ENCONTRO DE LIDERANÇAS

2011-02-07

Finalmente! Já não era sem tempo!

O Confea publicou a programação do ENCONTRO DE LIDERANÇAS DO SISTEMA CONFEA/CREA.

Na minha fraca opinião, este é o mais IMPORTANTE evento organizado e promovido pelo Sistema. (dá de dez a zero na SOEAA, que tem sido um mero evento turístico e político). O Encontro de Lideranças é muito mais importante e efetivo.

Mas, às vezes, eu tenho a impressão de que o próprio Confea nunca se deu conta do potencial desse evento.

Veja AQUI informações sobre o evento deste ano




2011-01-05
O Sistema Confea/Crea e Mútua realiza periodicamente alguns eventos, dentre eles os seguintes:
1) CP - Colégio de Presidentes. Acontece três ou quatro vezes por ano. Reúne os presidentes de todos os Creas e da Mútua. É um evento itinerante e é organizado e patrocinado pelo Confea.
2) CDEN - Colégio de Entidades Nacionais. Acontece três ou quatro vezes por ano. Reúne os presidentes de todas as Entidades Nacionais de Engenharia, Arquitetura, Agronomia e demais profissões da área tecnológica. É um evento itinerante e é organizado e patrocinado pelo Confea.
3) Reunião de Coordenadores de Câmaras Especializadas. Acontece duas ou tres vezes por ano. Reúne os coordenadores das câmaras especializadas dos Creas. É um evento itinerante e é organizado e patrocinado pelo Confea.

Uma vez por ano, geralmente em fevereiro, o Confea junta todos esses eventos em Brasília, acrescenta uma série de outros eventos e dá a esse evento resultante o apropriado nome de ENCONTRO DE LIDERANÇAS DO SISTEMA CONFEA/CREA E MÚTUA.

Neste ano o Encontro de Lideranças, será realizado de 21 a 25 de fevereiro.

Nossos leitores acompanharão os preparativos e os resultados aqui. É só ficar ligado.



2011-02-22
ENCONTRO DE LIDERANÇAS DO SISTEMA CONFEA/CREA

Hoje (22) estou em Brasília, participando do ENCONTRO DE LIDERANÇAS DO SISTEMA CONFEA/CREA que, como eu já disse aqui, é o mais importante de todos os eventos realizados anualmente pelo Confea.

Durante o dia postarei comentários no meu TWITTER sobre o que estiver acontecendo no evento (inclusive, se for o caso, fotografias).

Amanhã publicarei aqui as notas com considerações gerais sobre as palestras e sobre as discussões ocorridas no dia de hoje.

LEIA, ABAIXO, AS NOTAS RELATIVAS AO DIA DE ONTEM:



2011-02-21
PORQUE O CONFEA PRECISA PEDIR CORREÇÃO EM MATÉRIA?
Uma NOTA PUBLICADA NO PORTAL DO CONFEA na última sexta-feira informa que foi solicitada uma correção em matéria publicada num veículo de comunicação sob o título “Confea vai apoiar entrada de estrangeiros no Brasil”.
Segundo a nota, em momento algum o Presidente do Confea, em nenhuma das entrevistas que concedeu, fez esse tipo de afirmação.
Eu acredito! Tenho acompanhado os pronunciamentos do presidente neste sentido e percebo que ele, de fato não tem feito esse tipo de defesa.

No entanto... de onde foi que esses veículos tiraram essa idéia? como eles chegaram a essa conclusão?
Na minha fraca opinião, eles não conseguiram entender direito ainda qual é a do Confea (nessa questão). Essa mensagem não foi passada com clareza. Penso que o Confea anda muito cheio de dedos no trato com o MEC, CBIC, CNI e outros grandões que estão nessa discussão e está meio esquecido de que essa gente está organizando uma festinha na nossa casa.
Nós deveríamos estar ditando as regras dessa discussão. Nós deveriamos ser mais incisivos.
Se não estou enganado, até que o Confea diga que pode, nenhum engenheiro estrangeiro entra no Brasil para trabalhar. É isso?
Então. Tranca tudo e eles (MEC, CBIC, CNI, os verdadeiros interessados na invasão estrangeira) que venham para a 508N discutir a questão e fazer as suas concessões.

Se o Confea não se posicionar firmemente nessa questão, e continuar fazendo média com os grandões, pode deixar o computador ligado e arrumar alguém só pra redigir notas pedindo correção em matérias que dizem que o Confea faz parte do time da CNI e da CBIC.



2011-02-22
CONTEÚDO E CONTINENTE
O Conteúdo
O material fornecido pelo Confea aos participantes do 6º Encontro de Lideranças do Sistema Confea/Crea é de ótima qualidade e, com certeza, do interesse dos profissionais participantes (Lideres profissionais, representantes das diversas categorias).

Catálogo das Entidades Nacionais com informações detalhadas de todas as Entidades Nacionais;

Relatório do 7º CNP com informações detalhadas sobre o que aconteceu durante todas as fases do processo;

Relatório de Gestão do Confea - 2010 pra quem quiser saber tudo o que o Confea produziu durante o ano;

CD - Agenda Estratégica 2022 O planejamento Estratégico do Confea para o período 2011 - 2022

Copa 2014 Folheto e adesivo com a marca da participação do Sistema Confea/Crea no processo. Destaque para o cronograma de Audiências Públicas a serem realizadas em todas as sedes brasileiras da Copa 2014;

Folhetos Diversos de divulgação de ações, projetos e serviços do Confea;

Folheto de Divulgação da SOEAA 2011 que será realizada de 27 a 30 de setembro, em Florianópolis, SC (não perca!)
[IMG2;ta_20110221_bsb_bolsa_material.jpg;C]
O Continente
Os materiais acima descrito foram entregues numa pasta/bolsa muito esquisita (foto). Várias pessoas fizeram o mesmo comentário de que parecia uma bolsa feminina mal acabada.
O conteúdo merece ser lido e guardado. Já o continente... parece ter destino certo. É dinheiro do Confea (leia-se, nosso) jogado fora!




2011-02-22
TEATRINHO DE NOVO?
[IMG2;ta_20110221_bsb_teatro.jpg;C]É louvável a intenção do setor de eventos do Confea em tentar humanizar os eventos de Engenharia incluindo peças de teatro na programação (isso tem acontecido, sistematicamente, desde 2007)
Mas... uma dica: não está funcionando!

Vai por mim. Teatro é a última das opções. Se quiserem um pouco de humor e descontração, sugiro investir em um bom grupo de stand up comedy ou um talk show. Teatro não!

Esta já é a terceira ou quarta vez que eu participo de um evento do Confea em que é incluída na programação uma peça de teatro. Geralmente os grupos contratados são toscos e amadores, com roteiros e atuações fraquíssimos. Dá pena vê-los tentando desesperadamente (e sem sucesso) obter a participação da platéia, que não se encanta com esse tipo de atividade lúdica.

Qualquer secretária de engenheiro sabe que o chefe acha esse tipo de intervenção, num evento sério, uma grande bobagem! Tá na hora de o Confea aprender também.

Acho que você estava no banheiro na hora da apresentação...
Não entendeu nada!

Comentário do Ênio Padilha
Claro que eu entendi, Felipe.
Aliás, qualquer criança entenderia. Esse é que é o problema.
Esse tipo de recurso é uma coisa muito infantil. Pressupõe que a platéia não amadureceu intelectualmente e precisa de recursos lúdicos para entender conceitos.

Essa foi a reclamação que eu fiz. Aliás, reproduzindo o comentário geral.
Não sou contra o uso de recursos lúdicos. Só entendo que a opção deve se adequar ao tipo de público. No caso, engenheiros, arquitetos, agrônomos e outros profissionais adultos, maduros, que já passaram por esses teatrinhos quando tinham 15, 20 anos. Por isso, como você bem viu, em momento algum a platéia interagiu com os atores. Não é verdade?
Poisé...

(à propósito, seus comentários serão sempre muito bem-vindos por aqui. Mas, por favor, identifique-se. Felipe de Quê? Estudante de quê? Isso ajuda na comunicação. E eu gosto de saber com quem estou conversando)



2011-02-22
COREANOS E BRASILEIROS
"Na Coréia, Inovação Tecnológica é obsessão! Garoto que vai bem na escola é o orgulho dos pais, que investem tudo no futuro do filho nessa área. É o equivalente, no Brasil, ao que se faz com um garoto bom de bola!"
Paulo Afonso Ferreira da CNI, em palestra ontem, no Encontro de Lideranças.

(para guardar e entender, daqui a 15 anos, porque a Coréia estará tão à frente do Brasil no mundo da inovação tecnológica)



2011-02-22
SOLUÇÃO PARA OS PROBLEMAS DE CORRUPÇÃO NA CONSTRUÇÃO
"Se eu tivesse que propor uma única coisa para reduzir os problemas de corrupção nas grandes obras de engenharia do governo eu diria: investir na qualidade dos projetos de engenharia"
Paulo Afonso Ferreira da CNI, em palestra ontem, no Encontro de Lideranças.

(precisa dizer mais alguma coisa?)



2011-02-22
PROBLEMAS DE ENGENHARIA, SÓ SE TIVER UM ENGENHEIRO.
"Não existe corrupção em obra pública sem a participação de um engenheiro assinando ordens de serviço ou relatórios de medição fraudulentos. Não existe um mau projeto de engenharia sem a participação de um mau engenheiro"
Marcos Túlio de Melo Presidente do Confea, ontem, no Encontro de Lideranças.

(é duro, mas é verdade!)


2011-02-22
AMIGOS, FELIZMENTE SÃO MUITOS

Uma das coisas boas de participar desses eventos anuais da Engenharia e da Arquitetura é justamente a oportunidade de reencontrar grandes amigos que, de outra forma, dificilmente seriam revistos.

Faço aqui dois registros, de muitos encontros de ontem:

[IMG2;ta_20110221_bsb_neuza_alonso.jpg;C]Os queridíssimos amigos Neuza Trauzolla, de São Paulo e Carlos Alonso, de Manaus, com quem tive a felicidade de trabalhar por 14 meses, em 2007/2008, no Confea.

[IMG2;ta_20110221_bsb_dantas.jpg;C]O grande amigo da Bahia, Jonas Dantas.
Conversar com ele é sempre uma grande aula de qualquer coisa. Show!



2011-02-22
DESNECESSÁRIOS E INÚTEIS
Pergunta: se eu disser que num importante (talvez o mais importante) evento de Engenharia e de Arquitetura do país teremos a presença (como palestrantes) de um Ministro do Governo e de um Embaixador de um país estrangeiro você pensaria imediatamente no Ministro da Previdência e no Embaixador do Irã?
Eles seriam uma das suas dez primeiras opções?
Não seria o caso de pensar, antes, no Ministro do Planejamento? da Agricultura? das Cidades? da Ciência e Tecnologia? das Comunicações? da Educação? do Meio Ambiente? das Minas e Energia? enfim. Qualquer coisa, menos o Ministro da Previdência!

E quanto ao embaixador? Será que faltam embaixadores em Brasília? Um evento organizado durante um ano não consegue trazer um embaixador da Espanha? de Portugal? de Cuba? da Inglaterra? da África do Sul? da França? da Argentina? do México? da India?

Tinha de ser o embaixador do Irã?

Tem explicação pra isso?



2011-02-23
EDIFÍCIO REAL CLASS
Em conversa comigo, o presidente do Crea-PA disse considerar injusta qualquer crítica feita ao Crea no episódio do desabamento do Edifício Real Class, especialmente com relação à Nota Oficial divulgada na terça-feira, dia 01/02/2011.
Na opinião dele a postura e os procedimentos do Crea foram 100% corretos.
Então tá.




2011-02-23
OS NOMES COMEÇAM A APARECER
José Tadeu (atual presidente do Crea-SP), Álvaro Cabrini (atual presidente do Crea-PR) e Francisco Machado (atual presidente do Crea-DF) são os três nomes citados em todas as conversas sobre a sucessão no Confea.
A eleição está prevista para novembro, mas o processo e as articulações já estão em curso há muito tempo (tem candidatura que já está sendo costurada há mais de quatro anos!)

Nesta quinta-feira, quando começam as reuniões do Colégio de Presidentes dos Creas e do Colégio de Entidades Nacionais, os últimos tijolinhos dessas articulações preliminares serão colocados. daí pra frente começa o "salve-se quem puder!"


2011-02-23
PACTO DE COESÃO
Ao falar sobre o Planejamento Estratégico do Sistema Confea/Crea e Mútua o presidente do Confea, Marcos Túlio de Melo voltou a conclamar os colegas para que "façamos uma transição o mais tranquilamente possível".

Ele propõe um PACTO DE COESÃO aos profissionais remanescentes após a saída dos arquitetos. Para Marcos Túlio, a Lei 12.378/2010 de 31/12/2010 que cria o CAU – Conselho de Arquitetura e Urbanismo, não pode servir de pretexto para o desmoronamento do nosso sistema profissional


2011-02-23
UMA PROGRAMAÇÃO FRAQUINHA
Ano passado elogiei entusiasmadamente a programação do Encontro de Lideranças, por conta da presença de palestrantes da melhor qualidade.

Neste ano, infelizmente, não posso repetir o elogio. A programação dos palestrantes parece ter seguido critérios mais políticos do que técnicos. Na verdade, a sensação que eu tive (e posso garantir que não foi só eu) é que a programação resultou muito mais de quem (no governo) estava disponível (leia-se, não tinha nada mais importante para fazer) do que da vontade da organização de construir uma grade de conteúdo que atendesse a um propósito.

No fim, o que se viu foi um desfile de palestrantes inexpressivos e ministros que vieram falar não o que nós queremos saber mas sim o que o governo quer que a gente fique sabendo.

Ah, e antes que eu me esqueça: para o ano que vem, por favor, esqueçam essa coisa de teatro.
Dez em cada dez pessoas a quem eu perguntei a respeito disseram a mesma coisa: é uma grande bobagem!

Detalhe: essas pessoas gostam de teatro e costumam ver peças com frequência. Portanto, não é nada contra o teatro e sim uma discussão sobre pertinência e oportunidade.



2011-02-24
O QUE UM LÍDER PRECISA SABER
Hoje publicamos, ali em cima, na seção "Entre Aspas" o quarto e último dos Princípios Fundamentais que deveriam motivar todo líder enunciados pelo Líder Sul Africano Nelson Mandela.
Evidentemente, essas frases foram escolhidas especialmente para esta semana por conta da realização, em Brasília, do 6º Encontro de Lideranças do Sistema Confea/Crea e Mútua. Eu gostaria muito que todos os líderes participantes do evento tivessem a clareza dos princípios de Mandela. Infelizmente, pelo que vi e ouvi, muita gente não está muito preocupada com o benefício coletivo. Pensa no seu papel como liderança profissional de forma egoísta e mesquinha.

Espero que as eleições que serão realizadas no mês de novembro separe esse joio do trigo.

DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO

(todos os campos abaixo são obrigatórios

Nome:
E-mail:
Profissão:
Cidade-UF:
Comentário:

www.eniopadilha.com.br - website do engenheiro e professor Ênio Padilha - versão 7.00 [2020]

powered by OitoNoveTrês Produções

4451831

3