SE O SEU ESCRITÓRIO FOSSE UM TIME DE FUTEBOL,
EM QUAL DIVISÃO ELE ESTARIA JOGANDO?

(Publicado em 08/01/2016)



Ter um time competitivo, tanto no futebol como no mercado profissional depende de muitos fatores, muitos detalhes. E de muito profissionalismo.
Um clube de futebol pode até ser campeão com uma ou outra deficiência. Mas, no geral, se o profissionalismo e a excelência não forem uma regra geral, pode se preparar para jogar nas divisões inferiores (e sofrer com qualquer crise)





Você, certamente, já ouviu falar em \"atleta de alto rendimento\". É a denominação utilizada para falar dos atletas que treinam para competições de alto nível (campeonatos estaduais, nacionais e internacionais). Eles convivem em um ambiente competitivo, que não aceita falhas e exige concentração, dedicação, muito trabalho e uma boa dose de paixão pelo que fazem.

Se esse espírito fosse trazido para o ambiente de atuação profissional da Engenharia ou da Arquitetura, como você estaria posicionado? Em que categoria estaria competindo? Estaria jogando na primeira divisão? Estaria, pelo menos, numa das divisões de acesso? Ou seria um desses competidores amadores? (atletas de fim de semana).

Você gostaria de ser um profissional de alto rendimento? De estar na elite da sua área de atuação profissional? Pois saiba que isto não é tarefa fácil. Pouca gente consegue. Muitos sequer tentam. E existem muitas razões para isto. Vejamos algumas:

(1) Os indicadores de desempenho profissional na Engenharia e na Arquitetura não são muito objetivos;

(2) O período de amadurecimento (e resultados) de boas estratégias de desenvolvimento profissional é muito longo. Algumas vezes são décadas. Nem todos têm paciência para esperar. Muitos acabam optando por atalhos que resolvem problemas imediatos mas que, no longo prazo, levam à mediocridade;

(3) Existem algumas confusões quanto à determinação do que é SUCESSO na profissão. Nos primeiros tempos depois da formatura, por exemplo, \"ganhar bem\" é sempre um fator utilizado como referência de sucesso, quando, muitas vezes, os trabalhos que melhor remuneram nesse período podem não ser os que garantem melhores resultados no futuro.

Para ter um time que joga na primeira divisão e não corre o risco de rebaixamento para as divisões inferiores um bom escritório de Arquitetura ou de Engenharia precisa, entre outras coisas,
• Escritório devidamente regularizado, com os impostos e obrigações trabalhistas em dia
• Instalações e equipamentos profissionais
• Softwares legalizados
• Um sistema integrado de gestão que funciona
• Um excelente manual interno de procedimentos
• Um excelente programa de treinamento e aprimoramento profissional
• Boa gestão financeira
• Boa gestão dos recursos humanos

Os profissionais do escritório devem ter
• Horários apropriados e obedecidos para tarefas profissionais
• Excelente relação com profissionais de outras especialidades
• Excelente relação com os fornecedores do serviço projetado
• Pleno conhecimento dos custos envolvidos na obra projetada
• Participação em Conselhos Profissionais ou Entidades de Classe
• Especialização real e reconhecida pelo mercado
• Excelente capacidade de comunicação

Não é fácil. Mas é possível. O problema é que a maioria dos profissionais nem tentam jogar na primeira divisão. Acomodam-se na zona de conforto do campeonato de várzea e ficam por ali, esperando o tempo passar. E sofrendo as consequências de qualquer crise, seja ela um verdadeiro tsunami ou uma simples marolinha.



ÊNIO PADILHA
www.eniopadilha.com.br | professor@eniopadilha.com.br




DIVULGAÇÃO
[IMG1;Divulga_Livro.png;650;C;http://www.oitonovetres.com.br/loja]




---Artigo2016 ---Administração


DEIXE AQUI O SEU COMENTÁRIO

(todos os campos abaixo são obrigatórios

Nome:
E-mail:
Profissão:
Cidade-UF:
Comentário:

www.eniopadilha.com.br - website do engenheiro e professor Ênio Padilha - versão 7.00 [2020]

powered by OitoNoveTrês Produções

4448783

7