comentário #4 — 16/09/2010 15:25

Fernando Franco — Assistente de Marketing — São Paulo

Já ganhou!!! hehe

Comentário #5 — 16/09/2010 16:16

Amabile Campos — Arquiteta — Tijucas-SC

Com certeza esse foi o MICO 2010.... com o passar dos anos vamos nos aprimorando hehehhe

Comentário #6 — 16/09/2010 18:58

Ana Clara — estudante — Florianópolis

JÁ GANHOU, JÁ GANHOU, JÁ GANHOU [2]. É isso aí, do jeitinho que nós te ensinamos, orgulhinho da família! =)

Comentário #7 — 17/09/2010 17:52

Adriana — Arquiteta — Rio de Janeiro / RJ

Eu estava presente no evento e pude presenciar a cena. A Renata não perdeu a linha e levou tudo numa boa. Depois de explicado o fato a turma riu e até serviu para descontrair um pouco o ínício da aula.
Mas acho que o Ênio nunca mais vai contratar uma secretária com esse nome depois dessa, ou vai rir sozinho quando uma moça falar seu nome para ele.
abçs

Comentário #8 — 29/09/2010 20:07

Mara Kochella — Produtora Cultural — Jaraguá do Sul - SC

Conheço o profissionalismo do Enio e imagino sua indignação com o atraso... estou rindo é da confusão, que micão mesmo! Parabéns, deu conta do trabalho dobrado (na secretaria e na palestra - ufa!). Grande beijo, Mara K.

Comentário #9 — 20/10/2010 21:37

Ricardo Meira — Arquiteto — Brasília

Meus parabéns! Se bem, que um mico desses deveria ser hours concours e não concorrer!

Comentário #10 — 09/11/2010 09:22

Reny Simão — Engenheiro Mecânico — Uberlândia

Bom dia

Há muito não acesava seu site, mas hoje, ao localizá-lo entre os sites favoritos, comecei bem o dia com o seu bom humor.

Parabéns pelo site, está muito bom.

Comentário #11 — 10/11/2010 18:36

Michelly Ramos — Arquiteta — SP

Adorei o site! Virei mais vezes fazer uma visita! Quanto ao mico do ano, merecido! Mas tb já levaria pelo "causo" do fuso horário da aula em Palmas! rs.
Grande abraço professor!

Comentário #12 — 10/06/2011 15:14

Lindamis Castilho — tec. contábil — Cascavel PR

Você chegou lá! Parabéns!

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO

(todos os campos abaixo são obrigatórios

Nome:
E-mail:
Profissão:
Cidade-UF:
Comentário:

www.eniopadilha.com.br - website do engenheiro e professor Ênio Padilha - versão 7.00 [2020]

powered by OitoNoveTrês Produções

4448798

5